Confira a análise dos cinco próximos jogos do São Paulo

0
1055

GazetaEsportiva.net

Atualmente ocupando a 19° posição, detentor de apenas 24 pontos e com o risco do rebaixamento batendo na porta, o São Paulo terá pela frente cinco jogos considerados cruciais na luta contra o descenso. Nessas partidas, o tricolor paulista enfrenta três dos adversários dentro de sua casa, sendo um deles o clássico diante do Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro. Além do rival, existe um confronto direto contra o Vitória (BA) duelos contra equipes que figuram o meio da tabela.

Dorival Júnior terá semanas completas para treinar a equipe no intervalo da maioria das partidas. Apenas entre os jogos contra Atlético-MG e Atlético-PR o tempo será menor, três dias. O grande objetivo do treinador é organizar o sistema defensivo do São Paulo, que tem tomado muitos gols, principalmente depois que fura a defesa do adversário. A concentração nos minutos que sucedem os gols também é motivo dos pontos perdidos. Confira uma análise dos cinco próximos jogos da equipe do Morumbi:

Vitória X São Paulo – 17/09

A próxima partida já reserva um confronto direto entre as duas equipes que estão na zona de rebaixamento. Com dois pontos amais que o tricolor paulista e na 17° posição, o Vitória ocupa a lanterna da competição quando se trata do rendimento como mandante. São apenas nove pontos de 36 disputados e um aproveitamento de 25% jogando em Salvador.

Apesar do mau rendimento do adversário atuando diante do torcedor, jogos longe do Morumbi não são motivo de comemoração para o tricolor. O posto de pior mandante é do São Paulo, com apenas uma vitória fora dos seus domínios. Vindo de um empate com a Ponte Preta em casa, a expectativa da equipe comandada por Dorival Júnior é recuperar os pontos perdidos contra a macaca diante do time baiano.

Mais uma vez, a grande esperança tricolor está nos pés de Hernanes. Autor de sete gols nos últimos sete jogos, o camisa 15 tem sido um dos poucos jogadores que estão demonstrando um futebol de alto nível.  A grande dúvida continua sendo a permanência do peruano Cueva no time. O camisa dez é alvo de muitas cobranças e pode perder a vaga entre os titulares para o jovem Lucas Fernandes. Como desfalque certo está o volante Jucilei, expulso no confronto do último sábado.

São Paulo X Corinthians – 24/09 

Pela 25° rodada, o clássico já é tratado como a grande oportunidade de “virar a chave”. Contra o líder do campeonato, que venceu apenas um jogo no segundo turno, os três pontos são considerados fundamentais não somente pela tabela, mas pelo ânimo que dá ao grupo uma vitória em uma partida tão significante.

Neste ano, o Tricolor ainda não venceu o Corinthians em jogos oficiais. Foram dois empates e duas derrotas, um retrospecto que pesa contra o elenco do São Paulo, principalmente na situação atual. Apesar do returno ruim, o Timão ainda é o melhor visitante do Campeonato Brasileiro e venceu oito dos 11 jogos que disputou longe da Arena de Itaquera.

Mesmo com os números ruins, a postura do São Paulo deve ser a mesma que os adversários do líder tem demonstrado nesta segunda parte da competição. Apostar nos contra-ataques e deixar com que o Corinthians proponha o jogo, algo que tem trazido dificuldades ao elenco de Fábio Carille. O trunfo do tricolor continua sendo o Estádio do Morumbi, onde o torcedor não deixou de apoiar o time e promete lotar a casa para o clássico.

São Paulo X Sport – 1/10

Caso vença o Corinthians na rodada anterior, o duelo contra o Sport pode ser a chance do São Paulo confirmar uma recuperação e chegar a duas vitórias consecutivas. Mesmo não parecendo flertar com a zona do rebaixamento, a diferença atual da equipe pernambucana para o 17° colocado é de apenas três pontos e até a partida contra o tricolor, no Morumbi, a situação pode ser totalmente diferente.

Atualmente, Vanderlei Luxemburgo vive seu momento mais conturbado desde que assumiu o comando do Sport. No elenco com muitos líderes, a questão da convivência parece ser um dos problemas e o treinador já se posicionou publicamente sobre a situação dos atletas que, segundo o comandante, “acham que vão jogar com o nome”.

Até a partida contra o São Paulo, o Leão da Ilha do Retiro terá pela frente dois cariocas, Flamengo e Vasco, respectivamente. A proposta ofensiva de Luxemburgo pode trazer, ao mesmo tempo, um problema e uma solução para o time do Morumbi. O treinador não abre mão do jeito de jogar e foi surpreendido pelo Grêmio, sofrendo uma goleada. O grande problema para o tricolor é a fragilidade defensiva. Caso seja um problema solucionado até o confronto, o São Paulo pode alcançar os três pontos.

Atlético-MG X São Paulo – 11/10

Um dos lugares mais temidos pelos tricolores é a Arena Independência. O estádio foi batizado pelo ex-presidente Juvenal Juvêncio de “arapuca” e as partidas contra o Atlético-MG sempre são muito difíceis. Apesar da mística que envolve o local, o aproveitamento do Galo em casa não é dos melhores neste Brasileiro. O time venceu apenas três jogos de 11 disputados e possui o penúltimo lugar em aproveitamento dentro de seus domínios.

Com mais de um mês para o confronto, muito mudar até lá, inclusive os treinadores. Tanto Dorival Júnior, quanto Rogério Micale já possuem seus trabalhos contestados e a partida pode significar a chance de garantia dos trabalhos para os dois treinadores.

São Paulo X Atlético-PR – 14/10

Depois de um começo muito bom no cargo, o treinador Fabiano Soares acumula três jogos sem vencer sob o comando do Atlético Paranaense. Antes próximo dos primeiros colocados, a realidade atual é diferente e a busca por pontos é essencial no objetivo de se manter na parte de cima da tabela.

No primeiro turno, as equipes se enfrentaram e o Tricolor paulista saiu derrotado por 1 a 0. A esperança está novamente no Morumbi, trunfo do São Paulo para fugir da zona incômoda da tabela. Outro ponto a ser estudado pelo treinador Dorival Júnior é o aproveitamento do Atlético-PR jogando longe de casa. O time tem a quinta posição geral como visitante, uma campanha melhor do que jogando dentro da Arena da Baixada.

O jogo contra o time paranaense é o último do ciclo de cinco partidas que o São Paulo terá pela frente. A expectativa é de vitória em todos os jogos em casa e alguns pontos fora para tentar deixar os quatro últimos colocados e o possível descenso.

Comentários

comentários