Fluminense diz que “irá até as últimas consequências” em caso Gustavo Scarpa

2
1419

GloboEsporte.com

Clube emitiu nota oficial nesta sexta-feira dizendo que recorrerá de decisão da Justiça que concedeu a rescisão de contrato do meia

O Fluminense se pronunciou na noite sexta-feira, um dia depois de Gustavo Scarpa ter conseguido a rescisão com o clube através de um mandado de segurança em segunda instância, no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro. Através de uma nota oficial, o Tricolor anunciou que recorrerá da decisão e irá “até as últimas consequências para fazer valer seus direitos”.

Confira a nota na íntegra: “O Fluminense Football Club informa que irá recorrer da decisão liminar obtida pelo atleta Gustavo Scarpa para se desligar unilateralmente. O clube irá até as últimas consequências para fazer valer seus direitos”

Nesta sexta, Scarpa teve a rescisão com o Flu publicada no BID, o boletim informativo da CBF. Até que haja outra decisão judicial, o meia de 24 anos está livre para assinar com outro clube.

Scarpa enfrenta briga judicial com Fluminense (Foto: RUDY TRINDADE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

Scarpa enfrenta briga judicial com Fluminense (Foto: RUDY TRINDADE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

Caso Scarpa

Insatisfeito com pagamentos atrasados e com a reclamação da torcida, o meia quis deixar o clube ao fim da temporada passada. Como as negociações com São Paulo, Palmeiras e Corinthians não tiveram sucesso, o jogador buscou a via judicial no dia 22 de dezembro, alegando a falta de pagamento de quatro meses de direitos de imagem e seis de FGTS.

Scarpa não se reapresentou ao clube no dia 3 de janeiro. Sem saber da ação naquela época e temendo a judicialização do caso, o Tricolor pagou alguns débitos com o meia. Nesta quarta, a juíza Dalva Macedo negou o pedido de rescisão antecipada do jogador. Um dia depois, porém, o atleta entrou com um mandado de segurança e conseguiu a liberação.

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS