Herdeiros do 10

0
425
Lucas Fernandes

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Gomez, Maicosuel, Marcinho, Brenner e Denilson: dentro de suas características, todos são candidatos ao lugar de Cueva para o duelo com a Chapecoense que será disputado na noite da próxima quinta-feira (9), no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Porém, quem tem atributos semelhantes ao do peruano e já protagonizaram lances pelo clube com a camisa 10 tricolor vêm de Cotia: Shaylon e Lucas Fernandes.

As duas crias do clube são, entre os candidatos, os meias à disposição de Dorival. Revelados no CFA Laudo Natel, os garotos construíram uma trajetória em Cotia com o místico número tricolor. Neste período, os dois tiveram performances vitoriosas com o número 10 que resultaram nas conquistas da Copa do Brasil Sub-20 (2015 e 2016) e da Libertadores da América Sub-20 (2016).

“Sempre foi um sonho vestir a camisa 10 do São Paulo, e tive a honra de ser campeão com ela nas categorias de base. Quero realizar tudo isso no time principal também e trazer alegria para os torcedores. Tenho trabalhado firme e com seriedade para aproveitar a oportunidade caso seja escalado pelo Dorival”, afirmou Lucas Fernandes, que teve a opinião compartilhada pelo amigo e concorrente Shaylon.

“Assim como os meus companheiros, tenho trabalhado para agarrar esta chance. Independentemente de quem for o escolhido, tenho certeza de que dará conta do recado. É uma grande tarefa substituir o Cueva, que é o nosso camisa 10, mas estamos preparados para tentar ajudar”, acrescentou o jovem armador são-paulino.

“Creio que a função de um camisa 10 é dar movimentação ao time, com dinâmica e bons passes, além de finalizar de fora da área. E sempre procurei fazer isso, desde a base”, avaliou Lucas Fernandes.

Após a vitória sobre o Atlético-GO (1 x 0) no último sábado (4), Cueva seguiu para a Seleção Peruana em busca do sonho de disputar a Copa do Mundo de 2018. As partidas com a Nova Zelândia, na repescagem, estão marcadas para os dias 11 (na Oceania) e 15 (na América do Sul). Enquanto estiver sob o comando do técnico Ricardo Gareca, o meia desfalcará o Tricolor nos duelos com Chapecoense, Vasco (dia 12, no Rio de Janeiro) e Grêmio (dia 15, em Porto Alegre).

“São boas oportunidades para fazer bons jogos e ajudar o time. Queremos aproveitar esta sequência para mostrar o nosso futebol”, destacou Lucas Fernandes. “O time está em uma boa sequência, e queremos manter isso para ir atrás de objetivos maiores. O importante é dar sequência ao trabalho para distanciar a equipe dos últimos lugares”, emendou Shaylon, que começou a carreira justamente na Chapecoense, de 2013 a 2015, antes de chegar ao Tricolor.

Dos 13 jogos que fez na temporada, Shaylon foi titular em apenas dois. A última vez em que começou jogando foi no dia 29 de março, na vitória por 1 a 0 sobre o São Bernardo, pelo Campeonato Paulista. Já Lucas Fernandes integra o elenco principal desde a temporada passada e disputou 19 partidas em 2017, sendo titular em sete – a última foi diante do Fluminense (3 x 1) no dia 18 de outubro, no Rio de Janeiro, pela competição nacional.

Comentários

comentários