A Palavra da Corte – Então é Natal

2
504

Salve, Salve Nação Tricolor! E aqui estamos com nossa coluna semanal.

Calma! Calma! Não vou cantar aquela triste e nostálgica musiquinha da Simone sobre o Natal não, rs. É que de fato o Natal bate a porta e realmente toda reflexão a respeito do que fomos e fizemos ao longo do ano é inevitável.

Natal também inevitavelmente remete a presentes. E é triste ver e ter que admitir que o nosso Santo Paulo Noel não nos trará nada, assim como não trás há muitos anos.

Sem “googlar”, so recorrendo à minha memória mesmo, lembro de quando o Falcão chegou – que estrondo de contratação, que festa a chegada do Rei de Roma! Lembro ainda quando trouxemos o meia Sierra do Chile, que desceu em um helicóptero da TAM dentro do Morumbi. Lembro das retumbantes voltas de Raí, Luis Fabiano e o clamor por Lugano na despedida de Ceni. Lembro da vinda do ídolo bahiano Bobô em 1989, após ter ganho o Brasileirão pelo Bahia no ano anterior. A polêmica e estrondosa vinda de Ricardinho, até então ídolo em nosso maior rival. Ou a chegada do Maestro Ganso, com direito a roupa de orquestra.

Certamente me esqueci de outras contratações de repercussão, mas só essas acima já servem pra mostrar o quanto o Tricolor já foi protagonista no “Mercado da Bola”. O SPFC não precisava fazer muito esforço em contratações, pois os jogadores queriam estar no Mais Querido. Infelizmente isso mudou e muito.

Não temos mais a mesma saúde financeira e gestão transparente e eficaz como antes. Já não somos um clube diferenciado como éramos.  Nossos patrocínios, com todo o respeito, são de marcas pouco conhecidas no mercado, e de valor bem modestos se comparados a outros. Não somos há tempos mais o temido SPFC: América/MG, Audax ou Linense jogam pra cima de nós tanto fora quanto em pleno Morumbi. E pra ajudar, estaremos em 2017 fora da Libertadores.

Ou seja, não há presente pra gente mais um ano, turma. Nada de títulos, nada de grandes contratações, nada de cobertura do estádio,  nada!

Independente disso, quero lhe desejar um espetacular Natal. Que a Noite de Natal e depois todo o dia, você possa curtir sua família. Que seja um momento de paz, alegria e celebração com as pessoas que você ama. Só não esqueça do motivo da festa: Jesus Cristo, aquele menino que, você crendo ou não, dividiu a história em antes e depois dele, e é aquele que se tornou homem, morreu e ressuscitou, prometendo a salvação e a vida eterna.

É isso.

Salve o Tricolor Paulista, meu amor hoje e sempre!

artur thumbArtur Couto é engenheiro,  sócio-torcedor e sócio do SPFC,  e é administrador da SPNet. Escreve nesse espaço todas as quartas-feiras.

Siga-me no Twitter @arturcouto

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu esperava que o São Paulo fizesse pelo menos uma boa contratação, mas já vi que vamos novamente arriscar em jogadores que perambulam pelo mercado nacional e mercados menores no exterior.
    Falar em Neilton, Colmán etc..é piada, mais do mesmo, jogadores sem protagonismo ou liderança para vitórias e conquistas. Este tipo de jogador só funciona quando já se tem um elenco forte e um time ensaiado, pensar que estes camaradas vão resolver é sonho em noite de verão.
    Precisamos de pelo menos um meia, um lateral esquerdo e um volante marcador, sem isso é tragédia anunciada.
    Rogério Ceni esta começando e todo começo é complicado, há erros, falta de prática, imprensa oportunista, este ano tem eleição no clube e os nervos vão se alterar com certeza, vai ser osso.
    MAC já viu a “bucha” e puxou o carro, sabe que o caldeirão esta fervendo e vem problema pela frente, preferiu a moleza de comandar o futebol feminino da CBF.