SPFC em Pauta – As apostas em 105 contratações entre 2009 e 2017

2
5432

Eu poderia falar do jogo de ontem contra o Atlético-PR, poderia falar novamente do Rogério ou do time que não consegue vencer no Brasileirão há quatro jogos, mas vamos pra um assunto mais importante (muito mais), todas as contratações do São Paulo, não só esse ano, mas desde 2009. Sim! Eu vou passar uma lista de todas contratações pra analisar desde 2009, que é o primeiro ano em que o São Paulo já não conseguiu título algum. Essa coluna na verdade é uma coluna/matéria.

Apostas, apostas e mais apostas, algumas até deram certo, outras não e outras ninguém sabe onde tá até hoje (o que eu também vou tentar explicar). Vamos lá… Eu já falei aqui em outros textos que o São Paulo investia sempre em jogadores de reconhecimento nacional ou jogadores que até estavam ou passaram pela seleção, usavam muito a tal da “Lei Pelé” e trazia jogadores até de graça, que foi como montou a base de 2005 que venceu Paulista, Mundial, Libertadores e os três Brasileiros nos anos seguintes. De 2009 até 2016, o São Paulo contratou 92 jogadores, com as contratações de 2017 (Nem, Pratto, Jucilei, Neílton, Edimar, Petros, Matheus Jesus, Jonathan Goméz, Arboleda, Marcinho, Morato, Maicosuel) passa de 100, se for analisar de 2009 até hoje, são nove anos e nesse tempo só ganhamos a Copa Sul-Americana.

Resultado de imagem para Apresentação spfc washington2009 os reforços foram Arouca, Renato Silva, Wagner Diniz, Denis, Junior Cesar, Washington, Eduardo Costa, Marlos, Jean Rolt, Adrian Gonzalez e Saavedra. Muitos eram agenciados por dois empresários: Juan Figer e Eduardo Uram, Figer é uruguaio, na época era empresário de Marlos (considerado craque e jogador do Coritiba na época), o São Paulo se interessou pelo jogador e ele informou que só fazia negociação caso levasse também Nelson Saavedra, lateral, jogador que nunca, veja bem NUNCA treinou ao menos no CT do São Paulo e foi “jogado” pra Cotia, indo de lá emprestado pro Atlético-GO, Eduardo Uram teve em 2013 (que isso é assunto mais pra frente) DEZ JOGADORES no elenco, dez empresariados por ele. Dos reforços de 2009:

Arouca: ficou até 2010, jogou 41 jogos e marcou somente 1 gol, veio do Fluminense-RJ, não rendeu o esperado e, atualmente, figura no elenco do SEP onde está machucado. Normalmente não é titular.

Renato Silva: é outro que se destacava no Botafogo, jogou 79 jogos com a camisa do São Paulo marcando dois gols, se transferiu em Janeiro de 2011 pro Shandong Luneng-CHI. Em 2017 disputou o Campeonato Carioca pelo Boa Vista do Rio de Janeiro, somente quatro jogos e foi dispensado.

Wagner Diniz: Veio do Vasco, se destacava lá pela velocidade e (lá no Vasco) receber uma grande quantidade de penaltis, com a ida do Vasco para a Série B veio para o São Paulo, também não rendeu o esperado e se transferiu no mesmo ano para disputar o Campeonato Brasileiro pelo Santos, retornou em 2010 e foi em seguida emprestado ao Atlético-PR, hoje está no Rio Negro do Amazonas.

Denis [Goleiro]: Dispensa explicações. Acho que o único que (ainda) figura no elenco 2017.

Junior César: Veio do Fluminense onde foi vice-campeão da Libertadores no ano anterior, foi bem aproveitado e titular em 2009 e 2010, fez 100 jogos e apenas 1 gol, em 2013 voltou ao Rio de Janeiro pra jogar no Flamengo. Em 2017 continua no Rio de Janeiro e disputa a Série B1 por lá no Itaboraí.

Washinton [Coração Valente]: Veio do Fluminense onde lá era e é ídolo, estreou dia 25 de Janeiro contra a Portuguesa no Canindé em que o São Paulo venceu por 2 a 0 e ele marcou os dois gols, voltou em 2010 para o Fluminense onde foi campeão Brasileiro e acabou encerrando a carreira.

Eduardo Costa: Era jogador do Espanyol-ESP e estava no Grêmio emprestado até que o São Paulo se interessou pela compra do passe, jogou 18 jogos e não marcou nenhum gol, era volante. Depois do São Paulo foi para o Mônaco-FRA, em 2015 encerrou a carreira no Avaí-SC.

Marlos: Foi um dos destaques do Coritiba, no São Paulo jogou 135 jogos e marcou 13 gols, saiu no fim de 2011 para o Metalist Kharkiv-UCR e está desde 2014 no Shakhtar Donetsk.

Jean Rolt: Veio da Ponte Preta, no São Paulo jogou somente 6 jogos e marcou 1 gol. em 2009 ainda volto para a Ponte Preta, em 2014 encerrou a carreira no Náutico depois de jogar dois anos por lá.

Adrian Gonzalez e Saavedra: Gonzalez (argentino) chegou a ser em 2007 o melhor defensor do Campeonato Argentino pelo San Lorenzo, no São Paulo (único clube fora de seu país na carreira) jogou apenas 7 jogos e não marcou gol, saiu ainda em 2009 e foi para o Arsenal de Sarandí-ARG onde foi campeão argentino em 2012, encerrou a carreira no Platense (também da Argentina) em 2013. Saavedra já foi explicado sua situação.

Vamos para 2010, mais um ano cheio de falhas da diretoria, chegou a semifinal da Libertadores sento eliminado pelo Internacional (campeão da edição). Nesse ano foram contratados 14 reforços, mas em campo somente dois parece que renderam.

Resultado de imagem para Pacote reforços spfc 2010

Léo Lima: Veio do Goiás onde estava emprestado e era jogador do Vasco, no São Paulo jogou 19 jogos e marcou 4 gols, depois disso ainda em 2010 foi negociado com o Al-Nasr-EAU. Atualmente disputa a Série B com o Santa Cruz.

André Luis: Veio do Grêmio Barueri (que naquela época era time forte e de elite), antes teve destaque pelo Botafogo, estreou dia 20 de Janeiro no empate por 1 a 1 contra o Mirassol, em Março contra o Rio Branco no Morumbi marcou seu único gol com a camisa do São Paulo, disputou 6 jogos e foi vendido em 2011 para o Fluminense. Em 2017 disputa o Paulista da Série A3 (terceira divisão) com o Taboão da Serra.

Carlinhos Paraíba: Mais um que veio no pacote de reforços, veio do Coritiba. No São Paulo jogou até 2012, tendo 79 partidas e 2 gols, foi emprestado ao Omiya Ardija-JAP. Em 2017 continua jogando no Japão, só que no Tokushima Vortis, equipe da segunda divisão.

Xandão: Mais um, assim como André Luis que veio do Gremio Barueri, se destacou bastante lá, no São Paulo disputou 77 jogos e marcou 1 gol. Em 2017 chegou até a possibilidade (inclusive interesse da diretoria) de voltar para o São Paulo, está no Anji-RUS.

Cleber Santana: Aqui no Brasil tinha se destacado pelo Santos em 2007, quando veio para o São Paulo estava no Mallorca-ESP, jogou 48 jogos e marcou 3 gols, em 2011 foi negociado com o Atlético-PR. Faleceu ano passado no acidente do voo da Chapecoense.

Rodrigo Souto: Veio do Santos na troca com Arouca, por aqui jogou 73 jogos e marcou 3 gols, ficou até 2013 onde foi negociado com o Jubilo Iwata-JAP. Em 2017 disputou o campeonato carioca pelo Resende.

Fernandinho: Outro que veio do Grêmio Barueri, no São Paulo chegou emprestado, jogou 104 vezes e marcou 17 gols, foi em 2014 para o Al-Jazira-EAU. Em 2017 está disputando o campeonato Brasileiro pelo Grêmio-RS.

Carleto: Era jogador do Valencia-ESP e estava emprestado para o Elche, veio para o São Paulo onde disputou 22 jogos e marcou 1 gol, foi em 2011 para o Olímpia-PAR, voltou em 2016 para o São Paulo até ser negociado em definitivo com o Arouca-POR. Hoje disputa o Brasileirão pelo Coritiba.

Fernandão: Ídolo do Inter, alguns chegaram até a cogitar a possibilidade de ser ídolo por aqui também, sempre honrou a camisa, ficou até 2011 jogando 39 partidas e marcou 8 gols, encerrou a carreira por aqui. Depois da aposentadoria virou dirigente do Inter e até treinador. Faleceu em 2014 em um acidente de Helicóptero.

Samuel: Esse foi difícil pra achar informações, eu nem lembrava dele e acho que 97% da torcida também não, veio do Joinville, era zagueiro e no São Paulo jogou 8 vezes e não marcou gol, foi negociado com o Werder Bremen-ALE ainda em 2011. Em 2016 foi contratado pelo Busan IPark (da Coréia do Sul) e não há informações se lá continua, se tá aposentado ou se foi pra outro clube.

Cicinho: Aquele mesmo lateral que foi campeão por aqui, voltou em 2010, muitos falam que essa nova passagem dele pelo São Paulo não rendeu, jogou 25 jogos e não marcou gol. Quando veio estava na Roma-ITA, saiu ainda em 2010 e foi para o Villareal. Atualmente está sem clube, depois de jogar de 2013 até 2016 no Sivasspor-TUR.

Ricardo Oliveira: Esse é um dos que a torcida pede de volta, pediram inclusive no começo do ano passado e no começo desse ano, foi muito bem aqui. 2010 já era sua segunda passagem e foi emprestado para o São Paulo vindo do Al-Jazira-EAU, na primeira passagem em 2006 marcou 7 gols em 12 jogos, já em 2010 foram 8 gols em 17 jogos, do São Paulo foi ainda em 2010 para o Al Wasl-EAU. Dispensa apresentações de onde tá em 2017.

Fechamos com Alex Silva e Ilsinho: Alex Silva veio com “o nome” de “irmão do Luisão” (aquele zagueiro). Jogou 59 jogos pelo São Paulo e marcou 1 gol, quando veio estava no Hamburgo-ALE, do São Paulo foi para o Flamengo, e em 2017 está Jorge Wilstermann-BOL (mesmo time de onde veio em 2017, Thomaz). Ilsinho em 2010 veio para sua segunda passagem, já que em 2006 foi contratado do Palmeiras, em 2006 e 2007 jogou 46 jogos e marcou 4 gols, já em 2010 jogou 34 e marcou 5 gols (se for ver, o aproveitamento foi maior), saiu em 2012 para o Internacional-RS, hoje está no Philadelphia Union dos Estados Unidos. Outro que também foi sondado pra voltar e acabou não dando certo (Essa sua volta).

Resultado de imagem para Rivaldo spfc2011, a maior contratação daquele ano foi Rivaldo, apesar de já estar quase em fim de carreira. Outra contratação muito falada naquele ano foi a volta de Luis Fabiano, inclusive com uma das maiores festas vistas por mim até hoje no Morumbi, lotaram para a apresentação de sua contratação. Nesse ano também foi contratado um dos que se encontra no elenco hoje, Cícero, que na época veio do VfL Wolfsburg-ALE, no São Paulo em sua primeira passagem jogou 92 jogos e fez 16 gols. Saiu em 2014 para o Santos, voltou em 2017 a pedido de Rogério Ceni. Luis Fabiano para muitos é ídolo, ficou até ano passado onde foi negociado com o Tianjin Quanjian-CHI, de 2011 até 2016 fez 187 jogos e 95 gols, na primeira passagem em 2001 fez 50 jogos e marcou 30 gols, hoje disputa o BR pelo Vasco, já Rivaldo, veio do Bunyodkor-UZB, no São Paulo jogou 46 jogos e fez apenas 7 gols, foi negociado em 2012 com o Kabuscorp-ANG, jogou no Mogi Mirim até 2015 onde foi jogador e Presidente do clube, até encerrar a carreira. As outras contratações do ano:

Rhodolfo: veio do Atlético-PR também como destaque, no São Paulo (onde ficou até 2014) fez 178 jogos e 12 gols, foi para o Gremio em 2013, em 2017 foi apresentado ontem como novo reforço do Flamengo.

Willian José: Veio do Grêmio-RS mas é outro que se destacou em 2009 no time do Grêmio Barueri que tinha Xandão e Fernandinho, no São Paulo jogou 66 jogos e marcou 16 gols. Foi para o Santos em 2013 e em 2014 chegou a jogar até no time principal do Real Madrid, hoje continua na Espanha, jogando no Real Sociedad.

Edson Ramos: Outro que foi muito dificil de achar informações, é amigo de Rivaldo (vai ver que é até por isso que veio rs), não há informações sobre onde está, nem se encerrou a carreira…

Ivan Piris: Outra contratação que ninguém sabe como veio e nem porque. Pertence aquele grupo de empresários que inscreve jogadores no Deportivo Maldonado-URU e que também são donos de Willian José e Calleri, no São Paulo jogou 42 jogos e marcou 1 gol, foi para a Roma-ITA em 2013, hoje está no León-MEX.

João Filipe: Chegou até a ser chamado de João “BLACKEMBAUER”, veio do Botafogo como grande promessa e esperança de se destacar no São Paulo, jogou 46 jogos e não marcou gols, foi emprestado para o Náutico e depois pro Avaí, negociado em definitivo com a Tombense em 2015, hoje está sem clube.

Cañete e Denilson: Cañete foi mais um argentino que passou pelo São Paulo, veio da Universidad Católica-CHI, jogou 23 vezes e marcou 1 gol, foi negociado em 2013 com a Portuguesa-SP e hoje joga no Libertad-PAR, já Denílson voltou em 2011 depois de empréstimo para o Arsenal-ING, em 2006 na sua primeira passagem fez 22 jogos e não marcou gol, em 2011 foram 83 jogos e 1 gol, foi negociado com o Al-Wahda-EAU, em 2017 foi contratado pelo Cruzeiro.

Resultado de imagem para Ganso spfc2012 teve outra grande contratação na época, Paulo Henrique Ganso que era um dos grandes jogadores do Santos na época e foi parceiro de Neymar, não é considerado ídolo no São Paulo mas jogou bastante por aqui, na época quando ele não jogava usavam até o termo “Gansodepêndencia”, jogou 221 jogos e marcou 24 gols, foi para o Sevilla-ESP ano passado e lá se encontra até hoje. 2012 também foi marcado pelo último titulo do São Paulo, Copa Sul-Americana. As outras contratações de 2012 foram:

Bruno Cortês, que hoje está no Grêmio e veio do Botafogo, jogou 91 vezes pelo São Paulo e fez 2 gols, foi emprestado para o Benfica em 2013 e só nesse ano se desvinculou do São Paulo.

Edson Silva: Veio do Figueirense, no São Paulo fez 118 jogos e 7 gols, saiu no começo do ano passado negociado com o Estrela Vermelha-SER, foi contratado em 2017 pelo Red Bull Brasil.

Maicon: Outro que em 2017 está no Gremio, chegou ao São Paulo vindo do Figueirense e fez 161 jogos, marcou 9 gols, saiu do São Paulo colocando a culpa na torcida que pressionava, foi emprestado para o Gremio em 2015 que comprou seu passe em definitivo ano passado.

Paulo Miranda: Esse é um caso sério… rs. Muitos aqui nem querem ouvir falar no nome, veio para o São Paulo vindo do Bahia, aqui fez 138 jogos e marcou 5 gols, saiu do São Paulo em 2015 para o Red Bull Salzburg-AUT onde continua até hoje.

Jadson: Bem… esse nem precisa falar, a única coisa que vale lembrar é que foi envolvido na troca com o Pato em 2014, e só… 118 jogos e 21 gols.

Osvaldo: Hoje é jogador do Sport-PE. Era o jogador de confiança do Ney Franco, no São Paulo jogou até 2014 vindo do Ceará, fez 161 jogos e marcou 20 gols, depois em 2015 foi vendido para o Al-Ahli-ARA.

Fabrício: Veio do Cruzeiro, tem 35 jogos no São Paulo e nenhum gol, em 2014 foi emprestado para o Vasco e 2015 negociado definitivamente com o Joinville, hoje está sem Clube.

Douglas: Sim, aquele mesmo. Foi contratado do Goiás, aqui no São Paulo de 131 jogos e 6 gols, foi negociado com o Barcelona-ESP (!!!) em 2014 mas lá não foi aproveitado, a imprensa lá noticiou que foi um dos piores jogadores que já passou pelo clube, hoje está no Sporting de Gijón-ESP, mas ainda pertence ao Barcelona.

Rafael Toloi: Outro zagueiro que muitos não gostam de ver falar por aqui, assim como Douglas também veio do Goiás, fez 133 jogos e 6 gols, em 2014 foi emprestado para a Roma e hoje está na Itália jogando no Atalanta.

Paulo Assunção: Outra contratação que não dá pra explicar, veio para o São Paulo, jogou 11 jogos e não marcou gol, é contratação recente mas que ninguém lembra, foi negociado com o Deportivo La Coruña em 2013 e hoje está no Levadiakos-GRE.

O último da lista de 2012 é Breno, que voltou depois de ter a primeira passagem em 2007, na primeira passagem fez 35 jogos e marcou 2 gols, já na volta fez 14 jogos e marcou 1 gol, foi muito questionado pela torcida e hoje está emprestado ao Vasco da Gama disputando o Brasileirão.

Resultado de imagem para Lucio spfc2013 foi o ano da volta do São Paulo pra Libertadores depois de uns anos fora, a contratação “de peso” do ano foi o zagueiro Lúcio, depois de ser um dos responsáveis pela eliminação do São Paulo na própria Libertadores diante do Atlético-MG foi questionado pela torcida, que assim pediu sua saída. Veio da Juventus-ITA, fez 32 jogos e marcou 2 gols, foi negociado com o Palmeiras em 2014, hoje está no FC Goa-IND. As outras contratações do ano:

Aloísio (Boi Bandido), esse a torcida sente saudade até hoje e pede sua volta, foi um dos destaques do Figueirense no ano anterior e sempre teve raça, aqui fez 66 jogos e marcou 21 gols, foi negociado com o Shandong Luneng-CHI em 2014 e hoje está no Hebei China Fortune onde foi contratado em 2016.

Wallyson: Atacante que veio do Cruzeiro, também é atleta dos empresários donos do Deportivo Maldonado-URU, hoje está emprestado ao Vila Nova-GO. Por aqui fez 11 jogos e nenhum gol.

Silvinho: também atacante e que veio da Penapolense, fez 8 jogos e nenhum gol, foi negociado com a Ponte Preta e hoje está no Seongnam FC da Coréia do Sul.

Roni: Foi destaque e revelação do Mogi Mirim no ano anterior, juntamente com Matheus Caramelo (que o São Paulo também trouxe pelo destaque), fez 4 jogos e 1 gol, ainda tem vínculo com o São Paulo, hoje está emprestado para o Adanaspor-TUR, já Matheus Caramelo fez 21 jogos e não marcou gol, quando faleceu ano passado (assim como Cléber Santana) no acidente do voo da Chapecoense, era atleta do São Paulo e estava emprestado.

Reinaldo: O lateral da Chapecoense ainda é do São Paulo, está emprestado até o fim do ano, lá está se destacando e aqui veio do Sport, era jogador da Penapolense e estava emprestado, em 2013 fez 2 gols em 36 jogos disputados e de 2014 até ano passado mais 70 jogos e 1 gol, não deve voltar da Chapecoense ao fim do empréstimo, já que há interesse do jogador e da própria Chapecoense em continuar lá.

Clemente Rodriguez: é mais um que não dá pra entender, veio como grande jogador do Boca Juniors mas só entrou em campo 3 vezes aqui, quase ninguém lembra, hoje está no Colón (também da Argentina)

Antonio Carlos: zagueiro que também foi questionado, ainda mais depois de marcar gols contra para o Corinthians no clássico, veio do Botafogo fez 87 jogos no São Paulo e 12 gols, saiu em 2015 para o Fluminense e em 2017 disputou o Campeonato Carioca pelo Boa Vista.

Welliton e Negueba: O primeiro, há quem gostou de sua passagem por aqui, veio do Grêmio, era jogador do Spartak Moscou, até se cogitou de comprar o passe em definitivo mas também não deu certo, saiu em 2014 para o Celta de Vigo-ESP, hoje está no Kayserispor-TUR. Negueba, foi um pedido de Ney Franco, jogou apenas 5 jogos pelo São Paulo e não marcou gols, foi negociado com o Coritiba e hoje está Ponte Preta.

Resultado de imagem para kaka spfc2014 foi um ano que foi eliminado na semi do Paulista e eliminado pelo Bragantino na Copa do Brasil, trouxe Kaká que foi a grande contratação do ano, voltou como ídolo. A revelação de 99, ficou até 2003 no clube, jogou 81 vezes e marcou 47 gols, já na passagem de 2014 fez 24 jogos e 3 gols, foi negociado com o Orlando City-EUA onde está até hoje, Alexandre Pato foi outro grande nome mas que era uma incógnita, veio na troca com aquele lá que vive falando mal do São Paulo, Pato fez 101 jogos e marcou 38 gols, ambas as partes não chegaram a negociação para manter o jogador e ele foi para o Chelsea, hoje está no Tianjin Quanjian-CHI. As outras contratações foram Luis Ricardo, Álvaro Pereira, Souza, Pabón, Roger Carvalho, Hudson, Alan Kardec e Michel Bastos.

2015 foi o ano da aposentadoria de Rogério Ceni, os reforços nesse ano foram: Bruno, Carlinhos, Thiago Mendes, Jonathan Cafu, Centurión, Dória, Renan Ribeiro, Wesley, Luiz Eduardo, Wilder, Daniel e Rogério.

2016, não houve dinheiro para grandes contratações, o time fez uma grande campanha na Libertadores chegando na semifinal. Diego Lugano, Mena, Calleri, Kieza, Kelvin, Maicon, Ytalo, Cueva, Gilberto, Chavez, Buffarini e Douglas foram as contratações do ano.

Resultado de imagem para Pratto spfcJá as contratações de 2017 são Nem, Pratto, Jucilei, Neílton, Edimar, Petros, Matheus Jesus, Jonathan Goméz, Arboleda, Marcinho, Morato, Maicosuel e Thomaz

A lista por ano é essa:

Reforços contratados em 2009 (11): Arouca, Renato Silva, Wagner Diniz, Denis, Junior Cesar, Washington, Eduardo Costa, Marlos, Jean Rolt, Adrian Gonzalez e Saavedra.
Reforços contratados em 2010 (14): Léo Lima, André Luis, Carlinhos Paraíba, Xandão, Cleber Santana, Rodrigo Souto, Fernandinho, Carleto, Fernandão, Samuel, Cicinho, Ricardo Oliveira, Alex Silva e Ilsinho.
Reforços contratados em 2011 (10): Luis Fabiano, Rivaldo, Rhodolfo, Willian José, Edson Ramos, Cícero, Ivan Piris, João Filipe, Cañete e Denilson.
Reforços contratados em 2012 (12): Cortez, Edson Silva, Maicon, Paulo Miranda, Jadson, Osvaldo, Fabricio, Douglas, Rafael Toloi, Paulo Assunção, Paulo Henrique Ganso e Breno.
Reforços contratados em 2013 (11): Lucio, Aloísio, Wallyson, Silvinho, Mateus Caramelo, Roni, Reinaldo, Clemente Rodriguez, Antonio Carlos, Welliton e Negueba.
Reforços contratados em 2014 (10): Luis Ricardo, Álvaro Pereira, Souza, Pabón, Roger Carvalho, Alexandre Pato, Hudson, Alan Kardec, Michel Bastos e Kaká.
Reforços contratados em 2015 (12): Bruno, Carlinhos, Thiago Mendes, Jonathan Cafu, Centurión, Dória, Renan Ribeiro, Wesley, Luiz Eduardo, Wilder, Daniel e Rogério.
Reforços contratados em 2016 (12): Diego Lugano, Mena, Calleri, Kieza, Kelvin, Maicon, Ytalo, Cueva, Gilberto, Chavez, Buffarini e Douglas
Reforços contratados em 2017 (13 que podem virar 14): Nem, Pratto, Jucilei, Neílton, Edimar, Petros, Matheus Jesus, Jonathan Goméz, Arboleda, Marcinho, Morato, Maicosuel e Thomaz (… e Aderlan Santos, que ainda pode vir).

De 2009 até 2017 (Se confirmarem os quatro) são 105 contratações, se confirmar Aderlan Santos são 106, nesse tempo só ganhamos a Sul-Americana. Qual seria o problema? Porque tantas contratações que não deram certo? A culpa são dos jogadores ou da diretoria? Ou até mesmo do técnico que pediram? Ou a culpa seria dos empresários dos tais atletas?

O que deu pra perceber é que todo ano o São Paulo contrata entre 10 e 14 jogadores, mas desses, quantos jogaram bem aqui? Quantos fizeram seu nome ou quantos valeram a pena?

Até semana que vem!
________________________________________________________________

Contato:[email protected]

Carlinhos Novack é Jornalista, já foi colunista de outros sites tricolores, ex-LANCE!. Escreve suas colunas na SPNet todas as Quintas.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS