São Paulo: Ainda sem propostas, Cueva se reapresenta após a Copa

0
907

UOL

José Eduardo Martins

  • Filippo Monteforte/AFP

    Cueva defendeu o Peru durante a Copa do Mundo da RússiaCueva defendeu o Peru durante a Copa do Mundo da Rússia

O treino do São Paulo nesta segunda-feira (9) deve ter uma novidade. O clube espera a reapresentação de Cueva após o jogador defender o Peru na Copa do Mundo e receber alguns dias de folga. A data foi o prazo definido pelo departamento de futebol do clube para que o meia retornasse ao Brasil e retomasse a sua rotina de atividades no Tricolor.

A tendência, porém, é de que Cueva seja negociado nesta janela de transferência. Com a participação no Mundial, o Tricolor esperava que o peruano ficasse ainda mais valorizado no mercado. Com a possível transferência, o São Paulo poderia reforçar o seu caixa.

Aos 26 anos, o meio-campista tem vínculo com o Tricolor até 2021. O jogador já demonstrou o interesse de voltar a atuar no futebol europeu (na temporada 2013/2014, ele jogou pelo Rayo Vallecano, da Espanha).

Segundo apurou o UOL Esporte, até o momento vários clubes do exterior sondaram a situação do meia. Mas não foram formalizadas propostas ao estafe do peruano ou ao São Paulo.

Cueva chegou ao São Paulo em 2016. Rapidamente, ele se consolidou na equipe e se tornou uma das peças mais importantes do elenco. Porém, no último ano, perdeu rendimento e espaço. Para completar, a sua conduta passou a gerar questionamentos. No início de 2018, por exemplo, ele ficou irritado após o clube recusar negociá-lo. Como consequência, o camisa 10 se rebelou e não aceitou viajar para ficar no banco de reservas. Na ocasião, o diretor executivo de futebol, Raí, não baixou a guarda e só aceitou reintegrá-lo após o jogador se mostrar arrependido publicamente.

Comentários

comentários