Terças Tricolores – Amanhã somos nós contra eles

2
1021

Nos últimos dias, ao acessar e dar uma olhada pelas páginas que falam do São Paulo, vi uma postagem interessantíssima de uma organizada do clube. Ali, além de falar do sentimento de fazer parte da família que é a torcida, o líder da organizada fala que o momento é de união e que não existirão protestos (por enquanto).

E isso me deixou extremamente feliz. O sentimento de união, de abraçar o time (ainda que alguns jogadores não mereçam) é exatamente o que precisamos. A torcida tricolor precisa superar o frio, desconfiança, falta de transporte e falta de vontade de alguns jogadores para manter esse clube na primeira divisão.

Farei o possível para estar no jogo amanhã, com frio, vento e tudo mais contra. E é isso que venho aqui pedir para quem ler essa coluna. Vamos, juntos, arrancar essa vitória do Vasco e ajudar o São Paulo a fazer os sonhados 45 pontos. Ninguém mais vai fazer isso por nós. Leco, Pinotti, Pimenta, Ataíde, etc, só pensam e estão pensando neles. Nenhum deles ama o clube como nós, torcedores que comparecemos para empurrar esse time para o lugar que merece.

É o momento de puxar o amigo que está desanimado, juntar a galera que realmente ama o clube e partir para cima. A arrancada tem que começar essa semana, contra o Vasco. Não HÁ OUTRO RESULTADO, TEM QUE SER A VITÓRIA. O desespero não pode bater, afinal, times grandes já sentiram isso e veem no SPFC a receita perfeita para cair.

Não PODEMOS ACEITAR esse sentimento. Peço, para quem puder, comparecer ao jogo amanhã. Eu, você e toda a nação tricolor somos os responsáveis por trazer os 3 pontos nesse jogo. E lembrem-se: VAMOS PARA APOIAR, NÃO PARA CORNETAR. No estádio, até os 45 do segundo tempo, é APOIO INCONDICIONAL. Depois do apito a história é outra, mas durante os 90 minutos é para frente. Como diria um velho provérbio: para trás nem para pegar impulso.

PRA CIMA DELES!

Força SPFC!

Dúvidas ou reclamações?

@Abroliveira ou [email protected]

Abrahão de Oliveira é jornalista, formado pela Universidade Metodista de São Paulo, dono da @spinfoco, são-paulino e tem o sonho de cobrir um mundial de clubes com o clube do coração. 

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaborado

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS