Além das 4 linhas – O Brasileiro 2017

3
206

Sinceramente não vejo o SPFC com a menor possibilidade de vencer a edição deste ano do mais importante campeonato do país. Nosso campeonato é o mais difícil do mundo por contar sempre com no mínimo oito forças e nosso time não está no mesmo nível de outros tempos.

Os quatro de São Paulo, Fluminense e Flamengo, Atlético e Cruzeiro e finalmente o Grêmio são os clubes que disputarão o G4. O SPFC deixa cinco clubes para trás neste ano? Ficar entre os 4 melhores será nosso título em minha opinião, mas, mesmo assim, vejo mais do que três clubes em melhores condições do que o nosso tricolor em 2017. A realidade para mim é dura e é clara.

Se o clube conseguir boas contratações e não perder bons jogadores na janela de Julho, as chances melhoram, mas ainda vejo Rogério como aprendiz e o time dele oscilando muito e ainda frágil no ataque e na defesa. Será que o melhor futebol de algumas partidas do Paulista vai voltar? Esse é o problema, o simples fato de fazermos esta pergunta já demonstra nossas fraquezas.

Mas “se” Luiz Araújo voltar a jogar bem, “se” Cueva voltar a jogar bem e “se”o clube arrumar reservas para estes caras posso acreditar que pelo menos temos chances de disputar um lugar no G4, coisa que por enquanto não acredito nem um pouco por puro realismo e não pessimismo. O SPFC está conversando com o volante Fernando Bob para compor o elenco, já que o João vai embora. Mas uma possível saída do Rodrigo Caio preocupa.

Portanto meus amigos, torcer para o SPFC neste ano será como torcer para a Ponte Preta, ou seja, sabemos que nossa estrutura nos impede de cair, mas nosso momento nos impede de sonhar com algum título. Eu confesso que isso não é torcer para o SPFC e por isso ando perguntando no site do SPFC oficial: Quando o SPFC voltará a ser SPFC?

Confesso que não sei responder esta pergunta e pior, não vejo no horizonte a possibilidade de voltarmos ao nosso lugar na história do futebol brasileiro, que é o primeiro lugar em conquistas. Isso é muito triste. Quando seremos protagonistas e não coadjuvantes? Eu freqüento o Morumbi desde o brasileiro de 1977 e nunca vivi isso. Esse era nosso diferencial. Estávamos sempre no topo da tabela em todo campeonato disputado. Eu não acho que o SPFC seja um clube decadente, acho que o clube passa uma fase ruim oriunda de várias crises internas seguidas.

Mas quando veio o novo estatuto fiquei animado e pensei: Em um ou dois anos seremos o que sempre fomos. Pouco tempo depois o clube escolheu para comandar o futebol alguém que nunca comandou este departamento: O Pinotti que comprou o Centurion. O cara é um empresário bem sucedido, mas nunca trabalhou com futebol. Eu não gostei. Foi como contratar um treinador que nunca foi treinador, ou seja, o comando do nosso futebol está nas mãos de pessoas que estão aprendendo. Mas o SPFC é lugar de aprendiz?

Salve o tricolor paulista, o clube da Fé.

Carlito Sampaio Góes

carlito150x150

Carlito é advogado, trabalha como representante comercial, frequenta o Morumbi desde 1977 e prefere o time que vence ao time que joga bonito. Escreve nesse espaço todas as quintas-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

3 COMENTÁRIOS

  1. Vc está completamente enganado. O SPFC eh muito mais que um clube decadente. Sabe o Que eh Mais engracado? Eh essa conversinha de G4. Libertadores e tal. Eh mais uma prova que boa parte da torcida eh cega. O clube eh frágil, pobre e atrasado. Administrado por incompetentes e um técnico que não eh técnico. Se não for rebaixado, será o nosso título.