SPFC em Pauta – O início (quase) perfeito

0
999

Muitos não vão entender o título da coluna como foi semana passada, e devem estar se perguntando: Mas por que início quase perfeito se foi campeão e venceu dois times que eram rivais, considerados clássicos e difíceis? Eu explico: gostaria de começar o texto dessa semana com o título “o início perfeito”, de fato, o início de Rogério Ceni como técnico, foi perfeito sim! Vencendo River Plate da Argentina, uma equipe considerada forte, de tradição e que faz clássico internacional com o São Paulo; e, também indo para a final e ganhando um título em cima do Corinthians, o maior rival (juntamente com o Palmeiras) aqui em São Paulo, acho eu que a rivalidade é até maior do que com o Palmeiras.

Saímos vencedores de ambos os jogos sem marcar gol no tempo normal, contra o River Plate então foi um festival de gols perdidos por Luiz Araújo e Chavez, que eu contei no primeiro tempo, foi mais ou menos dez ou doze. Contra o Corinthians na final, também perdemos um caminhão de gols, com isso ficou provado que precisamos urgente de um camisa nove, finalizador e que faz gols (claro!), acho que em ambos os jogos se estivéssemos com o Calleri teríamos vencido no tempo normal, quanto ao Colmán não posso afirmar, pois não vi jogando, vi poucos lances no YouTube. Calleri, esse, que marcou seu primeiro gol com a camisa do West Ham na rodada do fim de semana.

Para o ataque temos além de Luiz Araújo e Chavez, Gilberto, que parece que agora tá começando a querer jogar por aqui, foi bem no último jogo do Brasileirão contra o Santa Cruz no Pacaembu marcando aquele golaço, contra o River e Corinthians não foi mal não, bateu o último pênalti que garantiu o título do torneio, seria esse o gol do título? rs

Também para a opção temos David Neres que está com a seleção disputando o Sul-Americano Sub-20 juntamente com o goleiro Lucas Perri e o zagueiro Lyanco, esse pode jogar no meio e no ataque, ainda não vimos como ele se comporta sendo treinado e jogando no time de Rogério Ceni, outra opção é Neílton, esse na minha opinião foi o pior das opções de atacantes que temos, não sei se posso afirmar que foi pelo seu futebol, apesar te der jogado mal nos dois jogos ou se foi pelo nervoso de estréia e do Rogério ter depositado suas fichas nele e ele não ter correspondido (no primeiro jogo, ou nesse também).


Acho que os grandes destaques dos dois jogos foram Wellington Nem e o goleiro Sidão, o que já era esperado, Nem está fazendo o mesmo papel que era do Kaká e do Ganso nos times anteriores, homem de ligação e criador de jogadas; Nos dois jogos inclusive, vi ele lutando até por bolas na defesa, vamos ficar de olho nele pois pode ser um dos ou o melhor jogador do time nessa temporada, já o goleiro Sidão, como eu falei em outra coluna aqui parece que já ganhou a torcida, com o seu futebol apresentado defendendo pênaltis já nos primeiros jogos e com sua humildade também, Sidão parece que está na Disney, não literalmente como esses dias na Flórida, mas a Disney dele parece que está sendo o São Paulo, em todas as postagens em suas redes sociais se vê claramente a felicidade dele estampada no rosto.

Ainda sobre Sidão: Torço muito pra que ele dê certo no São Paulo, agora parece que voltamos a ter segurança no gol, é um goleiro que podemos confiar quando a bola vai pra defesa no ataque do adversário e que temos um bom goleiro debaixo das traves, diferente do Denis. Já sobre a equipe em sí, gostei do que vi, tem uma cara nova e um time novo, até Rodrigo Caio falou isso em coletiva após o jogo da final da Flórida Cup, que nunca viu um elenco tão animado e desse jeito desde que subiu da base, podemos esperar um 2017 muito bom e sem os apuros dos últimos anos, uma pena que nesse primeiro ano como técnico, Rogério não vai disputar a Libertadores, de campeonato internacional só a Sul-Americana, mas pra isso precisamos de um camisa nove e um volante, acho que o Rogério Ceni também vai fazer história no São Paulo como técnico assim como fez como jogador nos seus 23 anos no clube.

Nosso próximo compromisso é contra o Columbus Crew, time dos Estados Unidos, mas dessa vez não é time amador e que vai marcar nove, é teste de verdade! O último antes da estréia do Paulistão, no dia 05 de Fevereiro contra o Audax e que Rogério enfim vai definir o time para o ano. O Columbus Crew pertence a primeira divisão dos Estados Unidos, a MLS, e foi campeão de lá em 2008. O jogo acontece no CT de Cotia. Após o Audax no Paulistão, o São Paulo enfrenta a Ponte Preta e o clássico contra o Santos, três jogos difíceis.

É isso aí, vamos torcer para que Rogério e a equipe tenha um excelente ano e que leve mais títulos.

Até semana que vem!
________________________________________
Contato:

Twitter: @carlinhosnovack | [email protected]

Carlinhos Novack é Jornalista, já foi colunista de outros sites tricolores, ex-LANCE!. Escreve suas colunas na SPNet todas as Terças.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários