Modificado, São Paulo recebe misto do Cruzeiro para voltar a vencer

33
840

GazetaEsportiva.net

José Victor Ligero e Marcellus Madureira

Dorival Júnior promoveu mudanças no time para vencer o Cruzeiro no Morumbi (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Após ser derrotado por Coritiba e Bahia, o São Paulo iniciará o segundo turno do Campeonato Brasileiro contra o Cruzeiro, neste domingo, às 11 horas (de Brasília), no Morumbi. O pensamento segue o mesmo: vencer para sair da zona de rebaixamento.

Com 19 pontos, o Tricolor é o 17ª colocado do torneio nacional. No entanto, vencendo os mineiros, a equipe sai, ao menos momentaneamente, da zona da degola, uma vez que a Chapecoense não joga na rodada.

A delicada situação em que o Tricolor se encontra na tabela obrigou o técnico Dorival Júnior a fazer testes no time titular ao longo da semana. A principal alteração é a ida de Jucilei para o banco de reservas. No entendimento de Dorival, que ensaiou o time no 4-1-4-1, em detrimento do 4-2-3-1, Éder Militão será mais eficiente como primeiro volante nesse novo esquema.

Assim, Petros atuará mais adiantado, na linha de quatro armadores, que terá como novidade a presença de Marcos Guilherme, o escolhido para substituir o suspenso Christian Cueva na ponta esquerda. A boa notícia é que Rodrigo Caio estará de volta para fazer dupla com Arboleda no miolo de zaga. Na lateral direita, Buffarini ganhará mais uma chance, já que Bruno e Araruna estão machucados.

Dada a importância do confronto, a torcida do São Paulo já esgotou todos os ingressos de arquibancadas. Há a possibilidade, inclusive, de ela bater mais uma vez o próprio recorde de público do campeonato, estabelecido no último dia 3, quando 53.635 pessoas acompanharam a derrota por 2 a 1 para o Coritiba.

“Temos que começar o segundo turno com força total, corrigir o que erramos no passado e dar o nosso melhor no presente. O torcedor é muito importante na nossa caminhada, então esperamos começar o segundo turno da melhor maneira possível”, afirmou o lateral esquerdo Edimar.

Em baixa, Robinho será titular contra o São Paulo (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Atento ao calendário do futebol brasileiro, com uma decisão de Copa do Brasil aproximando, o técnico Mano Menezes decidiu que mandará time alternativo para o jogo contra o São Paulo, neste domingo.

O principal poupado da equipe será o meia Thiago Neves. O jogador é um dos principais do time na temporada e ficará fora para descansar para a decisão contra o Grêmio, na próxima semana.

Na defesa, o técnico Mano Menezes confirmou que mandará Digão para o jogo. O defensor fará sua estreia depois de passar um período na Toca da Raposa II aprimorando a parte física. Na lateral direita, Ezequiel foi chamado para o duelo.

No meio, Hudson se recuperou de contusão que o deixou afastado por cerca de um mês e também retorna a equipe. Ele vai para o jogo ao lado de Nonoca, jovem da base que vem ganhando espaço na Toca II nos últimos tempos.

Embora tenha concluído por poupar seus principais jogadores, o técnico vai mandar um ataque com bastante potencial com atletas que são o chamado “12º jogador”. Na frente, Robinho, recuperado de contusão, Alisson, Rafael Sóbis e Sassá serão as opções.

“Será mais um jogo difícil, inicio do returno. Jogo com característica diferente. Pensamos em fazer um bom jogo, fazer um segundo turno melhor do que o primeiro. Estamos pensando em trabalhar com outras oportunidades. Vamos alternar os jogadores por questões óbvias. A sequência exige isso. Temos um jogo de semifinal na quarta que vem. Os jogadores vêm de um desgaste que temos que cuidar, já que exames diagnosticaram isso”, salientou Mano Menezes.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X CRUZEIRO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 13 de agosto de 2017, domingo
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Pedro Martinelli Christino (ambos do PR)

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Éder Militão; Marcinho, Petros, Hernanes e Marcos Guilherme; Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Leo, Digão e Bryan; Hudson, Nonoca, Robinho e Alisson; Rafael Sobis e Sassá
Técnico: Mano Menezes

Comentários

comentários

33 COMENTÁRIOS

  1. Rodrigo Caio seleção brasileira? É brincadeira.
    Hernades fez três: um de falta, um de escanteio e um de pênalti.
    Marcinho completou três jogos em que perde gol só ele e o goleiro.
    Primeiro tempo: só um chute a gol. O gol.
    Segundo tempo: um time que nunca treinou junto: Pratto, Denilson, Marcinho, Gilberto etc.
    Dorival não tem tempo para treinos; vai levando.
    Diretoria imbecil fez arranjo com RCeni que teve todo o tempo do mundo e fez merda.
    Foram treinar nos Estados Unidos – grande centro futebolístico – falou bastante merda: defesa alta, recomposição, etc, nada funcionou; deixou o São Paulo na segunda divisão.
    Se Dorival perder a paciência e sair, a Diretoria deve contratar Celso Roth – o técnico que já chega desempregado.

  2. Esse beque indígena pelo menos demonstra vontade. Não é muito mas é alguma coisa. Tá melhor que o Condomínio Caio.
    Eu enfiaria Dios Lugano e sua imensa verga grossa e tesa para o resto da temporada. Precisamos de sangue, suor e esperma masculino em campo.

  3. Já era mais uma derrota vergonhosa, esse time não está criando nada e não vai empatar. É questão de tempo para levarmos o terceiro gol.
    Assim como também logo estaremos em penúltimo e vamos Cair, pelo menos tudo está contribuindo pra isso, da raiva e da nojo desse time.

  4. Bora tentar segurar esse resultado que está bom demais, muita atenção na zaga.
    Apesar da vitória parcial, ainda falta algo ao time e sem contar que Buffarini é muito fraco, Militão está sentindo o peso do jogo.
    O Pratto ajuda bastante na defesa, porém a bola chega pouco ao ataque e com isso ele pouco faz lá, Marcos Guilherme e Marcinho precisam jogar mais.
    Hoje tem colocar no segundo tempo além do Jucilei o Gilberto.