A Palavra da Corte – Sim ou não?

2
144

Salve, salve, Nação Tricolor. E aqui estamos nós, sem técnico de novo. Mais um gringo nos deixou.

Curto e grosso, já começando polêmico: sou a favor que venha outro gringo, mas se for pra ser um brasileiro, que seja o Luxemburgo! Sim, o “profexô” e seu “pojeto”. Como o cargo é pra técnico e não pra coroinha ou pra casar com alguma parente minha, ele é o cara. E por ter decaído muito nos últimos anos, ia usar a oportunidade de realizar seu antigo sonho de treinar o SPFC e fazer de tudo pra realizar o melhor trabalho de sua vida, e dar a volta por cima. Pode-se questionar muita coisa no Luxa, mas seu conhecimento técnico e sua capacidade de armar grandes times, conquistando títulos, a história (mesmo que já distante) está aí pra provar.

Sim ou não?

Mas vamos ao assunto principal do texto de hoje: a reforma do estatuto do SPFC. Se você não sabe, no próximo sábado, 6 de agosto, os associados do clube (não confundir com sócios-torcedores) decidirão se o clube formatará um novo estatuto social ou não.

O clube lançou um hot-site com todos os detalhes sobre a eleição, inclusive com a disponibilização da convocação do presidente aos sócios e cópia do atual estatuto:  http://www.redesaopaulofc.com.br/estatuto/

Acontece que há um processo em andamento pelas alterações feitas no estatuto em 2003/2004. E esse processo coloca em possível suspensão todos os atos administrativos feitos desde então, caso tenha ganho de causa, o que é muito provável, já que ganhou em outras instâncias e aguarda julgamento no STF.

Fazer um novo estatuto, colocaria o clube “legalmente” nos eixos novamente, e deixaria de fazer sentido a atual ação continuar tramitando, já que o ponto chave dela foi a mudança no estatuto sem consulta aos associados.  Os associados aprovando que um novo estatuto seja elaborado, e depois em nova votação, aprovando-o, acabou a “pendenga”.

Sim, moralmente, é complicado. Como concordar por exemplo com a mudança para o 3o mandato que o Juvenal Juvêncio fez? Qual são paulino (tirando os conselheiros que aprovaram isso) gostou disso?

Mas também, como voltar no tempo? Pelo que foi divulgado pela atual situação / diretoria, foi buscado um entendimento com a oposição e o autor e apoiadores dessa ação. Dizem que ficou muito próximo um acordo, mas como ele não saiu, acham que o correto é deixar a ação rolar e sabe Deus quais seriam as consequências para o SPFC?

Mais uma vez: respeito os argumentos “morais” que a oposição está levantando. Realmente me incomoda. Mas “se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”. Então…

Como sócio do SPFC, no próximo dia 6 de Agosto, meu voto será SIM! E espero de verdade, e cobrarei isso, que os sócios sejam ouvidos e sejam participantes diretos da elaboração do novo estatuto. É a chance de modernizar nosso estatuto, mudar algumas coisas lá como o longo tempo de mandato de conselheiros, o exagero de conselheiros vitalícios, e outras coisas que são ligadas mais à parte social do clube.

É isso!

Salve o Tricolor Paulista, meu amor hoje e sempre!

artur130

Artur Couto é engenheiro,  sócio-torcedor e sócio do SPFC,  e é administrador da SPNet. Escreve nesse espaço todas as quartas-feiras.

Fale com o Artur no [email protected] ou [email protected]

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS