Time titular completo do São Paulo trabalhou dois dias para pegar a Ponte

23
1158

GloboEsporte.com

Marcelo Hazan e Marcelo Prado

Convocação de Rodrigo Caio, além de imprevistos com Jucilei e Marcos Guilherme só permitiram trabalhos táticos dos 11 escolhidos a partir de quinta. Mesmo assim, Dorival mostra otimismo.

Três dias de folga, nove de treinos, testes e a definição do time titular. Após o período de atividades sem jogos, o São Paulo definiu a seguinte escalação para pegar a Ponte Preta, neste sábado, às 19h, no Morumbi: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Edimar; Petros; Marcos Guilherme, Jucilei, Hernanes e Lucas Fernandes; Pratto.

Apesar das quase duas semanas de pausa forçada do Campeonato Brasileiro para os jogos das seleções pelas eliminatórias da Copa do Mundo, o técnico Dorival Júnior só pôde treinar os 11 titulares escolhidos juntos em dois treinos: quinta e sexta-feira.

O treinador utilizou diferentes formações durante esse período de testes. Na zaga, por exemplo, Bruno Alves, Lugano e Aderllan foram escalados na vaga do suspenso Arboleda, para formar dupla com Rodrigo Caio.

Desde o início, os favoritos eram Lugano e Bruno Alves, mas o reforço contratado junto ao Figueirense venceu a disputa nos treinos e vai estrear. Aderllan, no entanto, não foi relacionado.

Dorival supervisiona treino dos jogadores do São Paulo (Foto: Marcelo Hazan)

Dorival supervisiona treino dos jogadores do São Paulo (Foto: Marcelo Hazan)

Convocado pela seleção de Tite, Rodrigo Caio só voltou aos treinos na última quarta-feira, dia em que Jucilei não estava 100% apto a treinar com bola. Neste dia, o volante fez um exercício físico.

Jucilei e Marcos Guilherme deixaram a atividade de segunda-feira com dores e só ficaram à disposição na quinta, quando Cueva e Arboleda retornaram das seleções peruana e equatoriana, respectivamente.

Em outras posições, Dorival não teve dúvida desde o início. Na lateral direita, como Bruno está machucado e Buffarini não vive bom momento técnico, ele vai usar Éder Militão. O mesmo aconteceu no meio-campo, onde Dorival aproveitou o período de inatividade para trabalhar com Lucas Fernandes, que ganhou a vaga do contestado Cueva.

O meia está em baixa pela postura e rendimento dentro de campo. Ele se destacou nos jogos contra Bolívia e Equador, pela seleção peruana. Questionado sobre essa diferença de desempenho demonstrado na equipe e na seleção, Dorival disse:

– O Cueva da seleção e do São Paulo têm uma aproximação grande. É natural que o que aconteça na seleção ocorra dentro do clube. É um jogador diferenciado. Confio muito no Cueva. Apenas é uma situação momentânea para readquirir o que tem de melhor. Ele sabe disso. Sei que ele tem esse sentimento sobre o momento que vive e o que já apresentou. Cabe a ele trabalhar para atingir as melhores condições.

 Lucas Fernandes (esq.) vai ganhar a vaga de Cueva no time titular do São Paulo (Foto: Marcelo Hazan)

Lucas Fernandes (esq.) vai ganhar a vaga de Cueva no time titular do São Paulo (Foto: Marcelo Hazan)

Apesar dos imprevistos e das ausências de selecionáveis, Dorival considerou as semanas importantes e viu evolução. A equipe contará com a ajuda da torcida (28 mil ingressos foram comercializados).

– A reação sempre foi de um time guerreiro e vibrante. Não ter resultado não quer dizer que o time não está buscando. Tem de ter paciência. É um time remontado dentro do campeonato. Vamos encontrar o caminho – disse Dorival, descartando falta de comprometimento do grupo.

Vale lembrar que, para deixar a zona de rebaixamento, o São Paulo tem que fazer a sua parte, que é vencer a Ponte Preta, e torcer por uma combinação de resultados. Entre derrota do Coritiba (para o Atlético-PR) e empates de Vitória (com o Fluminense), Chapecoense (com o Cruzeiro) e Avaí (com o Sport), ao menos três desses resultados precisam acontecer.

Veja as informações do São Paulo para a partida contra a Ponte Preta:

Data e horário: sábado, às 19h
Local: Morumbi, em São Paulo
Escalação provável: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Edimar; Petros; Marcos Guilherme, Jucilei, Hernanes e Lucas Fernandes; Lucas Pratto.
Desfalques: Arboleda (suspenso), Bruno (lesão nas costas), Araruna (aprimora a forma física após se recuperar de lesão na coxa esquerda), Morato e Wellington Nem (cirurgias no joelho, só voltam em 2018)
Pendurados: Bruno, Edimar, Hernanes, Júnior Tavares, Lucas Pratto, Lugano, Petros e Renan Ribeiro.
Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ-CBF), auxiliado por Dibert Pedrosa Moisés (RJ-CBF) e Michael Correia (RJ-CBF).
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 18h.

Comentários

comentários

23 COMENTÁRIOS

  1. Penso que o Cueva não pode sair do time.
    Joga mal no SP pq joga errado, escalado na ponta tendo que correr atrás de lateral.

    E o tal do Aderlan, pq não joga? E o tal do Jonathan Gomes?
    Contratações que não serviram pra nada!

    Coitado do Hernandes!!!

  2. Sidão NÃO É GOLEIRO PRA UM TIME GRANDE IGUAL AO SÃO PAULO;
    Éder Militão SEU FUTEBOL APRESENTADO HOJE NÃO COMPROMETEU,
    Bruno Alves FEZ UM GOL SEM QUERER, MAS A DEFESA CONTINUA A MESMA MERDA,
    Rodrigo Caio ESSE JÁ DEVERIA ESTAR FORA DO TIME HÁ TEMPOS, FRACO
    Edimar SOME EM CAMPO;
    Petros FOI TITULAR HOJE???;
    Marcos Guilherme MUITO INCONSTANTE,
    Jucilei O BUNDÃO DO TIME, ENTREGOU O OURO, MERECE IR PRA GELADEIRA,
    Hernanes O ÚNICO QUE JOGA DE VERDADE NESSE TIME DE MERDA;
    Lucas Fernandes O ENGANADOR;
    Lucas Pratto TÁ DEVENDO FUTEBOL HÁ TEMPOS….
    DORIVAL JR. NÃO TEM CONTRÔLE SOBRE O TIME, NÃO CONSEGUE ORGANIZAR, ESTÁ A PASSOS LONGOS PARA A SÉRIE “B”… RUIM COM O ROGÉRIO, PIOR COM O DORIVAL…

  3. Sinceramente nem sei o que dizer, eu estava pessimista mas quando fez 2 a 0.
    Fiquei um pouco esperançoso mas na hora já me veio os jogos anteriores em que há sempre um que faz cagada e complica o jogo.
    Dito e feito, hoje foi o Jucilei, embora eu acho que hoje excesso do arbitro mesmo assim independente disso nada justifica esse time e o resultado.
    Está tudo conspirando para uma inédita série B, começo a duvidar do trabalho do Dorival Jr., nem vou comentar mais nada.
    Meu sentimento é de desgosto, vontade de nem assistir mais nenhum jogo e se for pra série B que se fodam, porque merecem mesmo ir.

    • Corrijindo
      *houve excesso do arbitro.

      O desgosto por esse time é tão grande que nem consigo digitar e pensar direito, não vejo melhora em nada. Tirando o Hernanes, poucos se salvam inclusive o técnico, que não percebe que o time tem que jogar como time modesto e não se lançar a frente.
      VSF essa mídia tendenciosa que disse que o lance da expulsão foi correto.

      • *Corrigindo
        *houve excesso do arbitro.

        O desgosto por esse time é tão grande que nem consigo digitar e pensar direito, não vejo melhora em nada. Tirando o Hernanes, poucos se salvam inclusive o técnico, que não percebe que o time tem que jogar como time modesto e não se lançar a frente.
        VSF essa mídia tendenciosa que disse que o lance da expulsão foi correto.

        DESANIMO TOTAL COM ESSE TIME, DIRETORIA E TREINADOR

  4. Notas desse espetáculo infernal:

    Sidinho: 5,0
    Militinho: 4,0
    RC: 2,15
    Alves: 4,28
    Edisea: 1,49
    Jucilaw: 3,98
    Petros: 3,99
    O Profeta restaurante: coitado!!!
    Fernandes: 3,21
    Guilherme: 1,03
    Pratto: outro coitado!!!
    O indígena Cueva: 8,41
    Buffa: 7,5
    Marcinhozinho: 0,21

    Juiz: um belo de um filho da puta

    Burrival: 3,07

    Presidente Carlos Augusto de Barros e Silva: um belo de um filho da puta ao cubo

  5. Bom, só me resta parabenizar ao presidente Leco, ao Dr. Sanchez, ao Pinocchio e a todos os velhotes pederastas da sauna que tomaram de assalto o “Tricolor mais querido do mundo” há mais de uma década… Parabéns seus filhos de mil bilhões de putas.
    E 20 milhões de são-paulinos quatrocentões e sofisticados sofrem por conta dessa dinastia maldita de safardanas e ordinário.