Opinião Tricolor – Ceni: o técnico prodígio

1
354

Salve nação tricolor!

O São Paulo começou a temporada 2017 cheio de expectativas e dúvidas, com uma mescla de jovens talentos promissores, contratações pontuais e um treinador iniciante.

Iniciante?

25 anos observando o jogo da perspectiva que se atinge o campo todo: o gol.

Um ano de visitas e conhecimento de pessoas com certificado Uefa, para aperfeiçoar conhecimentos em comissão técnica.

Abnegação como marca registrada, o desejo incessante pela vitória e por marcas atingidas.

Com esta receita inicial, o ídolo Rogério Ceni surpreende o mundo boleiro.

Defendo sempre a obrigatoriedade de curso para técnico de futebol, como já ocorre no futebol argentino e em todos os principais países europeus. Geralmente, duram de 2 a 3 anos, ensinam mais de 10 disciplinas e formam o profissional verdadeiramente. Deveria ser também exigência brasileira.

Porém, Ceni é daqueles personagens únicos. Um Phelps, um Schumacher, um Jordan, só que do futebol.

Nunca dá para duvidar do que é capaz.

Assumiu o maior clube brasileiro em conquistas internacionais e não deu um passo atrás, mesmo sem experiência.

Conceito de marcação alta, futebol agressivo no campo adversário, velocidade, ofensividade, valorização da categoria de base.

Resultados iniciais: muitos gols e vitórias. É fato, instabilidade defensiva ainda, além de uma equipe que sofre na segunda etapa, fisicamente. Somem-se dois fatores alheios ao M1to: início de temporada e Reffis tricolor que não é mais o mesmo.

Jogos mais pesados virão, adversários mais qualificados. O São Paulo segue correndo por fora.

Mas dando gosto de ver jogar.

Pratto, Luiz Araújo, Cueva, Thiago Mendes, Junior Tavares, Rodrigo Caio, mais da metade do time, em alto nível.

Confiança e respaldo da torcida. Faltam detalhes, mas o apoio segue empolgado e esperançoso.

Todos tem treinadores, só nós temos Rogério Ceni.

Saudações Tricolores!

Carlos PortCarlos Port, idealizador do projeto Opinião Tricolor. Dois bacharelados na profissão de administrador, especialização em comunicação, neto e filho de são-paulinos, paulistano, patriota. No Twitter: @carlosport

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

1 COMENTÁRIO

  1. Não acredito estão querendo colocar a Múmia frangueira como um grande treinador do futebol brasileiro. O São Paulo é diferenciado sempre teve jogadores de alto nivel que são convocados sistematicamente para a Seleção, não é um time qualquer. Qualquer um tem sucesso como tecnico do Tricolor vejam o exemplo de Rojas, Dario Pereira, Milton Cruz e outros. E afinal jogamos contra quem para consagrar o Mico: Palmeiras, Cruzeiro, Atletico, Flamengo, Fluminse, Gremio…..eu acho que não….foram jogos contra times sem expressão e na nossa Casa Morumbi.