Cachaçaria compra clube e une São Paulo e Crystal Palace na 2ª divisão da Paraíba

Novo time paraibano se chama São Paulo Crystal e coloca em estatuto homenagem a clubes de São Paulo e da Inglaterra. Escudo homenageia os ingleses e uniforme tem cores do Tricolor

0
788

Futebol e cachaça. Duas paixões nacionais que estarão representadas num mesmo clube de futebol. Um novíssimo clube, na verdade, que neste sábado estreia na 2ª divisão do Campeonato Paraibano, naquela que vai ser a primeira competição de sua história. Quer entender melhor essa história? O antigo Lucena (que inclusive já jogou a elite do futebol paraibano) foi vendido este ano para uma cachaçaria paraibana, localizada no município de Cruz do Espírito Santo (na Região Metropolitana de João Pessoa), e essa rebatizou o clube para São Paulo Crystal. Nome que lembra um dos produtos do grupo empresarial, e que ao mesmo tempo homenageia dois outros clubes completamente distintos um do outro: o brasileiro São Paulo e o inglês Crystal Palace.

E olhe que a homenagem não é da boca para fora. Está no estatuto do novo clube. Isto mesmo. No documento oficial que rege a agremiação. E que tem , a diretoria do São Paulo Crystal ressalta a história dos dois clubes no futebol brasileiro, inglês e mundial para justificar a deferência.

Lucena (de amarelo) já não existe mais depois de ser vendido para o São Paulo Crystal (Foto: Silas Batista / GloboEsporte.com)
Lucena (de amarelo) já não existe mais depois de ser vendido para o São Paulo Crystal (Foto: Silas Batista / GloboEsporte.com)

O estatuto justifica que o nome do clube tem “origem em uma homenagem a dois grandes clubes mundiais, tanto pelas conquistas, quanto pela força que as torcidas e os times representam no cenário mundial”.

Os três títulos mundiais do São Paulo e os seis troféus de Campeonato Brasileiro que o homônimo paulista tem aparecem no estatuto como justificativa para a homenagem por parte do clube paraibano. Os dois títulos da segunda divisão do Campeonato Inglês pelo Crystal Palace também são lembrados.

são paulo crystal, estatuto (Foto: Reprodução / São Paulo Crystal)
São Paulo Crystal, estatuto (Foto: Reprodução / São Paulo Crystal)

Escudo de um, uniforme de outro

A homenagem, inclusive, não fica restrita ao nome. O escudo do novo time paraibano é praticamente igual ao antigo escudo do Crystal Palace, usado até a década de 1980. E mesmo depois de uma repaginação que o clube inglês fez em seu escudo, a águia de ambos os escudos é praticamente a mesma.

Enquanto o escudo do time se parece com o do time inglês, as cores do uniforme do São Paulo Crystal homenageiam o tradicional clube paulista. Segundo o estatuto, os jogadores do time paraibano vão entrar em campo com um padrão principal com as cores vermelho, branco e preto, numa referência ao Tricolor do Morumbi. O segundo padrão será com a cor predominante branca. Já o terceiro uniforme será verde limão.

À esquerda, o escudo do clube paraibano: ao centro, o do Crystal Palace da década de 1980; à direita, o atual escudo do clube inglês (Foto: GloboEsporte.com/pb)
À esquerda, o escudo do clube paraibano: ao centro, o do Crystal Palace da década de 1980; à direita, o atual escudo do clube inglês (Foto: GloboEsporte.com/pb)

Contratação de peso

O São Paulo Crystal é presidido por Múcio Carlos, um dos diretores da cachaçaria que comprou o clube e a sede é a mesma da empresa, o município de Cruz do Espírito Santo. Muitos dos treinos da equipe, inclusive, estão acontecendo num campo de futebol da empresa de bebidas. O clube, portanto, é uma extensão da cachaçaria.

Fábio Bilica é um dos jogadores do novo São Paulo Crystal (Foto: Divulgação / Auto Esporte)
Fábio Bilica é um dos jogadores do novo São Paulo Crystal (Foto: Divulgação / Auto Esporte)

Como carro chefe do novo time, foi contratado o conhecido zagueiro Fábio Bilica (com passagens por Grêmio, seleção pré-olímpica, futebol turco, entre outros). Ele está de volta à sua terra natal desde o início do ano, quando jogou o Campeonato Paraibano pelo Auto Esporte, e agora vai jogar a competição de acesso pelo novo clube.

Comentários

comentários