Rampa B – Grandes jogos em BH

0
195

O Canal 100 disponibilizou imagens históricas do primeiro jogo do São Paulo na Libertadores. A partida, contra o Atlético Mineiro, ocorreu em 30 de janeiro de 1972, no Mineirão. Foi um empate em 2 a 2, num jogo muito disputado e por vezes violento – o volante Teodoro foi gravemente contundido num lance com o atleticano Humberto. Também foi o primeiro jogo do time de Belo Horizonte na competição continental.


SAO PAULO ATLETICO 1972

Lance de São Paulo x Atlético-MG, no Mineirão, em 1972

Atlético e São Paulo se classificaram para a Libertadores daquele ano por terem sido campeão e vice do Campeonato Brasileiro de 1971. Mesmo jogando fora de casa, o Tricolor foi para cima e chegou a estar vencendo a partida por 2 a 0, mas cedeu o empate ao time da casa. Os gols tricolores foram anotados por Terto, logo aos seis minutos de jogo, e Toninho Guerreiro, de pênalti, aos 14 do segundo tempo. O Galo empatou com Vanderlei aos 31 da segunda etapa  e Dario, o Dadá Maravilha, sete minutos depois.

SAO PAULO ATLETICO 1972 2

Jogo foi tenso, com lances ríspidos. Teodoro levou a pior

Naquela época, apenas o primeiro colocado de cada grupo avançava para a fase seguinte, a semifinal, onde os cinco campeões de grupos se uniam ao campeão do ano anterior e formavam duas chaves com três times. Os vencedores de cada chave decidiam o título. Além dos brasileiros, o grupo 3 também contava com os paraguaios Olimpia e Cerro Porteño.

Depois do empate no Mineirão, o São Paulo dos uruguaios Pablo Forlán e Pedro Rocha bateu o Olimpia por 3 a 1 e o Cerro por 4 a 0 no Morumbi. Empatou novamente com o Galo (desta vez 0 a 0, no Morumbi), perdeu para o Cerro por 3 a 2 em Assunção e garantiu o primeiro lugar do grupo e a classificação ao vencer o Olimpia, por a 1 a 0, no estádio Puerto Sajonia, atual Defensores de Chaco.

Na fase semifinal, o São Paulo tropeçou em casa diante do Barcelona de Guayaquil (1 a 1) e venceu o Independiente por 1 a 0, no Morumbi. Nos jogos fora de casa, empatou sem gols no Equador e perdeu de 2 a 0 em Avellaneda, com direito a gol olímpico, e foi eliminado. Dois anos depois o São Paulo voltaria a encontrar o Independiente, desta vez na final, e novamente os argentinos levaram a melhor. Desde sua estreia na Libertadores em 1972, o Tricolor teria que esperar 20 anos para conquistar pela primeira vez a taça mais cobiçada da América do Sul.

independiente spfc 1972

São Paulo sofre gol olímpico e é eliminado em Avellaneda

Interessante notar a evolução do público nas partidas no Morumbi. No primeiro, contra o Olimpia, pouco mais de 16 mil torcedores compareceram. Contra o Cerro já tivemos 25 mil pessoas e contra o Atlético, mais de 30 mil são-paulinos prestigiaram o time. Na semifinal, o jogo contra o Barcelona teve mais de 100 mil presentes, mas este jogo foi com portões abertos. Contra o Independiente, apenas 20 mil.

ATLÉTICO-MG 2 x 2 SÃO PAULO – 30/01/1972

Estádio: Mineirão.

Público: 30.065 pagantes

Renda: Cr$ 166.041,00.
Árbitro: Arnaldo César Coelho

Gols: Terto e Toninho Guerreiro (SP); Vanderlei e Dario (AM)

Atlético-MG: Renato; Humberto, Grapete, Vantuir e Oldair; Vanderlei e Humberto Ramos; Ronaldo (Guará), Dario, Lola (Spencer) e Tião. Técnico: Telê Santana.

São Paulo: Sérgio; Forlán, Samuel, Arlindo e Gilberto; Teodoro (Carlos Alberto) e Pedro Rocha; Terto, Toninho Guerreiro, Paulo Nani (Everaldo) e Paraná.  Técnico: Alfredo Ramos.


Campeonato Brasileiro de 1977

Em semana de Atlético x São Paulo decisivo em Belo Horizonte, impossível não recordar a finalíssima do Campeonato Brasileiro de 1977. Depois do 0 x 0 no tempo normal e na prorrogação, a taça foi decidida na série de pênaltis, que ficou marcada pela catimba do goleiro Valdir Peres. O São Paulo chegou a perder os dois primeiros tiros, mas ao final venceu por 3 a 2, calando mais de 100 mil atleticanos no Mineirão. Cabe lembrar que o Atlético era considerado pela imprensa esportiva da época como o então melhor time do Brasil e o São Paulo era tido como “zebra”. Naquele 5 de março de 1978, o Tricolor conquistou o primeiro de seus seis títulos nacionais.

https://www.youtube.com/watch?v=TixZ5nEKXEo


Atlético 0 x 3 São Paulo – 02/02/1991

Em 2 de fevereiro de 1991, São Paulo visitou o Atlético no Mineirão pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 1991 e não tomou conhecimento do time mineiro: venceu por 3 a 0, gols de Flávio e Eliel (2). Iniciava ali a trajetória que levaria o São Paulo ao topo do mundo. O Tricolor conquistou aquele campeonato nacional (eliminando o próprio Atlético nas semifinais), o terceiro de sua história, abrindo as portas para as conquistas da Libertadores e do Mundial em 1992 e 1993.


Atlético 0 x 5 São Paulo – 17/10/2004

A melhor atuação do São Paulo no estádio Independência, em Belo Horizonte, ocorreu em 17 de outubro de 2004. No Campeonato Brasileiro daquele ano, o São Paulo goleou o Atlético Mineiro por 5 a 0, gols de Grafite (3), e Danilo (2). Aos 28 minutos do primeiro tempo, o São Paulo já havia feito quatro gols. No ano seguinte, o Tricolor conquistaria a América e o mundo pela terceira vez.


Fernando AlécioFernando Alécio é jornalista. Fundou a SPNet em 1996. Escreve neste espaço aos domingos.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários