Opinião Tricolor – São Paulo x São Paulo

1
382

Salve nação tricolor.

2017 chega nos 3 últimos meses, assim:

São Paulo x São Paulo.

Sim, o maior adversário de mais uma temporada desastrosa tricolor, está dentro do Morumbi, em um belo tapete vermelho.

Também nas salas adjacentes, resplandecendo em piso claro.

Ainda no salão nobre e auditório de reuniões, bimestralmente.

O inimigo maior do São Paulo não é mais alvi-negro, verde. É tricolor.

“Tricolor”, entre aspas, pela blindagem inexplicável, inadmissível, indecente, dos maiores equívocos, sejam propositais ou incapazes, da perpetuação do poder.

Unidos, Resgate, várias nomenclaturas, a mesma desculpa: “Esperar”.

Tais quais os violinos que tremiam cordas acima do oceano, aguardando o fim do Titanic…

Esperar 2017? Já foi trágico em 2016. Terá o mesmo rumo dramático e angustiante em 2018, 2019, 2020.

Vislumbrem apenas o ano que vem: São Paulo único do G4 dos grandes paulistas, fora da Libertadores. A tradução vai além de uma grande competição a não ser disputada. O problema se alastra além da tradição vilipendiada, pois são milhões de reais a menos, deixados de receber em arrecadações, TV, marketing, venda de camisas e artigos oficiais.

Televisão, por sinal, que paga dezenas de milhões a menos ao São Paulo, por ano, do que Flamengo e Corinthians. O Palmeiras buscou o caminho do parceiro externo. O Santos segue com a sua garotada, em planejamento constante de revelações.

No Tricolor, amadorismo, continuidade de um fracassado no futebol no comando, de um deslumbrado diretor que tem muito dinheiro e pouca, pra não dizer nula, capacidade boleira. De uma torcida que tem a massa contra, mas setores formadores de opinião, estranhamente, em silêncio. Quase uma cumplicidade.

Quem brada, quem protesta, quem luta por mudanças, está lá no estádio também, apoiando, vibrando, sofrendo, em cada 90 minutos de jogo. A tática de Goebbels de contar a mesma mentira 1000 vezes, “torce contra”, não engana mais ninguém.

Pois quem torce contra, hoje, é todo aquele que compactua com a pior diretoria da história, à espera de um milagre e de 3 ou 3 reforços de ilusão, a cada temporada.

O mar está gelado… a música não pára.

Saudações Tricolores.

Carlos PortCarlos Port, idealizador do projeto Opinião Tricolor. Dois bacharelados na profissão de administrador, especialização em comunicação, neto e filho de são-paulinos, paulistano, patriota. No Twitter: @carlosport

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

1 COMENTÁRIO

  1. A verdade é nua e crua..
    Os maiores culpados são os Conselheiros que estão empurrando com a barriga
    na convivência e omissão em providências quanto ao modelo de gestão, puramente
    amadora e incompetente.
    Isto é uma vergonha, este apequenamento da Instituição São Paulo FC, destituam-os por incapacidade de gestão e risco.
    Em qualquer empresa já estava na rua há tempos.