São Paulo consegue enxugar elenco, mas sem deixar time perder qualidade

0
1169

UOL

José Eduardo Martins

  • Érico Leonan/saopaulofc.net

    Joao Rojas foi um dos reforços do São Paulo para esse segundo semestreJoao Rojas foi um dos reforços do São Paulo para esse segundo semestre

Um dos pedidos do técnico Diego Aguirre para o departamento de futebol era de reduzir o elenco do São Paulo. Com um menor número de peças na delegação tricolor, o treinador uruguaio esperava dar mais qualidade aos treinamentos e ter menos pessoas subutilizadas. O desejo do comandante foi atendido, e o clube negociou atletas, sem perder base utilizada pelo técnico.

Desde o início da pausa para a Copa do Mundo, o São Paulo teve as baixas de o lateral-direito Bruno (emprestado ao Bahia), o lateral-esquerdo Júnior Tavares (a caminho da Sampdoria-ITA também por empréstimo), o volante Petros (vendido ao Al-Nassr), o atacante Marquinhos Cipriano (negociado em definitivo para o Shakhtar Donetsk), e o meia-atacante Maicosuel (que retornou do Grêmio e nem sequer chegou a integrar o time paulista). Antes da parada para a competição na Rússia, já tinham acertado a transferência para o futebol árabe os atacantes Marcos Guilherme e Valdívia.

A diretoria financeira do São Paulo também tem motivos para comemorar. Além de economizar com os salários de quem deixou o clube, o São Paulo recebeu 6 milhões de euros (R$ 26,7 milhões) pelas vendas de Petros e Cipriano. Para completar, jogadores que tinham vínculo com o Tricolor e estavam em outros clubes e foram negociados, como Léo Natel (foi para o Apoel, do Chipre) e Matheus Reis (Rio Ave, de Portugal), o que ajudou a reforçar o caixa.

Por outro lado, o São Paulo trabalhou para manter a qualidade do elenco. Com a possibilidade de perder Militão para o mercado europeu, era necessária a contratação de um lateral-direito. Por isso, a diretoria se empenhou para trazer Bruno Peres, que estava na Roma, por empréstimo até o dezembro de 2019. Já para o ataque, o Tricolor acertou a chegada do equatoriano atacante Joao Rojas, que estava no Talleres, da Argentina. Para completar, o time ainda estuda a possibilidade de trazer um volante, e Júnior Urso, do Guangzhou R&F, é uma das possibilidades estudadas.

Comentários

comentários