Terças Tricolores – Pés No Chão

2
367

A fase do São Paulo, como todos pudemos observar, deu uma leve melhorada. São 3 jogos sem perder, com duas vitórias e um empates, além da possibilidade de, com humildade e raça, conseguirmos mais 2 vitórias (Coxa e Bahia).

Temos, no momento, 19 pontos e estamos muito próximos da zona de rebaixamento. Por respeito a nós mesmos, não falarei nada além disso. Precisamos dos seis pontos para chegarmos aos 25 e virar o turno um pouco mais tranquilos. Não adianta planejar o longo prazo sem saber se o time se acertou de vez ou se foi apenas um lampejo de boas atuações. Estarei no Morumbi, essa semana, buscando ajudar na conquista de mais 3 importantes pontos para fugir do rebaixamento.

Mas, mais do que abordar a tabela, gostaria de propor um diálogo com todos que vêm aqui dar uma lida na coluna. Acho que o Dorival já tem parte de responsabilidade na melhora de rendimento, mas precisa, claro, melhorar o sistema de marcação. Não é possível o time fazer um gol e tomar na sequência. Contra o Atlético Goianiense foi a mesma coisa e, contra o Botafogo, não vou nem falar nada. Inaceitável ter passado por esse sufoco.

De toda forma, minha questão a todos fica por conta do nosso 10, o peruano Cueva. Não sou um “fanboy”do jogador, mas acho que ele é útil ao time. Habilidoso,  inteligente, com bom passe e razoável finalização, ele é um jogador indispensável quando está DISPOSTO a jogar. Claro que, por sua atuação contra o Botafogo, muita coisa vai ser apagada, mas ele não estava nem aí para o jogo até perder o pênalti.

Depois de desperdiçar a cobrança, entretanto, ele mudou 100%. Passou a participar mais, forçar tabelas e, então, o resultado veio. Participação direta e fundamental na reação e uma chuva de elogios merecida. Minha “birra” com o atleta passa por esse comodismo de só querer atuar quando a coisa desanda. Como diria o Pintado, não dá para implorar para o cara jogar no SPFC. Ou ele sabe a grandeza da camisa que veste ou não sabe.

Vejam bem: não quero a saída dele. Quero mais comprometimento, quero mais raça, quero mais sangue e quero que ele faça mais pelo time. Quando ele resolve jogar, o São Paulo passa a ser favorito em qualquer jogo. Contra o Grêmio mesmo, ficou sumido no meio da forte marcação gaúcha, e quando apareceu, deu o gol para o Gilberto que, infelizmente, não conseguiu finalizar (no fim da partida, para quem não lembra do lance).

Talvez uma conversa da comissão com ele resolva o problema. Ele não parece ser jogador com caráter duvidoso ou chinelinho, mas, como citado, precisa se esforçar mais. O talento não é NADA sem esforço, vide o Ganso.

PS: Esse Marcos Guilherme me pareceu um ÓTIMO jogador. Tomara que não seja só a primeira impressão!

É isso!

Força SPFC!

Dúvidas ou reclamações?

@Abroliveira ou [email protected]

Abrahão de Oliveira é jornalista, formado pela Universidade Metodista de São Paulo, dono da @spinfoco, são-paulino e tem o sonho de cobrir um mundial de clubes com o clube do coração. 

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaborado

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. Cueva eh muito bom jogador. O passe que ele deu para o último gol foi perfeito. Dorival eh ótimo técnico e torço para que fique muito tempo conosco. Que Ceni não volte mais o clube, por ser nocivo com sua personalidade centralizadora e falta de humildade.

  2. O Dorival uniu o elenco em prol da recuperação e a torcida mexeu com o brio dos atletas, deu responsabilidade ao elenco com seu apoio agora quem não correr vai ser cobrado pela torcida e pelo elenco, pode ter certeza se o Cueva começar de corpo mole os próprios jogadores vão intimar o cara. Agora vamos ver qual é a do peruano.