Pato relembra estreia pelo SP e diz que um dia “o amor pode voltar”

2
1996

UOL

  • Rubens Chiri / saopaulofc.net

    Pato estreou pelo São Paulo contra CSA na Copa do Brasil de 2014Pato estreou pelo São Paulo contra CSA na Copa do Brasil de 2014

Nesta quinta-feira, às 21h30, o São Paulo enfrenta o CSA, de Alagoas, pela segunda fase da Copa do Brasil. Há quatro anos, o Tricolor também enfrentou a equipe de Maceió pelo torneio nacional e o embate daquele 13 de março de 2014 ficou mercado pela estreia de Alexandre Pato. O clube do Morumbi relembrou a partida em entrevista com o atacante, atualmente no Tianjin Quanjian, da China, e viu o jogador falar até em um possível retorno.

“Mesmo de longe, tenho esse carinho pelo São Paulo, que me acolheu e abriu as portas em um momento que eu precisava. Foi amor à primeira vista. E eu não esperava que pudesse acontecer tão rápido. É aquele amor que sempre guardo no coração. E quando tiver a oportunidade, o amor pode voltar. Sempre demonstro carinho pelo São Paulo, porque o clube sempre demonstrou isso por mim. O torcedor são-paulino foi fundamental na minha adaptação e no amor que sinto”, celebrou.

Pato chegou ao São Paulo em fevereiro de 2014, em troca que levou o meia Jadson ao Corinthians. No rival, o atacante teve passagem breve e conturbada, mas rapidamente conseguiu o respeito dos torcedores do Tricolor. Na estreia contra o CSA, participou do gol da vitória, marcado por Osvaldo, em Maceió. O jogo de volta, no Morumbi, teve o primeiro gol de Pato como são-paulino, além de uma assistência, no triunfo por 3 a 0.

“Lembro que estava nervoso. Eu tinha que demonstrar a minha vontade de jogar pelo clube, porque era uma nova etapa na minha carreira ao deixar o rival. Eu sabia que teria que fazer tudo direitinho, e felizmente as coisas aconteceram bem no primeiro jogo. E depois, com a vantagem no placar agregado, decidimos a nossa classificação no Morumbi. Foi uma felicidade imensa marcar o meu primeiro gol pelo clube diante do nosso torcedor. Foi um momento mágico festejar isso diante da nossa torcida”, completou o astro, que somou 102 jogos, 38 gols e 16 assistências em dois anos de São Paulo.

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS