Pra cima no Majestoso: “Seremos bem agressivos”

0
267

Wesley aposta em postura ofensiva do time são-paulino para o decisivo duelo com o Corinthians

Érico Leonan – Site Oficial

DSC_0932.JPG

Na tarde do próximo domingo (23), às 16h (de Brasília), São Paulo e Corinthians ficarão frente a frente pelo duelo de volta da semifinal do Campeonato Paulista de 2016. Com o resultado no primeiro confronto entre os clubes, no Morumbi, o Tricolor precisa vencer o Majestoso por dois gols de diferença no final de semana. Por isso, o meio-campista Wesley aposta em uma postura ofensiva do time são-paulino diante do arquirrival.

“A equipe deles é bem postada. Eles vão entrar para querer a classificação. Será um jogo de xadrez, precisamos quebrar as linhas para alcançar o nosso objetivo. O que posso dizer é que seremos bem agressivos. O quanto antes a gente conseguir marcar o primeiro gol será de grande importância, o que é vantagem já não será mais e as chances podem vir com mais facilidade. E se acontecer o pior tem que estar preparado para conseguir a classificação”, avaliou o camisa 11, que emendou.

“O que aconteceu no último domingo, no primeiro jogo da semifinal, é passado. Quem almeja o objetivo tem que fazer por onde, quebrar as linhas e achar o espaço para fazer o gol. Se não for isso, não tem porque a gente ir para lá e brigar pela vaga. O futebol dá a oportunidade de quem está em baixa reverter e quem ganhou seguir, porque o futebol é isso, dinâmico. Eles sabem da importância que é um clássico, vai ser um jogo muito duro, pegado, a gente sabe que a equipe deles é bem organizada”, opinou.

Além de projetar o confronto, Wesley também comentou sobre a possibilidade de atuar improvisado na lateral direita já que o técnico Rogério Ceni tem desfalques no setor: Buffarini e Araruna – que poderia desempenhar a função – estão lesionados, enquanto Bruno não está inscrito no mata-mata no estadual.

“Eu me sinto feliz, por mais que eu tenha a minha preferência, eu já atuei em outras funções, como lateral-direito. Tenho bastante força física, principalmente para o que o Rogério pede, então não tem problema nenhum caso seja o escolhido para atuar neste setor. Vou ajudar da melhor maneira possível”, finalizou o versátil jogador.

Comentários

comentários