LG em Foco – O pior time de todos os tempos

40
2808

Bem amigos, após a nossa terceira vitória consecutiva, o momento é de acalmar os
ânimos. Entretanto, uma sequência como essa deveria ser tratada de uma forma bem natural, mas como o nosso ano vem sendo bastante difícil, essa marca passou a ser objeto de admiração para nós torcedores e também pela imprensa gambá.

O problema é que o São Paulo deu motivos suficientes para tanta chacota, então ficam
as seguintes perguntas: até onde esse time pode chegar? Será que vai parar por aí? Vai
conseguir uma vaga na libertadores? Vai iludir a torcida mais uma vez, ficando de fora por
diferença de um ponto ou por algum critério de desempate? Não tem como saber, afinal de
contas para esse elenco tudo é possível.

Quando analisamos o fraquíssimo elenco 2017, nos perguntamos como foi possível
selecionar tantos jogadores medianos de uma única vez. Mesmo contratando alguns jogadores aproveitáveis, e uns três de nível mais elevado, ainda assim é assustadora a forma como esse elenco foi montado para vestir a nossa camisa.

Mas isso não é algo que aconteceu apenas esse ano. Em toda a nossa história podemos apontar várias figuras exóticas que pousaram por aqui, isso porque nem só de craques está composta a existência tricolor, e é sobre isso que falaremos na nossa coluna.

Começaremos pelo PRESIDENTE: É quase impossível dizer qual dos três foi o pior, o
Juvenal, o Aidar, ou o Leco. Acredito que apesar de toda desgraça, o Juvenal ainda ganhou
alguns títulos, então o duro páreo ficará entre Aidar e Leco

GOLEIROS: de 90 pra cá tivemos poucos goleiros defendendo a nossa meta, se o Zetti foi um marco positivo, temos dois que marcaram história como péssimos, são eles o Denis e o Alencar (pensaram que ia citar o ídolo de vocês não é?). E sinceramente, não lembro de nenhuma defesa, nem a mais simples de todas feita pelo Alencar. Para se ter uma ideia, até o zagueiro Maicon fez algumas. Mas ainda assim os comentaristas o chamavam de goleirão, talvez por causa da altura, vai saber.

ZAGUEIROS: agora a lista é grande, dos que eu lembro temos o Paulo Miranda, Jean, Paulão Desmaio, Rogério Pinheiro, Emerson, Lucão, Edson Silva, Iago Maidana e Saveedra(esse nem em campo entrou).

LATERAL ESQUERDO: minha dúvida fica entre Reinaldo Tiririca, Clemente Rodríguez e o Ricky (que não é o Martim).

LATERAL DIREITO: Luís Paulo sem dúvida é o campeão, o cara chegou, treinou, não agradou e foi embora(kkkkk).

VOLANTES: a briga aqui é feia, lembro do Mona, Ramalho, Paulo Assunção, Axel e Alexandre.

MEIAS: tivemos vários meias. Mas acredito que esses foram os que mais chamaram a atenção, o Marquinhos(ex-Avai), Adriano (pernas curtas), Hugo, Rivaldo e Souza( ex-gambá). E o maior MICO da história, o cara que chegou de helicóptero, o grande e poderoso Sierra.

 

 

ATACANTES(kkkkk): Se vocês reclamam que o Pratto quase não faz gols, é porque não
recordam dessas figuras. Por acaso alguém lembra do Venezuelano Rondón? Um atacante que no máximo conseguiu colocar uma bola na trave. Temos ainda o Matosas, Amarildo, Sandro Hiroshi, Almir, R

 

enato Gaúcho (foi apresentado e não ficou, kkkkk) e o Denis Marques, esse último foi contratado, mas se apresentou de chinelos e por causa disso ganhou os famosos três sapatos. Ainda temos o atacante fujão das decisões, o cara que sempre estava suspenso, machucado ou era expulso. Preciso falar quem é? (Ploc).

TREINADOR: agora a coisa ficou séria de verdade, vamos ver se lembro de todos, Baresi,
Doriva, Ricardo Gomes, Vadão, Adilson Batista, Nelsinho Batista, Osvaldo de Oliveira, Milton Cruz, Bauza, Pintado, Osório, e “ELE” o cara cujo o nome não pode ser dito. Aliás temos outro, mas apesar de eu não gostar dele (O Consultor), tenho que admitir que os 3 títulos brasileiros o afastam dessa briga.

UNIFORME: na minha lista está esse preto atual, um azul semelhante ao nosso primeiro
uniforme, o amarelo e aquele vermelho horrível que não se consegue nem enxergar o símbolo.

Sendo assim, após analisar tantas tranqueiras, confesso que com muita dificuldade, eu escalo a seguinte seleção Tricolor:

GOLEIRO: Alencar
LATERAIS: Luís Paulo e Clemente Rodríguez
ZAGUEIROS: Saveedra e Lucão
MEIO CAMPISTAS: Ramalho, Paulo Assunção, Mona e Sierra
ATACANTES: Rondón e Renato Gaúcho
TREINADOR: Me perdoem seus fãs, mas “ELE”(esse mesmo que você está pensando) é o pior disparado.
PRESIDENTE: Leco
CAMISA: a vermelha desfocada que simbolizava a raça.

Isso foi o pior que eu consegui escalar, quem discordar por gentileza monte o seu pior
time, e no final veremos quais foram os jogadores mais citados.

Uma grande semana a todos.

OBS: por motivos óbvios, a camisa mais bonita de todas foi a que tinha o patrocinador LG(rsss).

 

 

Devolvam ao Gigante o seu status de gigante.Luis Gustavo, mais conhecido como LG, é são-paulino desde 1990 e frequentador da SPNet desde 2001
E-mail: [email protected]

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

40 COMENTÁRIOS

  1. LG (que não sou eu) e também não sou o seu Advogado eu acho que quem não quer ler as suas matérias que ignore, mas avisa para o Inteligente professor que diz que vc tem que estudar a língua Portuguesa, que estrapolar se escreve com “x” Extrapolar.

  2. Parabens LG pela postagem e por fazer o site voltar a ser o que era antes com a participação maciça dos torcedores. A gente se encontrava no Botequim, Bola cheia e bola murcha e nos jogos para trocar ideias, elogiar os competentes e criticar as “tranqueiras”. Abc. e boa sorte.

  3. Pênis;
    Éder Sciola, Marião, lucão (“número 4”) e Peixoto;
    Dema, Neca e Burundi;
    Negueba, Mickey (reserva imediato: Rondon) e Mug

    Perna de pau mais irritante da história: Zé Bundinha, o impostor de Cotia

    Professor: Ney Franco (detesto esse homem, detesto, detesto, detesto – e com toda razão Rei Ceni tb detesta); menção para Sérgio Baresi – um verdadeiro cretino

    Presidente: Esse velho canalha e efeminado do Leco é inalcançável (Paulo Amaral – que Rei Ceni tb detesta, novamente com toda razão – leva o segundo lugar e aquele bruto e vulgar do Bostas Neto fica com o terceiro)

    Camisa: concordo com o Colunista; destaque tb para aquele ridículo 3º uniforme todo vinho com faixa vertical no centro da camisa, parecendo um pijama

    Pior promessa de todos os tempos: Toni Turbina, o artilheiro do demo – quem viu não esquecerá jamais

    Pior ex-jogador de todos os tempos: Denílson (aquele), um sacripanta ordinário e trapaceiro

    Pior momento de toda a História e Glória do SPFC: Leco e seus garotos na hora do banho turco

  4. João Batista Amaral Natal

    Concordo em gênero, número e grau

    Zetti foi o maior de todos.

    Nenhum GOLEIRO saia tão bem do gol como ele, o cara simplesmente ia buscar a bola na cabeça do atacante, quase não dava rebote.

    Hoje em dia os goleiros saem do gol feito loucos socando pra longe de qualquer jeito e quando tentam encaixar a bola, terminam fazendo feito o Sidão.

