SPFC em Pauta – 18 dias depois e o que mudou? Nada!

0
927

Pois bem, após a eliminação no Paulistão e na Copa do Brasil parece que os dezoito dias que ficaríamos sem jogar iriam ser uma eternidade e de fato foram… depois disso o São Paulo só voltaria a jogar no dia 11 de Maio que é hoje, contra o Defensa y Justicia da Argentina no Morumbi pelo jogo da volta na Copa Sul-Americana. Bem, realmente durou uma eternidade, mais da metade de um mês inteiro. Rogério teria tempo pra treinar, a diretoria pra contratar alguns nomes pro começo do Brasileirão e pro restante da Sul-Americana, não é?! Sim! Mas não foi isso que aconteceu.

Resultado de imagem para Rogério Ceni técnico treino
Treinos fechados mesmo sem jogar por campeonatos

Nesses dezoito dias sem jogar, não mudou absolutamente nada! Alguns dizem que teria uma lista com os primeiros sete a ser dispensados (que eu falei no texto da semana passada), outros dizem que além dessa lista teria uma outra (segunda) lista de dispensa mas a verdade é que oficialmente ninguém saiu e/ou nem foi avisado que deixaria de integrar o elenco para o restante do ano. Também não se foi falado de reforços para o Brasileirão; Rogério após a eliminação para o Cruzeiro, no fim de semana seguinte declarou que deveria vir e queria reforços de peso para o time no Brasileirão, Leco também declarou que teria reforços para o Brasileirão, mas… cadê? Nem ao mesmo interesse em algum jogador o São Paulo não declarou.

Nesses dezoito dias o São Paulo treinou, mas treinos fechados para a imprensa, inclusive o primeiro após a eliminação. Outra pergunta que fica: Pra que fechar treino nesses dias? Logo os que sucediam as eliminações, com qual intuito não deixar imprensa e torcedores ver o treino já que não iria jogar contra ninguém?! Fizeram um jogo-treino no Sábado em Cotia contra o Oeste, o “poderosíssimo” Oeste que quase foi rebaixado pra Série C no ano passado e esse ano nem ao menos se classificou pra fase de mata-mata da A2 do Paulista. Venceu o jogo por 3 a 0. Um dos grandes problemas do São Paulo acho que é esse, sempre que tem “folga” ou “férias” marca esses jogos-treino contra… ninguém. Sarasota e Boca Ratón no começo do ano, Columbus Crew que foi campeão dos Estados Unidos há quase dez anos atrás e agora contra o Oeste que não chega no mata-mata da A2 e quase é rebaixado pra terceira divisão do Brasileiro, se salvando na última rodada.

Aí você que tá lendo pode falar: “Ah, mas é jogo pra testar posicionamento e táticas”, de que adianta isso contra time pequeno e em jogo que vale por campeonato contra time grande vai pra cima e tenta o gol e no primeiro contra-ataque toma o gol e já praticamente para de jogar? Que tática é essa?

Resultado de imagem para conselho diretoria spfc 2017

Se mudou algo nesses dezoito dias, foi fora de campo somente porque Leco apresentou o conselho de diretoria com Raí e… Pimenta (!!!), isso foi um tapa na cara e claramente chamar de “trouxa” quem brigava por um dos lados e apoiava um dos lados na eleição. No jogo-treino de Sábado perdemos Wesley (que esse nem sei se pode usar a colocação “perdemos”, talvez seja até reforço) e Morato, que vinha bem, jogou bem contra o Cruzeiro na Copa do Brasil e fez até o cruzamento para o gol de Pratto. Morato parece que até tem vontade de jogar, infelizmente parece que ficará seis meses parado.

Daqui a pouco 21h45 o São Paulo joga contra o Defensa y Justicia no Morumbi, pra quem não lembra o primeiro jogo foi 0 a 0. O São Paulo é favorito? Sim, mas isso não tira do time da Argentina a vontade de ir pra cima, se fizerem um gol, apenas um gol (ou seja, abrirem o placar) complica tudo. Vamos ver dentro de campo se algo realmente mudou nesses dezoito dias parado, né?! Pois vendo de fora, não mudou, nada!

Até semana que vem!
________________________________________________________________
Contato:

Twitter: @carlinhosnovack | [email protected]

Carlinhos Novack é Jornalista, já foi colunista de outros sites tricolores, ex-LANCE!. Escreve suas colunas na SPNet todas as Quintas.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários