LG em Foco – A época das fantasias

3
811

Bem amigos, hoje falaremos do período que considero o mais chato do ano. A época das fantasias, ou se preferirem, as especulações.

Resultado de imagem para gustavo scarpaQual seria então a razão para que esse período se torne tão chato assim? A resposta é bem simples, acontece que na grande maioria das vezes nós sonhamos com um Daniel Alves e acordamos com um Doug Mito. Um exemplo disso é o caso do Scarpa, hoje se encontra por exemplo, mais próximo de jogar nas Pepas do que aqui, e já circula o boato que estamos atrás do Diego Souza para compensar o chapéu que tomaremos no caso do meia do Fluminense, ou seja, sempre que mostramos interesse por algum bom jogador, ele acaba indo parar em algum rival. É só lembrar do Dudu, Everton Ribeiro…

Outra especulação que surgiu, seria o empréstimo do Victor Ferraz em troca do Tavares. Mas essa negociação só pode acontecer se a mãe do Tavares o deixar  jogar nas Sereias. Mas depois do que ela falou a respeito da galinhada na negociação que envolvia o Luca, vai ser difícil negociar com algum rival, e como o exterior não demonstra nenhum interesse pelo cara, vamos ter que engolir a sua presença em mais uma temporada. Fico imaginando a disputa entre Edimar, Tavares e Kingnaldo, principalmente os dois últimos, qualquer falha que venham a  cometer, a torcida não os perdoará. A avenida lateral esquerda triolor aguarda a todos para um passeio, aqui é garantido que não haverá trânsito.

Quanto ao Hudson, os Smurfs querem Hudson, o São Paulo quer vender o Hudson, o São Paulo quer Alisson, mas os Smurfs não querem ceder o Alisson, e ainda por cima, na surdina tentaram levar o Pratto, típico caso de aliciamento que é proibido pela FIFA. Isso mostra que ninguém nos respeita, e mesmo assim, facilitamos as coisas nas negociações com os rivais. Nesse caso específico deveríamos exigir o valor em dinheiro estipulado pelo Hudson, caso queiram exercer seu direito de compra, e depois denunciar esses escrotos a FIFA pelo aliciamento no caso do Pratto, fato que com certeza eles fariam se o contrário ocorresse.

No final de tudo, teremos que ter paciência e  esperar pacientemente que todos os rivais se reforcem primeiro, assim quando todos estiverem escolhido as mercadorias de primeira linha, poderemos analisar o que sobrou no mercado e sem nenhuma concorrência, poder contratar algum jogador aqui ou ali, a contratação do Pratto foi exatamente assim, o cara não tinha mais espaço no Atlético e os rivais estavam devidamente abastecidos no setor. Agora por favor diretoria, esqueçam o departamento médico dos adversários afim de se evitar outro Maicossuel.

Quando falam de  especulações, sempre aparece alguém para dizer que nossa base é forte, que bastam alguns poucos reforços para que fiquemos completos. Eu particularmente não consigo enxergar essa força tão falada, na minha opinião, temos  hoje três goleiros medianos (já contando com o Jean Neuer Buffon), Um zagueiro apenas bom (o Arboleda), outro zagueiro que já passou do ponto de ser vendido (Rodrigo caio), nenhum lateral, dois volantes razoáveis, um meia com a cabeça no Peru (sem duplo sentido), o cara do time (Hernanes), um atacante bom pelos lados (M.Guilherme), e um centroavante numa Inhaca desgraçada ( o Pratto). A única coisa forte de verdade vem sendo a paciência da torcida tricolor.

Resultado de imagem para raiRaí, o maior ídolo do São Paulo de todos os tempos, assumiu o departamento de futebol como todos já sabem, ele vem com empolgação e experiência para demonstrar seu potencial, alega que tem carta branca para desenvolver seu trabalho, mas como sabemos, a única coisa branca nessa carta é a cor do papel, visto que no seu interior devem existir vários asteriscos. Tenho minhas dúvidas se o Leco vai deixar ele aparecer e ganhar os méritos de uma reviravolta.

Que comece logo o paulistinha para conhecermos a nossa realidade. Saber quais sobras contrataremos, e se vamos entrar como atores principais ou meros figurantes no ano de 2018.

Obs: Com a indicação do Raí como diretor de futebol, cresce a especulação para que o Lugano também se torne dirigente e também fique a frente do time. Sendo assim fica a sugestão para que ele assuma a vaga de motorista do ônibus da delegação tricolor, assim ele vai poder estar dirigindo e também ficará sempre a frente do time. Vai estudar Lugano.

Devolvam ao Gigante o seu status de gigante.

Luis Gustavo, mais conhecido como LG, é são-paulino desde 1990 e frequentador da SPNet desde 2001

E-mail: [email protected]

 

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários

comentários

3 COMENTÁRIOS

  1. Como sempre gostei da coluna; parece que Diego Souza vem aí. O Sport ainda não pagou pelo Rogério, o atacante que o argentino mandou embora – disse que era para ser reserva de Ganso.
    Melhor que Scarpa para quem o Flu está fazendo doce.
    E se o Santos liberar Vitor, dá Bruno, Bufarini e Nen de brinde de Natal

  2. Robson Barreto.

    O São Paulo só é conhecido no Mundo graças ao Raí e CIA que desbravaram a América e depois o Mundo, todo o resto veio depois disso, isso é fato inegável.

    Quanto a falhas decisivas, do Raí eu me lembro dos dois pênaltis contra as galinhas, tente me lembrar outras.

    Ao perceber que não conseguia mais jogar em alto nível se aposentou. Assim não prejudicou sua imagem e nem o São Paulo.

    Agora se eu começar a mostrar as falhas do outro… Só nos dois últimos anos de sua carreira eu poderia escrever umas três colunas. Olhe que nem estou falando da final da libertadores, tampouco no amistoso Brasil X Barcelona