180 minutos…

137

Olá amigos, que semana hein!

Gostaria, ai como eu queria escrever hoje que errei nos comentários da semana passada.

A camisa não pesou, a torcida não assustou o adversário e Maicon  não foi o suficiente para fazer o SPFC vencer no Morumbi.

img_1514.jpgFaltaram Kelvin e Ganso? Claro que sim! Mas faltaram principalmente os três grandes jogadores prometidos por Leco após o jogo do River e ratificado após a classificação contra o Atlético mineiro. Três jogadores para serem titulares, essa foi a promessa e se ao invés de falar tivesse contratado, Ganso e Kelvin não teriam tido tanta falta, como digo desde a minha volta a SPNet , o elenco é fraco, Denis é um bom goleiro para um clube sem a pressão de títulos, pois as grandes equipes precisam de goleiros que façam uma defesa milagrosa na hora em que alguém falha, aquela defesa que faz o torcedor acreditar que mesmo pior em campo, ou com um jogador a menos, a derrota não irá acontecer.

Impossível não lembrar do meu amigo Márcio Ferreira que normalmente lia e comentava a minha coluna  (espero que esteja lendo ao menos…rs), pois pensa de forma muito parecida comigo, em diversos pontos. Discordamos em relação ao Páton Bauza, pois eu acho um bom treinador e o Márcio Ferreira discorda e ao sair à lista de relacionados  eu vi que Páton errou .

Luis Araújo esse garoto fez falta,  sem experiência, poderia sentir o peso do jogo, fominha em muitos lances quando entrou no decorrer dos jogos, mas com velocidade , drible e que joga aberto como o Kelvin.

Esse garoto na minha opinião deveria estar no banco de reservas e entrar no decorrer do jogo, pois apesar dos defeitos que falei, ele poderia em um lance servir o companheiro ou fazer um gol como o desconhecido Romarinho fez contra o Boca Jrs a favor do rival .

Momentos parecidos e atitudes diferentes, podem mudar a história, o SPFC não tinha em seu banco uma opção de velocidade, de drible e isso fez muita falta para se buscar a vitória.

Quarta-feira passada era um típico jogo de 0x0 antes da expulsão comentei com um amigo e disse empatar sem gols não é de todo ruim, lá eles terão que tentar vencer por jogar em casa e qualquer empate com gols é do SPFC.

Logo depois Maicon foi expulso em um lance que não merecia, mas que o jogador poderia ter evitado, portanto uma expulsão infantil. O juiz me pareceu tendencioso, na duvida era para o Nacional.

Se estou errado, me diga como ele deu apenas um minuto de prorrogação no primeiro tempo, sendo que o Nacional demorava para cobrar lateral, escanteio, tiro de meta.

Maicon foi infantil e deu sim motivo para o juiz interpretar e expulsá-lo, expulsão que matou o jogo e fez Bauza errar novamente ao colocar Hudson e não Lugano para fechar a casa e segurar o empate ou uma eventual derrota por placar mínimo.

Bauza e Maicon erraram, mas a não vinda de reforços e ineficácia da diretoria são mais graves, pois a contratação de Maicon, foi na pressão da torcida que não aceitava perder o zagueiro que arrumou o setor.

Pitacos:

Denis: quarta-feira ele deve jogar, pois se houvesse a troca, o clube correria o risco de queimar dois goleiros. Goleiro que não faz milagres e que falha em decisão, não serve para time grande.

Ganso: Deve sair, mas tem que entender que o clube pode dificultar ao máximo a sua saída. Como disse na semana passada, a diretoria demorou muito para renovar e agora abriu a concorrência.

Jogo de volta: Sendo otimista, de 0 a 100% a chance de avançar é de 30%, isso sendo o mais otimista possível. Mas o no futebol existe o imponderável e ele faz a diferença;

Calleri: Sem Ganso morto em campo, a bola não chega para o cara.

Bastos:  Fez pouco, chutou duas boas bolas, mas não marcou.

Carlos Alves, 38 anos, jornalista,pai do Gabriel e pagodeiro/sambista.
Carlos Alves, 38 anos, jornalista,pai do Gabriel e pagodeiro/sambista.

Intervalo: Foi muito pior para o SPFC que ficou parado nessa janela e não se reforçou como deveria e como prometido.

Jogo de volta1: Opinião do colunista: Complicado!

Jogo de volta 2: Opinião do torcedor: Ainda podemos…s

Boa semana para todos e até sábado.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Concordo com você Carlos e também o Marcio Ferreira. Bauza pareceu muito o Muricy nessa quarta-feira.

    Penso que as vezes falta um pouco de loucura para esses técnicos. Faltou para Bauza não loucura, mas um pouco de arriscar mais quando deixou L. Araujo até fora do Banco.

    Daniel entrou e em 5 min. e deixou Kardec na cara do gol. Imagina quantos lances a mais isso não poderia ter ocorrido se ele tivesse entrado como titular?

    Quantas bolas Wesley perdeu ou se enrolou todo na hora do mano-a-mano que se fosse o moleque Araujo ele com certeza faria um drible envocado fazendo até o corredor para o Bruno passar voando na direita.

    Se eu fosse Bauza iria jogar o jogo de volta no 3-5-2 sem a bola e no 4-2-3-1 com a bola.
    Na zaga: Lugano, R. Caio e Mena. Nas alas: Michel e Bruno. Na volancia: Hudson e J Schmidt. Na meia: Daniel. No ataque: L. Araujo e Calleri.

    Da pra fazer isso? Claro que dá. Bauza fez muito isso na LDU e San Lorenzo. Basta apenas ele treinar 3 dias o time que isso acontece.

    Sem a bola (segurando os alas/laterais): http://this11.com/play/abLwp99ak2.png

    Com a bola (liberando totalmente alas/laterais): http://this11.com/play/abLwqdgakt.png

    Mas o “SE” não existe no futebol e ele não fará isso e vai de Centurión na direita e Daniel na meia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

18 − sete =