Arboleda e a primeira temporada tricolor: “Minha vida mudou”

1
1810
PINT6982.JPG

Por Paulo Pinto / saopaulofc.net

A temporada de 2017 foi um marco na carreira de Arboleda, que chegou ao Tricolor durante o ano e rapidamente conquistou o seu espaço. As seguras atuações pelo São Paulo, aliás, renderam ao zagueiro a titularidade na Seleção Equatoriana.

Defender o time são-paulino trouxe ao camisa 4 a primeira experiência fora de seu país na carreira. “Foi uma temporada muito importante na minha carreira. Trabalhei forte para chegar ao São Paulo, e felizmente as coisas saíram da melhor maneira individualmente. Quero seguir com este embalo, em 2018, para ajudar os meus companheiros na briga por títulos”, disse o jogador, que completou.

“Não quero diminuir o ritmo. Minha meta é continuar com este potencial para vencer aqui”, afirmou. Arboleda iniciou a carreira nas categorias de base do Olmedo-EQU. De lá, passou pelo Municipal de Cañar e Grecia antes de estrear na primeira divisão do Campeonato Equatoriano: em 2013, pela LDU de Loja.

As boas exibições pelo clube, onde disputou 64 jogos, chamaram a atenção da Universidad Católica que acertou a sua contratação em 2015. Após dois anos em seu ex-clube, o zagueiro acertou a sua transferência para o futebol brasileiro e chegou ao Tricolor.

“Muitas coisas aconteceram e me marcaram, em 2017. A minha vida mudou bastante. Jogava no Equador, e agora estou em um dos maiores clubes do mundo. Estou contente aqui e quero ficar muitos anos no São Paulo”, revelou o equatoriano, que está cada vez mais adaptado ao Brasil.

“Já me sinto brasileiro (risos). Estou acostumado, sei o que é o Brasil e espero que as coisas sigam bem. Tenho muitos objetivos em mente pelo São Paulo e quero triunfar pelo clube. Em 2018, vamos retribuir todo o carinho que recebemos dos torcedores”, finalizou.

Comentários

comentários

1 COMENTÁRIO