    Nunca mais vi uma “ponte”

  5. Essa lista nem de longe são dos piores, apenas dos que o colunista não gosta.

    Como já disseram, vários jogadores que foram escolhidos por critérios estapafúrdios, como Renato Gaúcho, Rivaldo e Iago Maidana, outros bons/muito bons como Almir, Axel, Adriano, Sandro Hiroshi, Hugo, Alexandre e Richarlison.

    Feitas as restrições, segue minha lista, no 4-3-3

    Anselmo (tão ruim que ninguém se lembra, só citam o Alencar)

    Édson Ratinho
    Lucão
    Wilson Gottardo
    Douglas (não podia ficar de fora, vai improvisado pra piorar um pouco mais)

    Fernando (irmão do CA)
    Cañete
    Sierra

    Dill
    Rondón
    Jean Carlos

    Entre os mais recentes, menções honrosas para Piris, Bruno, Neílton e Kieza.

  6. Você precisa urgentemente resolver seu problema pessoal com o RC, acho que vc queria sair com ele e ele não quis coisa do tipo esse ódio não é normal.

    Você se quer analisa de forma imparcial qualquer comentário que vai fazer….o pior técnico? Ele estava aprendendo (não entro aqui no mérito se era hora ou não) o time sendo vendido e só trazendo jogadores meia boca.

    O Dorival sem gols e assistências do Hernanes estaria com o São Paulo em penúltimo lugar…. Mas para você ele é bom acima de muitos outros já que não foi citado, mas é um técnico experiente que sem a presença do Hernanes estaria rebaixado. Então parceiro para de picuinha e seja imparcial quando for escrever…tem horas que você defeca com os dedos.

    • Quem foi vendido?

      David Neres?

      Luis Araújo reserva?

      Maicon que todos estavam descendo a lenha?

      O time desclassificado no paulistão estava desfalcado? Quem trouxe o Marcinho?

      Adimirar alguém é normal, mas o colocar acima do bem ou do mal aí sim é doença

  7. Concordo com você sempre em gênero número e grau.
    Elejo Axel o pior de todos – lembrem-se do gol do Cruzeiro quando ele atrasou a bola do meio do campo, aos 50 do segundo tempo, após Cuca ter, sem nenhuma necessidade, colocado-o em campo aos 49 minutos.
    Elejo Aidar o pior presidente, ele e sua namorada, que incluíram o São Paulo na Lava Jato.
    Elejo Ney Franco – que não comandava os treinos – o pior técnico, juntamente com Bauza que considerou Rogério ( atacante, hoje no Sport) como reserva de Ganso. Que visão!
    E divirjo sobre Iago Maidana. Nunca o vi jogar – dizem que no Paraná ele vai bem – e AINDA pertence ao São Paulo.

  8. E os que saíram “queimados” pela corneta? Exemplo: Casemiro…
    Qual o critério para carimbar que o cara é ruim?
    O time campeão de 1977 tinha jogadores esforçados, mas que deram liga. Antenor, Viana, Peres, não eram craques, mas ganharam no peito (e graças ao querido Don Waldir Peres).
    Um abraço de quem já vibrou (ao vivo) com um ataque formado por Terto, Ratinho e Piau.

  9. Alexandre Velame

    Sim, a intenção foi mostrar os piores que eu vi jogar e logicamente os que eu lembro, que muitos outros jogaram por aqui antes mesmo de eu conhecer o São Paulo.

    Quanto ao Rivaldo, me refiro ao que jogou aqui e não o do Barcelona.

    O pessoal começou a clarear minha memória.
    Eliel, Reginaldo cachorrão kkkkk

  10. Concordo com a maioria dos citados. Poderia apenas ter dito que se trata do período que você tem de memória, pois houveram jogadores ruins também em 30, 40, 50, 60, 70, 80.

    Pegando o período que você colocou vou fazer minha pior escalação (veja que concordo com vários de seus citados):

    Alencar; Luiz Paulo “ET”, Pedro Luiz, Savreeda e Guilherme (ex-paraná); Alexandre, Ramalho, Cassiano e Rogério Belen; Rondón e Denílson (elenco atual).

    Pior técnico que vi no São Paulo: Mário Sérgio Pontes de Paiva, pelo trabalho realizado.
    Pior presidente que vi no São Paulo: Bastos Neto e Paulo Amaral – é uma disputa pesada, mas como não fico em cima do muro, achei o primeiro pior.

    OBS: Obviamente estou falando do período que você citou, e tem memória.

    – O Renato Gaúcho só exibiu a camisa do São Paulo, mas nunca foi jogador do clube… foi igual Ronaldinho quando disse que iria voltar ao Grêmio, mas foi pro Flamengo… ambos, porém, tratam-se de grandes jogadores.

    – O Sandro Hiroshi era um atacante veloz e com alguma habilidade, passa longe de ter sido um dos piores do clube…

    – O Amarildo fez dois gols em La Bombonera, quando nenhum time brasileiro ganhava do Boca lá.. só por isso tem meu respeito.

    – Marquinhos, Adriano, Richarlyson, Reinaldo, Axel e Hugo são bons jogadores e úteis. Rivaldo, Souza são jogadores diferenciados. Aquele chegou com certa idade ao São Paulo, mas ainda assim deu um toque de qualidade ao meio e não era titular absoluto, sendo útil. Souza foi bem, campeão de títulos 98 e 2000 do Paulista. Sierra era um bom jogador no Union Española, fez um golaço no 4-3 contra o São Paulo, só não deu certo aqui. Matosas era meia, não atacante.

    – Tópico especial para o Iago Maidana. O cara é um dos principais destaques do Paraná Clube hoje, foi comprado pra jogar no nosso time Sub20, mas já trouxeram direto pro profissional. Ele tá começando a carreira dele agora, arrebentou aqui no Criciúma… é totalmente injusto ele estar nessa lista e desonesto.

    • Escalei o Renato gaúcho pela palhaçada de se apresentar e depois voltar atrás, sei que não jogou por aqui

      O Maidana por tudo que estava envolvido na negociação, é uma crítica. Pode estar comendo a bola no Paraná, mas aqui só serviu para quase gerar uma punição da FIFA

      Rivaldo só causou problema no vestiário por ser reserva e não por ser velho, pode ter sido o melhor do mundo, mas aqui era uma simples reserva insatisfeito

      Souza ex-gambá e não o Souza que humilhava o Vampeta, dormia em campo

      Hugo era vaiado em quase todos os jogos

      Sierra só ficou no departamento médico, quase não atuou.

      Sandro Hiroshi nos custou vários pontos pela acusação de ser gato. Pergunta ao Levir Culpi o que ele acha do Hiroshi, a máquina de perder gols.

      Ricky de volante até ia, mas de zagueiro e lateral é brincadeira, mas ainda foi convocado para a seleção (kkkkk)

      Não importa se jogaram bem em outras equipes, o tema aqui são os que atuaram no São Paulo.

      No mais, é seu ponto de vista

      • Só falei como colaboração mesmo…

        O Souza eu sei do qual você está falando, discordo, como eu disse… tinha habilidade e foi campeão paulista duas vezes.

        O Sandro Hiroshi meteu três na goleada de 6 a 1 contra o Botafogo, nesse dia aí que foi punido… fez uma jogadaça no clássico contra o Palmeiras que deixou Raí livre pra fazer gol de letra… vários jogos bons. Nunca deveria estar entre os piores.

        Teve um jogo que Hugo fez um gol de peixinho contra o Sport na Ilha do Retiro, que foi decisivo para o São Paulo. Era um reserva de luxo, jogava muito bem… tanto é que colocou Kaká no banco na divisão de base. Na época, o time da base tinha como meias Harison e Hugo.

        Rivaldo só cometeu ato de indisciplina em um jogo: Na Copa do Brasil, na derrota de 3 a 1 contra o Coxa; que o Carpegiani preferiu colocar Marlos em campo, em detrimento dele. No mais sempre respeitou as decisões do treinador.
        Eu estava no estádio nesse jogo e concordo com Rivaldo, a experiência dele naquela decisão seria mais bem vinda.

        O Iago Maidana AINDA É JOGADOR DO SÃO PAULO, só pra te avisar… nem começou a trajetória dele aqui ainda, porque é muito novo. Heheh