Além das 4 linhas – Tudo Normal

2
478

Escrevi aqui neste espaço ao final da primeira fase do paulista que o momento não é para conquistas. Naquela fase o SPFC teve uma das piores defesas do campeonato. Teve uma campanha apenas regular ao quase ficar em segundo lugar no grupo.

Na verdade estava na cara o que aconteceria depois quando os confrontos seriam apenas contra os melhores. O clube foi eliminado nas duas competições onde teve fortes duelos. O momento agora é de refletir e agir para corrigir os problemas para o time ir evoluindo junto com o trabalho de um cara que tem futuro como treinador, mas que ainda aprende o ofício.

O time ainda oscila muito. É curioso ver que jogou melhor contra o Cruzeiro fora de casa do que em casa. As duas derrotas em casa para Corinthians e Cruzeiro foram uma demonstração de que o time precisa de alma e de algo a mais. Eu não sei dizer exatamente o que falta ou se é apenas questão de tempo para que uma evolução consistente chegue e dê a este time condições de conquistas. É importante dizer que o sistema de jogo pede muito treino e que até agora isso não foi possível. Talvez agora com a ausência de jogos o trabalho possa mostrar evolução.

É muito importante também continuarmos a salientar que o time é totalmente dependente de um jogador: Cueva. Cícero nunca foi craque, já não é mais jovem, além de nunca ter na criação seu forte, e Thiago é bom jogador, mas não cria na frente. Se Cueva não está bem, quem vai criar dificuldades ao adversário? Importante salientar a queda de rendimento do Luiz Araujo.

Como Wellington Nem está fora, ficamos na mão de atacantes que acabaram de chegar de clubes pequenos. É pouco. O presidente Leco sonha com mais um jogador que faça a partida ser desequilibrada. Está tentando esta contratação. Pode ser mais um meia ou mais um atacante ou até os dois.

Mas não nos iludamos, o futebol é esta coisa mesmo. Nem sempre o melhor ganha. Por isso é apaixonante. Trata-se de jogo totalmente imponderável. A Ponte Preta está aí para provar isso a quem ainda acha que é a lógica quem manda no futebol. É claro que ter bom elenco e treinador facilita, mas é dentro das quatro linhas que as coisas são resolvidas.

O próprio Rogério declarou nesta segunda feira: "Vejo um time construído para ganhar jogos, ser ofensivo. Temos que aperfeiçoar nosso sistema de jogo, vejo que melhoramos muito. Nosso time tem evoluído bastante e tem potencial para crescer.

Um assunto que também foi abordado pelo M1TO foi a saída de jogadores agora no meio do ano, pois, segundo ele, o calendário do segundo semestre será menos exigente em relação ao número do jogos, o que pede dispensas. Mas o treinador deixou em aberto a possibilidade da chegada de alguns jogadores.

É isso aí tricolores, vamos com calma. O SPFC já está a caminho de tempos melhores.

Salve o tricolor paulista, o clube da Fé.

Carlito Sampaio Góes

carlito150x150

Carlito é advogado, trabalha como representante comercial, frequenta o Morumbi desde 1977 e prefere o time que vence ao time que joga bonito. Escreve nesse espaço todas as quintas-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. Concordo que o trabalho do RC precisa de tempo, também acho que para chegarmos ao topo, temos que subir degrau por degrau, deixar o RC trabalhar, mostrar sua capacidade com o tempo, porém o RC é muito teimoso, tem que tomar cuidado, pois teimosia pode muito facilmente virar burrice. Ignorar que a defesa é ruim e não tomar providência é um destes fatores.
    Realmente precisamos de um ou dois jogadores com mais categoria. Pra mim um zagueiro experiente cairia bem no time e mais um jogador de meio campo

  2. Discordo de vc amigo, o São Paulo há algum tempo é um time sem coletividade nenhuma, tem uns abutres que não largam o osso, era o Rogério,o Luís Fabiano, agora tem o Rogério de treinador é o Kaká que quer voltar.Monta o time como um lunático igual o Osório, só ataca não marca ninguém. Só joga na loucura,sem padrão de jogo nenhum.Tamos tomando um monte de gols e tão falando em contratar meia armador.Tem três goleiros e ele dá chance para os três, quando jogava não deixava ninguém brilhar.Vamos ser enganados até o próximo mata-mata contra um time de peso.O resto é só marketing, auxiliar inglês,etc…..
    Tem avisar ele que já inventaram a roda.