Operado, Morato ficará até sete meses sem condições de jogar

1
83

Gazeta Esportiva

A cirurgia no joelho do atacante Morato aconteceu nessa quinta-feira e foi “bem sucedida”, segundo confirmou nota oficial do Instituto do Joelho do HCor – Hospital do Coração. O Dr. Renê Abdalla, responsável pelo procedimento, confirmou a reconstrução do ligamento cruzado posterior (LCP) do atleta, além da correção do ligamento colateral medial (LCM) e também da correção de lesão do menisco medial do jogador, recém contratado pelo São Paulo.

“A cirurgia foi bem sucedida e agora o atleta deverá iniciar tratamento com fisioterapia e fortalecimento muscular para retornar aos gramados em seis a sete meses”, explicou o ortopedista.

Morato, de 24 anos, se machucou em um treino, no CT da Barra Funda (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Morato chegou ao Tricolor do Morumbi a pedido de Rogério Ceni depois de se destacar no Campeonato Paulista pelo Ituano. Sua estreia aconteceu diante do Cruzeiro, no Mineirão, quando deu assistência para o gol de Lucas Pratto e agradou, apesar da eliminação são-paulina naquela noite de Copa do Brasil.

Porém, dia 6 de maio, em um jogo-treino com o Oeste, no CT da Barra Funda, o atacante acabou se lesionando com gravidade. O contrato de Morato com o São Paulo é de empréstimo e vai apenas até o fim do ano. Por lei, o clube não pode se desfazer do atleta até sua recuperação completa, mesmo que esse período transcenda o tempo de vínculo. Após isso, o São Paulo terá de escolher renovar o contrato e dar nova chance a Morato, ou dispensá-lo. O caso é semelhante ao ocorrido com Ytalo, ano passado.

Comentários

comentários

1 COMENTÁRIO