6-3-Terça – Tratos Mal Feitos

0
1605

Quando se trata de uma negociação do São Paulo, seja compra ou venda, não existe meio termo. Ou o São Paulo faz um ótimo negócio, ou erra feio. No caso mais recente dos acertos, temos a venda do Lucas por um preço extraordinário, a venda do Douglas para o Barça, que foi muito dinheiro para um jogador como o Douglas, a compra do Pratto, entre outros.

Mas quando se trata de erros, temos uma lista imensa, que vai desde vender jogadores por um preço muito barato a contratar jogadores que só atrapalharam enquanto estiveram no time.

O primeiro caso que citarei será uma troca e você já deve saber qual. Em janeiro de 2010, São Paulo e Santos efetuaram a troca Rodrigo Souto x Arouca. Na época muitos consideraram um bom negócio para o São Paulo, mas nós já sabemos que não foi.

Enquanto Arouca brilhou no Santos, sendo importante para o título da Libertadores, Souto após chegar ao São Paulo só demonstrou uma imensa queda de rendimento, pois em sua época no tricolor era o volante que atacava como zagueiro e defendia como atacante. Quando saiu em 2013, não deixou saudades, gerando até comemorações por parte da torcida.

Sábado o Real Madrid foi campeão da Champions, com gol de uma cria de Cotia: Casemiro. Ele bateu de fora da área e, após a bola desviar, fez o segundo gol do Real. Mas Casemiro vem jogando bem no Real faz tempo, sendo considerado um jogador chave no esquema de Zidane e, por alguns comentaristas, o melhor volante do mundo.

O preço do Casemiro, atualmente, está em torno de 25 milhões de euros, ou 92 milhões de reais. Quando se fala nos números atuais dele, muitos pensam que ele saiu do São Paulo por um preço exorbitante, até por que foi vendido quando tinha apenas 21 anos, e a juventude valoriza o preço de um jogador, pois ele pode evoluir. Porém, Casemiro saiu por apenas R$ 18.738.000 para o Real Madrid. No entanto, R$ 2.006.000 foram para intermediários e R$ 3.363.000 para detentores de direitos, o que deixou o São Paulo só com R$ 13.369.000.

Agora tratando de contratações uma que, mesmo vindo barato, falhou e decepcionou todos foi Lúcio. Xerife, campeão mundial com uma carreira invejável, não fez nada de mais no São Paulo. Na verdade, jogou muito mal e teve varias expulsões, sendo que a mais relembrada é a contra o Atlético Mineiro pela Libertadores, que o São Paulo estava ganhando e após o gol, estragou a tática do Ney Franco e o time levou a virada. Após a passagem frustrante pelo São Paulo, foi ao Palmeiras, onde não fez nada de mais também, só demonstrou que era um ex-jogador em atividade.

Não dá para deixar de falar de uma cria da base que a torcida mal pode ler seu nome, estamos falando claro, de Oscar. Quando saiu do São Paulo ao Inter, foi pelo preço de 15 milhões de reais, mas quando foi negociado do Inter de Porto Alegre para o Chelsea, foi a transferência mais cara da historia do futebol brasileiro, cerca de 79 milhões de reais.

O futebol dele é realmente uma incógnita, tem momentos que ele demonstra ser um meio campo de classe, rápido e ágil, mas em outros não passa de um meia comum. Mesmo assim, em 2016 foi negociado do Chelsea para o Shanghai SIPG, da China por R$ 218 milhões.

O São Paulo precisa esperar mais para vender jogadores da base, Neres, Araújo, Lyanco, Oscar, Casemiro e Augusto Galvan saíram muito cedo do time, pois se segurassem, a diretoria poderia ter feito uma boa grana com eles, mais do que fez. E quando se trata de contratações, apenas poderia contratar jogadores que todos sabem de sua capacidade, como o Pratto, que é quase certeza de ganho com a sua compra.

Descrição: Lucas Tury é estudante, torcedor fanático, vai ao Morumbi frequentemente e torce pra o São Paulo desde pequeno mesmo sendo de uma família de cariocas e palmeirenses. Qualquer dúvida ou sugestão, envie um email para [email protected].

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaborador

Comentários

comentários