“Que possamos levar essa confiança para os jogos”

0
254

Rogério Ceni vê equipe mais forte com atividades desenvolvidas durante a semana no CT da Barra Funda

7153.jpg

Érico Leonan – Site Oficial

Após a estreia no Campeonato Brasileiro de 2017 no último domingo (14), o técnico Rogério Ceni tem ajustado o time para encarar o Avaí na próxima segunda-feira (22), às 20h (de Brasília), em confronto que marcará o primeiro compromisso do Tricolor no Morumbi pela competição deste ano. E de acordo com o treinador, a preparação da equipe durante a semana deu mais confiança aos atletas para o embate com os catarinenses.

“Vejo o grupo bem. Tivemos treinos intensos nos últimos dias. Treinamos segunda e terça, depois demos a folga na quarta. Algumas posições temos poucos jogadores e não podemos perder mais atletas. Todos estão felizes. Que possamos levar essa confiança para os jogos. Falta demonstrar na hora da partida. Todos trabalham num grande clube, tem toda a infraestrutura”, avaliou o comandante, que completou.

“Se tivesse os jogadores que estão no departamento médico, que são os casos de Wesley, Araruna, Morato e Wellington Nem, já me daria um grande leque de opções não só para escalar, como para substituir também. Não pretendo fazer mudanças constantes no Brasileiro. Quanto ao esquema tático, depende do adversário, onde será o jogo e como você se encontra no campeonato”, opinou o técnico são-paulino.

Durante a coletiva de imprensa desta sexta-feira (19), no Centro de Treinamento da Barra Funda, Rogério também projetou o confronto com o clube de Santa Catarina. Recém-promovido à elite do futebol brasileiro, o Avaí disputou a decisão do estadual deste ano e estroeu com empate sem gols no Brasileiro, diante do Avaí, na Ressacada.

“Uma vitória pode trazer uma paz momentânea, mas o torcedor e todos vocês criam uma expectativa pelo fato da equipe jogar no Morumbi. Não será uma vitória fácil, o campeonato reserva surpresas. O Avaí chegou na final do Campeonato Catarinense e não ganhou pelos critérios de desempate. No Campeonato Brasileiro todos os jogos são complicados. Desde goleadas que ocorreram até resultados surpreendentes, como o empate entre Corinthians e Chapecoense. Trabalhamos sempre buscando a vitória”, disse o treinador, que acrescentou.

“No último mês, não apresentamos um futebol digno de elogios. Temos que melhorar nosso nível de jogo para que os elogios voltem a acontecer para todos nós. Não me machucam as críticas. Não sou apegado ao que se fala. Respeito a opinião de cada um e entendo as críticas construtivas. Conheço bem as figuras que tentam depreciar ou criar tumultos. Tento melhorar o meu trabalho no dia a dia”, finalizou.

Comentários

comentários