Além das 4 linhas – Lucas x Marcos Guilherme x Maicosuel

1
356

O time do SPFC vem crescendo com o passar dos jogos graças ao entrosamento que os jogadores que chegaram mais recentemente vão ganhando com o resto do elenco. A campanha no segundo turno, que é bem mais difícil, já é bem melhor do que a campanha do primeiro. Após o jogo contra o Atlético PR ficamos com 57% de aproveitamento, o que nos colocaria na quarta posição caso fosse este o aproveitamento desde o início.

Ainda falta aquele lateral direito titular, o Júnior deslanchar como lateral esquerdo e ainda falta um atacante de lado para ajudar mais o Pratto, tanto levando bola como fazendo os gols. O Dorival vem dando a sequencia que o Lucas precisava e que o Marcos Guilherme precisava, mas eu sinto que faltam coisas aos dois, mas os dois possuem potencial. Será que é na vaga de um dos dois que o Maicosuel vai aparecer no SPFC? Será que é na vaga de um dos dois que o Kaká vai voltar?

Eu confesso que sei pouco da carreira deste jogador forte que fez um belo gol no último sábado. Pode ser que o cara seja o 12° jogador titular e comece a entrar em todo jogo. Eu acho isso fundamental num time. O Dorival está sendo chamado de treinador que não sabe mudar o jogo. Mas como fazer isso sem banco? O SPFC terá muito trabalho para montar um bom elenco para 2018, temos muito jogador mediano para menos. O treinador já nem escala uns que o treinador anterior sempre escalava e eu dou razão, casos de  Bruno, Buffarini, Marcinho, Thomaz, Denílson e mais alguns que não são para o SPFC.

E me digam uma coisa: O que falar daquela “defesa” do Sidão no gol do Atlético-PR? Foi um erro primário quase indesculpável. Aliás, contratar um goleiro meia boca foi uma falha enorme desta gestão. O pior de tudo é que o cara teve a indicação de um ex-goleiro! Isso não deveria ter sido divulgado. Eu não posso acreditar que um cara como o Rogério tenha indicado um goleiro desses para ser o titular do nosso gol. Só se a intenção fosse nos dar ainda mais saudade do nosso goleiro artilheiro.  Que chegue um goleiro para ser titular e que possa prosseguir a nossa tradição de ter goleiro de alto nível.

As fofocas sobre troca de treinador continuam, mas eu credito isso aos que querem tumultuar. Uma análise que leve um mínimo de credibilidade deve ser feita apenas após o campeonato brasileiro, ainda é muito cedo para decidirmos o ano de 2018 neste aspecto. Concordo que nomes como os de Cuca e de Mano Menezes possuem potencial para causar assunto. Eu os reputo como top 5 do Brasil, atrás apenas de Tite, o sonho de todos os clubes do país. Mas eu também coloco o Dorival na lista dos 5 melhores. Nós não temos grandes treinadores no nosso futebol, isso é histórico, nunca tivemos na realidade. Será que mais um estrangeiro poderia vir a treinar o mais querido?  O Reinaldo Rueda, que venceu a última libertadores, está no Flamengo e será um bom exemplo para o final do brasileiro. Como chegará o time dele? O SPFC contratou dois e não se deu muito bem, apesar da semifinal da libertadores com o Paton. O Ozório poderia ter sido bom no longo prazo, afinal, os métodos dele são muito diferentes da maioria que, para começar, muda meio time a cada jogo. Isso não me agrada na verdade.

É meus amigos, o momento é de pensar o próximo ano, antes que todos façam isso e não sobrem jogadores para o tricolor do Morumbi.

Salve o tricolor paulista, o clube da Fé.

carlito150x150

Carlito é advogado, trabalha como representante comercial, frequenta o Morumbi desde 1977 e prefere o time que vence ao time que joga bonito. Escreve nesse espaço todas as quintas-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

1 COMENTÁRIO