Quintas Tricolores – “Eu vim pela glória”

0
1099

Hoje, dia 8 de dezembro, a história foi escrita novamente.  Dia recheado de acontecimentos ímpares, como o nascimento do famoso arquiteto Ramos de Azevedo e o aniversário da Avenida Paulista (aqui em SP), a data vai ficar marcada pela apresentação do M1to como nosso novo comandante.

Se não traz uma experiência sólida no COMANDO de uma equipe, traz um aprendizado de tudo que viu na Europa, de tudo que jogou e, mais do que isso, traz dois auxiliares com perfis invejáveis e que podem acrescentar muito nesse período como treinador do São Paulo.

Assisti sua apresentação inteira, suas respostas e suas reações. Pude perceber uma pessoa extremamente comprometida, que não se iludiu com toda empolgação demonstrada pela torcida/imprensa e que vai dar o sangue pelo time, assim como fez em todo período como jogador.

Três pontos me chamaram muita atenção nessa apresentação: a maneira como o nosso comandante prometeu armar o time, a diferença dos treinamentos no Brasil e na Europa e uma frase épica que encerrará a coluna de hoje.

O primeiro momento fica por conta da maneira ofensiva como o Ceni enxerga o futebol. Em suas palavras, ele vai “buscar o gol”, jogando sempre em direção à meta adversária em busca da vitória.

O segundo aspecto interessante foi a questão de que não é preciso fazer os jogadores treinarem por 5 horas seguidas. O Ceni foi específico ao dizer que todo treinamento será planejado e ele exigirá INTENSIDADE, palavra chave para o futebol europeu. Em algumas palavras pude entender que ele não tolerará corpo mole e vai dar chance à molecada da base.

Obviamente que, nos dois casos, ele está COBERTO DE RAZÃO. Por fim deixo uma imagem com a frase do nosso novo comandante.

Crédito: Bonde do São Paulo Mil Grau

É isso!

BOA SORTE, MITO!

PS: Um abraço pra rapaziada do Bonde do São Paulo Mil Grau que faz, de longe, os melhores memes do SPFC.

Contato?

@Abroliveira ou [email protected]

Abrahão de Oliveira é jornalista, formado pela Universidade Metodista de São Paulo, dono da @spinfoco, são-paulino e tem o sonho de cobrir um mundial de clubes com o clube do coração. 

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários