Avaliando o M1to

1
1518

Em dois meses de trabalho, a nova comissão técnica comandada por Rogério Ceni, está apostando em um novo conceito e estilo de jogo que busca o gol, o espetáculo a cada jogo.

Ceni já deixou o time com um esquema e padrão de jogo definido, o time possui jogadas pelas laterais e pelo meio do campo e apresenta ainda algumas variações em bola parada.

O sistema defensivo ainda não está em seu ideal, mas acredito que com a sequência de jogos ocorrerá uma melhorara, embora não muito grande, pois, a proposta do time é ofensiva é um time que joga e deixa jogar.

Além disso, alguns gols foram causados por erros individuais e a comissão tem a obrigação de melhorar o desempenho individual de alguns atletas (Bruno, Buffarini, Maicon).

Então, no geral o trabalho de Ceni é promissor, um título nessa temporada servirá para a firmação desse conceito, que por sinal, muito me agrada.

Pitacos:

Dênis x Sidão: Ambos etão em um nível baixo para o serem goleiros titulares do SPFC. Sidão quando contratado me agradou, pois o achava melhor que o Dênis, porém até o momento não está me agradando.

Cueva: O craque do time, o peruano é fundamental para o time hoje, porém se fizer uma boa Copa do Mundo no próximo ano, deve ser vendido.

Pratto: Grande reforço, elevou a qualidade do grupo e motivou o torcedor, além de ser um jogador de grupo e motivado a conquistas.

Ceni: Se continuar assim pode fazer história e se tornar um dos melhores em poucos anos.

Carlos Alves, 39 anos, jornalista,pai do Gabriel e pagodeiro/sambista.

Chavez x Centurion: Boca e SPFC estudam uma troca definitiva, Chavez é mais aceito pelo torcedor são-paulino, pois é esforçado e sempre busca render o máximo em campo, já o Centurion saiu por baixo e sem prestígio.

Voltando: Após um longo período ausente, estou de volta espero que gostem da coluna e até o próximo sábado.

 

Comentários

comentários

1 COMENTÁRIO