Na Segunda Jamais – Pacaembu De Novo

0
378

Com os shows que ocorrerão no Morumbi (U2 e Bruno Mars), as próximas 5 rodadas como mandante (Atlético PR, Flamengo, Santos, Chapecoense e Botafogo), o Tricolor jogará no Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu.

Para alguns torcedores, tirar os jogos do nosso estádio nesse momento tão difícil seria como um tiro no pé, isso muito em conta ao recente retrospecto são paulino no Pacaembu, o jogo contra o The Strongest pela LA 2016 continua vivo na memória do torcedor, mas o estádio faz parte da trajetória vencedora do SPFC, e foi nossa casa durante muitos anos.

Na abertura do então chamado “Estádio Municipal de São Paulo”, o SPFC venceu o Corinthians por 2×0 e se sagrou campeão do Torneio Início Paulista. Nesse mesmo torneio, recebemos a alcunha de “O Mais Querido”, já que durante esse período, Getúlio Vargas era o presidente do Brasil, e proibia a exibição de bandeiras estaduais. O Tricolor entrou em campo ostentando o nome do estado, e as 3 cores da bandeira paulistana, o nosso eterno Vermelho, Branco e Preto. Como forma de crítica a censura exercida pelo governo, o estádio inteiro aplaudiu o SPFC, e no dia seguinte o jornal A Gazeta Esportiva tinha como manchete “O Clube mais querido da cidade”.

O recorde de público do Pacaembu também é do São Paulo, em outra partida contra o time da Zona Leste, na estreia de Leônidas, o eterno Diamante Negro. Mais de 72 mil pessoas acompanharam o empate por 3×3. E por lá o São Paulo dominou o estado na década de 40, foram 5 títulos paulistas.

E quando o “Estádio Municipal de São Paulo” virou “Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho”, a ligação com o SPFC foi confirmada, Paulo Machado foi presidente do São Paulo entre 1955 e 1956.

Ainda que o Morumbi seja nossa casa há muito tempo e praticamente insubstituível, que possamos fazer do Pacaembu nosso caldeirão nessas últimas partidas do Campeonato Brasileiro, e voltemos para casa na última rodada do Brasileirão contra o Bahia já assegurados na série A 2018, e quem sabe…. Buscando algo a mais.

Salvem o Tricolor Paulista.

Eduardo Achar Filho é estudante de medicina pela Santa Casa, são paulino de berço, acompanha o tricolor desde o título do Rio-SP. Qualquer dúvida ou sugestão, envie um email para [email protected]

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários