Scarpa entra com mandado de segurança e consegue liberação do Fluminense

0
1655

GloboEsporte.com

Luiz Victor e Hector Werlang

Vitória do meia nos tribunais vem um dia depois de jogador ter pedido de rescisão imediata negado

Gustavo Scarpa conseguiu sua liberação do Fluminense. Um dia após ter um pedido de rescisão imediata negado, o jogador entrou com um mandado de segurança nesta quinta e teve a solicitação aceita por um desembargador. A informação foi dada em primeira mão pelo site Netflu e confirmada pelo GloboEsporte.com com o Tricolor. O clube ainda pode recorrer.

Gustavo Scarpa  (Foto: Bruno Cassucci/GloboEsporte.com )

Gustavo Scarpa (Foto: Bruno Cassucci/GloboEsporte.com )

O Fluminense já esperava que o meia pudesse adotar a medida para tentar derrubar a decisão da juíza Dalva Macedo, da 70ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, mas acreditava que o jogador pudesse ter novamente o pedido recusado. A advogada do atleta, Larissa Coropreso Herrera, entrou com o mandado nesta quinta.

O Tricolor aguardava esta definição para poder avançar com as negociações com o São Paulo. Caso Scarpa fosse novamente derrotado, o clube das Laranjeiras tinha a esperança de que o jogador retirasse a ação e houvesse um acordo amigável para a transferência para o time do Morumbi.

Meia conseguiu se desvincular do Flu na Justiça (Foto: RUDY TRINDADE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

Meia conseguiu se desvincular do Flu na Justiça (Foto: RUDY TRINDADE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

O meia entrou na Justiça pedido o rompimento de seu vínculo com o Flu, sob o argumento do atraso de três meses de direitos de imagem e seis meses de não recolhimento do FGTS. No pedido, o atleta cobra também o pagamento de outros vencimentos atrasados, além de uma compensação correspondente aos salários referentes até o fim do contrato, em 25/09/2020, e verbas rescisórias e honorários. O valor da causa é de R$ 9.383.533,72.

Comentários

comentários