Memórias Tricolor #15 – Prado, o goleador

0
128

Na última semana a torcida Tricolor perdeu mais um de seus goleadores, Prado veio a falecer aos 77 anos.

Nascido no interior de São Paulo, na cidade de Catanduva no dia 13 de maio de 1940, Antônio Francisco Bueno do Prado jogou no São Paulo de 1961 a 1967 no período em que o Tricolor construia o Estádio do Morumbi e os recursos para a montagem de fortes elencos eram escasos, assim mesmo jogando ao lado de jogadores de expressão como Bellini, Jurandyr, Di Sordi e Del Vecchio entre outros Prado não foi campeão, sendo sua única conquista pelo São Paulo o Troféu Cidade de Florença quando o Tricolor excurcionou pela Europa de forma invicta em 1964.

Prado iniciou sua carreira no Bragantino e chegou ao São Paulo em setembro de 1961. Ao todo Prado jogou 244 partidas e marcou 121 gols pela equipe o que o mantem ainda hoje como um dos maiores artilheiros do Clube em 12º lugar, com excelente média de 1 gol a cada 2 jogos.

Chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira e jogou no Pacaembu em um amistoso contra a Hungria em 1966, mas cotado para ir a Copa do Mundo não foi convocado, este jogo no Pacaembu foi seu único momento na Seleção Canarinho.

Ao se aposentar virou empresário com uma casa lotérica no bairro de Perdizes, Zona Oeste da Capital Paulista. Desde maio de 2017 tratava de um melanoma, câncer de pele, e veio a falecer na última semana na manhã do dia 31 de agosto.

Mesmo não sendo um herói consagrado por títulos sua história estará sempre ligada ao nosso Tricolor. Prado, que Deus o receba no Céu e o escale na equipe Celestial!

Gustavo Flemming, 39 anos de amor ao SPFC, é empresário no segmento de pesquisa de mercado e consultoria em marketing.

Contato: [email protected]

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

 

Comentários

comentários