São Paulo lança curta em homenagem à torcida: “Moda é lotar o Morumbi”

1
617

UOL

Nesta quinta-feira (7), o São Paulo lançou um curta-metragem para agradecer à torcida pelo apoio dado durante o Campeonato Brasileiro deste ano. Jogadores e dirigentes do clube falaram sobre a importância do apoio para que a equipe se afastasse da briga contra o rebaixamento.

Durante o vídeo de quase 20 minutos, chamado “O São Paulo é dos são-paulinos – Moda é lotar o Morumbi”, o zagueiro Diego Lugano admite que o ano foi ruim e que o São Paulo sofre mais pressão por estar sem títulos desde 2012, quando conquistou a Copa Sul-Americana.

“Obviamente, o ano foi ruim. Ainda mais pela pressão que nós vivemos, de alguns anos sem título. Um clube que estava acostumado a ganhar. Quando passa por um período sem títulos, a pressão aumenta”, disse o uruguaio.

Além do apoio durante as partidas, os atletas destacaram a caravana da torcida antes do clássico contra o Santos, com direito a escolta do CT da Barra Funda ao Pacaembu. Segundo Rodrigo Caio, a postura da torcida neste momento de dificuldade foi o diferencial em relação ao que aconteceu em outros clubes na mesma situação.

“Se a gente for recordar todos os momentos dos clubes brasileiros que no momento de dificuldade a torcida muitas vezes deixou na mão o time, no São Paulo foi diferente”, afirmou o defensor, que disse nunca ter visto algo parecido em todo o seu tempo de clube.

“A gente viu que estava abraçado mesmo pela torcida de uma forma que em nenhum momento, te juro mesmo… Eu que estou aqui há 12 anos no São Paulo, no profissional há seis anos, não imaginava. Não imaginava mesmo”, contou Rodrigo.

Dorival Júnior, técnico da equipe, reforçou o coro ao elogiar a postura da torcida. “Torcedor são-paulino teve paciência, teve respeito acima de tudo. Agiu como aquilo que seria parte fundamental na vida de um clube de futebol”, exaltou.

Para Petros, a torcida do São Paulo contrariou a fama que tem ao encher estádios em meio à má fase. “Eu escutei muitas vezes, por ter jogado no rival, de que a torcida do São Paulo era uma torcida de Libertadores, de finais. Graças a Deus, desde a minha chegada só estádio lotado, muito apoio, jogos fora de casa como se fossem em casa”, ressaltou.

“Eu destaco o apoio do torcedor não só nos jogos, mas todos os dias. Na padaria, no restaurante, no supermercado. Em nenhum momento, pelo menos comigo, o torcedor me disse algo negativo”, disse o volante, que foi contratado em definitivo em 2017.

Hernanes, no tom profético que habitualmente usa, tratou os torcedores como “gladiadores”. Presidente do clube, Leco também elogiou a postura da torcida durante o Campeonato Brasileiro, mas sua participação no mini documentário gerou críticas nos comentários do YouTube.

“A torcida do São Paulo esse ano, mais do que dar um exemplo de amor profundo pelo clube, ela fez com que todos nós – todos nós, desde mim até os nossos jogadores e o mais humilde dos nossos funcionários – nos sentíssemos envolvidos por uma onda positiva de recuperação, que foi o trabalho que nós vínhamos e estamos desenvolvendo e vamos continuar fazendo”, disse o dirigente.

“O São Paulo vive mais forte em mim do que eu mesmo. Certamente não é um sentimento só meu. O torcedor do São Paulo é a razão de ser do São Paulo. É fundamental: o São Paulo não existiria sem ele”, completou Leco.

Neste ano, o São Paulo recebeu 1.009.059 torcedores em jogos como mandante no Morumbi e no Pacaembu, número recorde da história do clube. A marca anterior era de 2006, ano em que o time foi finalista da Libertadores e campeão brasileiro, chegando a 1.001.982.

Comentários

comentários

1 COMENTÁRIO

  1. Eu pergunto de que adianta lotar o Morumbi tendo uma diretoria de velhos inúteis e idiotas que não lutam pela hegemonia que sempre prevaleceu no Tricolor, hoje nos lutamos para não cair estamos disputando um campeonato com o Sport, Coritiba, Atletico Go, já fomos grandes hoje somos mediocres estamos abaixo do Chapecoense que perdeu um time inteiro na tragédia, eles estão na libertadores junto como os grandes de São Paulo e o nosso glorioso Tricolor está disputando um Sul Americana. Onde estão os Conselheiros vamos derrubar esse bando de incompetentes que dominaram o São Paulo, até onde nós vamos chegar. Contratam profissionais sem nenhuma competência Rai e Velhugano, para simplesmente alegrar e ficar de bem com os torcedores idiotas que não querem vitórias, só querem festas.