Sextas Tricolores – A Missão Está Cada Vez Mais Difícil

134

A semana nos trouxe boas e más notícias. A boa, como cansamos de noticiar e ver pelos portais, foi a permanência, em caráter definitivo, do zagueiro Maicon.  Mais do que um reforço em campo, ganhamos mais do que isso: o exemplo, a boa influência sobre os meninos e um capitão.

O São Paulo, independente de ser campeão ou não da Libertadores, trouxe um cara que pode ajudar muito no desenvolvimento dos meninos que vão subir de Cotia. Se dentro de campo ele é incontestável, fora pode fazer dupla com o Lugano para preparar Lucão, Lyanco, Foguete, Matheus Reis e toda a gama de jovens que foi multicampeã na base antes de chegar ao time titular. Vamos acreditar nos garotos. Futebol eles mostraram que têm, falta se soltar no time de cima.

Com relação as péssimas notícias todas elas partem de uma única fonte: as contusões musculares. Perdemos vários jogadores para os jogos decisivos da semifinal: Hudson, Wesley, Ganso, Kelvin e Mena. Se esses caras não puderem jogar, a classificação para a final ficará totalmente comprometida. São jogadores que, querendo ou não, estão fazendo um bom campeonato e farão muita falta ao plantel do SP.

Por outro lado, o Atlético Nacional se reforçou. São 4 reforços, incluindo o artilheiro do campeonato colombiano, e o time quer mais 4. Tudo bem que só podem inscrever 5, mas isso mostra que o rival não está morto. Um fórum de torcedores, inclusive, já disse que eles nos vencerão aqui e lá. Que o nosso departamento médico faça milagre. Precisamos desses atletas ou tetra ficará mais longe.

Brasileirão: Com um elenco pequeno como o nosso está difícil. O líder, nosso rival Palmeiras, tem um elenco bastante numeroso de jogadores coadjuvantes. Por incrível que pareça, sem fazer grande esforço, os caras estão disparando na ponta.

Mérito do treinador e dos jogadores que o obedecem cegamente. Ouso dizer que eles serão campeões e que, com o time titular inteiro (coisa que está difícil), possamos disputar uma vaga para a Libertadores 2017 (caso percamos o título desse ano). Nosso planejamento foi mal feito e, por isso, devemos ficar fora da disputa desse caneco. Faz parte.

Reforços: Muito se especula sobre Pato e, nos últimos dias, sobre Alisson, ex-goleiro do Internacional de Porto Alegre. Não acho que nenhum dos dois vai vir. O Corinthians não deve querer negociá-lo com a gente e o Alisson deve ser pura especulação. Por qual razão a Roma o compraria para repassar? Não faz sentido.

Eu espero, sinceramente, que a diretoria tenha alguma carta na manga. Um meia que esquecemos, um zagueiro (pelo menos) e, quem sabe, um centroavante. Precisamos nos reforçar para lutar por algo mais que a Libertadores em 2016. Façam suas apostas!

Saudações Tricolores!

Contato?

@Abroliveira ou [email protected]

Abrahão de Oliveira é jornalista, formado pela Universidade Metodista de São Paulo, dono da @spinfoco, são-paulino e tem o sonho de cobrir um mundial de clubes com o clube do coração. 

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.