Coluna do Rey – Obrigado Milton e…

178

 

Valeu Milton Cruz!

Valeu Milton Cruz!

 

Olá amigos da SPNet, que semana hein!

 

Luis Antônio da Cunha assumiu a diretoria de futebol profissional, Ataíde Gil Guerreiro foi remanejado e Milton Cruz demitido, após 22 anos de clube.

 

Sobre o novo diretor, li coisas boas da pessoa que é, do trabalho que realizou na base e que se trata de um grande são-paulino, o FAJOPA o conhece bem e terá mais propriedade para falar dele, só espero que realize um ótimo trabalho nesse grande desafio.

 

Falar de Milton Cruz, exige aquele negócio chamado imparcialidade, pois é inegável que realizou e colaborou muito nesses 22 anos de clube, mas infelizmente todo ciclo chega ao seu final. Milton talvez até sem ter a intenção, falhou em sua relação com certos sócios do clube (para não dizer sócio), atender ligações no vestiário (se verdade  for), não é aceitável, assim como esse sócio do clube usar o seu espaço para atacar a “nova diretoria” em um momento em que o clube negociava um contrato para patrocínio máster com a Caixa na faixa de 25 milhões e que mudaram radicalmente para 15 ou 12 milhões, após a repercussão na mídia sobre a bagunça política e administrativa do clube, pois o seu canal direto com os jogadores fora afastado.

 

Já falei sobre ele e  na minha coluna de estréia, só que não tinha a informação sobre o valor da proposta apresentada pela estatal, não direi a fonte, mas posso dizer que ela tem essa informação.

 

O São Paulo é maior que Diamante Negro, Raí, Rogério Ceni, e tantos outros grandes craques que vestiram esse manto, então não é aceitável que um torcedor, só por ser sócio e ser um empresário bem sucedido (como tantos outros), pense que pode ter poder de decisão na escolha de técnico, ou escalar jogadores. O que ele poderia fazer (patrocinar o time para ajudar a sair da crise), ele não fez, então faça como todos nós, torça, critique sem interesse pessoal e para de atrapalhar!

 

Voltando ao Milton Cruz, ele venceu quase tudo o que era possível no São Paulo, foi campeão Paulista, Brasileiro, Libertadores, Mundial, entre outros, só faltou a Copa do Brasil (vice em 2000). O cara trabalhou com vários treinadores, sempre foi elogiado, indicou Miranda, Luis Fabiano, entre outros, errou claro, mas acertou e muito.

 

Eu fui a favor dessa mudança, acho que já não havia mais espaço para ele e mudar as vezes é preciso, mas Milton Cruz, muito obrigado, você merece o meu respeito!

 

Pitacos:

 

Clássico:  Ambos com desfalques, mas pelo que foi mostrado até agora, não vejo o SPFC com grandes chances, se vencer, será uma grande surpresa, um empate é lucro!

 

Ganso: No jogo de quarta-feira, forçou o terceiro cartão amarelo para não ser hostilizado na Vila, essa é a minha opinião, antes daquela falta, ele cometeu duas outras parecidas.

 

M Bastos: Conversou com o novo diretor de futebol e disse que quer ficar no clube, não jogará hoje para aprimorar a parte física, espero que ao voltar corra durante a partida com vontade e pare de dar migué.

 

Carlinhos: Alguém consegue me explicar como um jogador que é pago para jogar, é preparado para jogar, não é titular, pede para sair no intervalo do jogo por estar cansado? Esse cara está de brincadeira?

 

Páscoa: Amigos, feliz Páscoa para todos, que vocês possam perdoar, serem perdoados e que o SPFC venha renascer a partir de hoje. Desejo tudo de bom a todos e muito obrigado por lerem e opinarem nessa coluna!

 

Carlos Alves, 38 anos, jornalista,pai do Gabriel e pagodeiro/sambista.

 

Carlos Alves, 38 anos, jornalista, pai do Gabriel e pagodeiro/sambista. Escreve nesse espaço todos os sábados.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.