Opinião Tricolor – Impressoes Míticas

0
378

Salve nação tricolor!

O São Paulo despachou o River Plate nos pênaltis e enfrenta o rival galinha, na final da Florida Cup.

Defendi desde o início uma preparação fechada no CT, para que Rogério Ceni, comissão técnica estrangeira e elenco, pudessem fazer um trabalho de imersão, sem holofotes e cobranças iniciais. Um clássico de cara muda isso, mas tem o lado da personalidade do capitão (agora técnico) que não teve reticências em participar.

Então, vamos pra cima!

No duelo classificatório, o M1to fez a rotatividade de elenco, com 10 alterações. Um primeiro tempo muito melhor, com inúmeras chances de gols perdidas, o que só reforça a certeza da necessidade da contratação de um bom centroavante, apesar do espírito voluntarioso de Chávez e de Gilberto (que jogou na etapa final) que é limitado, mas com presença de área.

Luiz Araújo possui patamar técnico inferior a David Neres, justamente convocado para a seleção de base, parece que o futebol francês pode ser o destino do jovem atacante, que também perdeu oportunidades claras de gol. Seja como for, é sempre motivo de prazer, comentar promessas formadas dentro do São Paulo, com perspectivas reais, no time principal.

O dono do jogo foi Wellington Nem, que ele possa ter a sequência de alto nível que o fizeram ser seleção brasileira, mas o levaram para o ostracismo de visibilidade, na Ucrânia. Neilton, um início regular.

Rodrigo Caio, na versatilidade que pode ser zagueiro ou volante, com Maicon e Breno (expectativa de recuperação total para ter sequência) formam uma zaga de respeito. Lugano sofre fisicamente, mas sua importância de grupo será valiosa ao time e para Ceni. Lucão não é de todo ruim, mas lances fatalistas o seguem perseguindo.

Falta também o primeiro volante, mais destruidor, pra jogar com Thiago Mendes (não seriam Wellington/Araruna) Cícero e Cueva, o principal articulador.

Buffarini é o lateral com maior versatilidade do grupo, Bruno segue prestigiado, mesmo oscilante. Junior Tavares e Foguete (que chapéu no portenho), só o tempo dirá.

Shaylon parece ter mesmo um grande futuro. Vale lembrar que Lucas Fernandes, vem aí também. Cotia e seus talentos de criação no meio-campo precisam ter sequência no profissional.

No mais, M1to, a grande maioria da torcida quer Sidão titular e Wesley fora. Schmidt parece não estar mais no SPFC, lamentável letargia. Mas que não prejudicaram o todo.

Enfim, o Tricolor começou bem.

Evolução é a ordem.

Sábado, galinheiro do outro lado.

Saudações Tricolores!

Carlos PortCarlos Port, idealizador do projeto Opinião Tricolor. Dois bacharelados na profissão de administrador, especialização em comunicação, neto e filho de são-paulinos, paulistano, patriota. No Twitter: @carlosport

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários