Ano novo, velhos erros.

1
1601

Nação tricolor!

Começando 2017 com alguns “flash backs” de outros anos, mas as coisas boas estão se mostrando.

Na lista do “flash beck” vem a repentina venda da revelação da base, David Neres.

Rogério Ceni e sua equipe terão que fazer mágica sem o promissor jogador da base.

Essa diretoria com o presidente Leco, já fizeram exatamente a mesma coisa com Osório e Bauza. Tiraram do elenco peças chaves e forçaram os ex-treinadores do tricolor a improvisarem com o que tinham no elenco.

Por mais que Rogério não tivesse comandado nenhum jogo com Neres em campo, era obvio que o agora técnico e sua comissão tinham planos bem definidos com o jogador.

Eu seguraria o jogador até o meio do ano para ao menos sair ainda mais valorizado e com algum título (como o Paulista 2017 que não ganhamos desde 2005).

“Mais o SPFC tem dívidas, temos que fechar o ano no azul, blá blá blá”. Claro que o valor vai ajudar muito. Mas os títulos que podemos (ou poderíamos) ter, daria não só ao promissor jogador uma valorização  maior, como ao SPFC uma visibilidade que ajudaria demais o nosso marketing que tira leite de pedra e que não conquista um título de grande expressão desde 2012.

Chorar o leite derramado? Não vai ajudar em nada. Mas a diretoria de futebol ou o presidente Leco precisam vir a público e explicar como será o destino financeiro desse valor. Se vai investir em um grande camisa 9, se vai aliviar as dívidas antigas oriundas da era Juvenal.

Site oficial: Rubens Chiri

As coisas boas sem dúvidas estão nas posturas de Rogério Ceni e equipe técnica. Ceni vai exigir de seus comandados, sem duvida alguma o mínimo que ele fazia enquanto jogador. Caso contrário, os jogadores terão dificuldades de se estabelecerem no time titular.

Torcendo muito e acreditando ainda mais que o projeto Rogério Ceni técnico campeão, que já começou bem vencendo o Florida Cup 2017, vai acontecer nos próximos anos com ele a frente do time.

Abraços nação e nos acompanhe pela rádio São Paulo Digital.

Ricci_foto

Ricci Jr. é paulista, músico e produtor musical, jornalista, sócio/diretor da Uehbe Digital Marketing, frequentador de estádios desde 84. Criou em 2010 a web rádio São Paulo Digital credenciada ACEESP e transmite todos os jogos ao vivo nos estádios. Escreve nesse espaço todas as terças-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

1 COMENTÁRIO

  1. RC é um técnico iniciante, vai ter seus percalços e com uma diretoria remando contra, nosso destino não será dos melhores.
    Futebol profissional é coisa séria e nossa diretoria não sabe disso. Rogério poder ser bom mas não faz milagre. Nosso elenco é limitado e ainda vendemos o único jovem que de fato se mostrou acima da média, vai ser dureza um ataque com Chavez, Neilton, Gilberto etc…
    A janela vai fechar e não vamos contratar ninguém. Nossa diretoria é incompetente, ficou atrás de um paraguaio manco por meses e ainda ouviu do cara que o SPFC não se emprenhou, piada de mal gosto.
    E a coisa ainda pode piorar, em abril temos eleição e não vejo ninguém para enfrentar o Leco.