Terças Tricolores – Falta Convicção Ao São Paulo

2
942

Finalmente o Campeonato Paulista começou e, infelizmente para nós, as decepções também começaram. Derrota para o São Bento, empate com o Novo Horizontino, incerteza sobre o que fazer e a mudança de planejamento com dois jogos são sinais bastante preocupantes.

Antes do começo do Paulistão, o nosso treinador, Dorival Júnior, garantiu que o time ia ser trocado todo jogo, dando descanso aos titulares e ritmo aos reservas. Pois bem, dois resultados ruins e tudo começa a ser revisto. E essa falta de convicção vai matar o São Paulo, mais cedo ou mais tarde.

A chance de se obter sucesso seguindo um planejamento é muito maior do que querer improvisar a todo custo, quando as coisas parecem que não andam. Considero um erro absurdo o que foi feito no primeiro jogo? Sim, considero. Você não joga toda a base em um jogo importante como foi a estreia do campeonato,  ainda mais com o ano patético que tivemos e o jejum de títulos absurdo que vivemos.

Pois bem, a base perdeu, a pressão aumentou e os titulares não corresponderam às expectativas do jogo no Morumbi. O planejamento foi colocado em xeque e o treinador, com o aval da diretoria, provavelmente, quer jogar todo o planejamento no lixo. E agora?

Tudo isso, somado ao protesto dos torcedores, querendo jogadores, colocou a diretoria de futebol na alça de mira. Com isso, ontem, já pipocaram notícias de que estamos atrás do Tréllez, do Vitória.

Gente, com todo respeito, mas esse jogador vai resolver o que? O cara tem menos de 50 gols em vários anos de profissional e o Vitória quer uma fortuna por ele, cerca de 10 milhões de reais. Vale todo esse valor? Vamos contratar no desespero, de novo?

Sou um defensor de que se quite as dívidas e os compromissos, mas não dá mais. Abram os cofres, tragam jogadores de respeito e que cheguem para jogar. Não dá para, em 2018, as principais contratações sejam Raí e Ricardo Rocha, dois diretores.

Vou falar de novo: a BASE NÃO ESTÁ PRONTA e precisamos de reforços para ontem! Mas precisamos de caras que resolvam, pique Hernanes, não incógnitas. De maneira muito particular, não aguento mais essas contratações meia boca e as desculpas dos treinadores.

Cornetei o Rogério e vou cornetar o Dorival. O time precisa ter um padrão, jogadas ensaiadas e o mínimo de entrosamento. Já é quase um ano de casa e o elenco quase não mudou, cadê os resultados? Ainda que mínimos, cadê os resultados?

Que venha a próxima rodada e que venha a primeira vitória, antes que seja tarde.

Dúvidas ou reclamações?

@Abroliveira ou [email protected]

Abrahão de Oliveira é jornalista, formado pela Universidade Metodista de São Paulo, dono da @spinfoco, são-paulino e tem o sonho de cobrir um mundial de clubes com o clube do coração.

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS