Febre Tricolor – Negociações inúteis

1054
thiago-neves
Meia Thiago Neves é alvo do Tricolor

As metas do São Paulo Futebol Clube relacionadas ao futebol são a disputa de uma vaga para a Copa Sulamericana 2017 e contratações voltadas para a próxima temporada. Nessa semana, após a essencial confirmação do ponta Wellington Nem para o próximo ano, outras diversas especulações surgiram para a composição do elenco. A maioria dos nomes de jogadores aventados é inútil.

Os comentários mais sóbrios sobre a aquisição de atletas partiram essa semana do diretor de futebol e pretenso candidato à presidência no futuro, Marco Aurélio Cunha. Após participar decisivamente da compra de Wellington Nem, revelou à imprensa que o São Paulo precisava de um meia armador e de um centroavante, dois jogadores de peso nesses setores. A ideia do diretor sobre futebol é exatamente o que o clube precisa para o próximo ano, e deverá tornar o Tricolor competitivo nas próximas jornadas.

As especulações, no entanto, enumeradas pelos veículos de comunicação essa semana, causam temores de que o São Paulo cometa novos erros, semelhantes ao segundo semestre desse ano, com contratações de ocasião. A insistência sobre a compra do atacante William Bigode tem sido desanimadora. Claramente o atleta não tem condições de concorrer no elenco, e vai ocupar a vaga de um jovem que poderia ter um futebol tecnicamente superior e contribuir mais com a equipe. O mesmo se dá com o atacante Rafael Marques, sem nenhuma chance de ser encaixado no elenco.

Jovens do Santos

Essa semana houve reunião entre os presidentes Carlos Augusto Barros e Silva (Leco, do São Paulo) e Modesto Roma Jr. (Santos). Na pauta, o interesse do técnico Dorival Jr. em contar com um novo zagueiro, e questionamentos sobre o futuro de Lucão. Ao mesmo tempo, tentativas a equipe praiana de contar com o meia Michel Bastos, para a próxima temporada. O problema é que o santista resolveu oferecer nada em troca: quatro jogadores de base, que não vingaram no Santos. A rejeição da torcida tricolor foi enorme.

A contrapartida, porém, no encontro dos presidentes, parece ter sido positiva. As especulações aventadas na imprensa dão conta de que o alvo de Leco é o atacante Ricardo Oliveira. Michel Bastos e Lucão seriam oferecidos em troca do jogador. O atacante, porém, tem 36 anos e alguma desconfiança por parte dos torcedores sãopaulinos, mas sua técnica qualifica o escambo, então prejudicado por quatro jovens santistas oferecidos, que não acrescentariam em nada.

Reforços relevantes

Do que vem sendo especulado pela imprensa, apenas dois nomes vêm sendo unanimidade entre os torcedores. O meia Thiago Neves (Al Jazira), vem sendo cogitado pela diretoria de futebol, que tratara do tema em sigilo. O entrave é que o assunto vazou, e a negociação deve ser dificultada. Sem dúvida, o nome desse armador vem agradando a maioria dos torcedores.

Quanto ao centroavante, então esperado pela diretoria de futebol, um dos nomes especulados tem sido o de Nilmar. Ocorre que o objetivo dos negociantes é esperar o mês de janeiro, quando o atleta poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe. É um velho desejo do São Paulo, e seu nome aparece em vários inícios de temporada.

O diálogo de Marco Aurélio Cunha com o centroavante Jonathan Calleri, porém, foi o que mais agradou a torcida. A paixão dos torcedores com o argentino é de 100%. Por outro lado, quando especulado no mês de julho, Lucas Pratto falou textualmente que na Argentina não é comum um jogador passar a jogar num clube rival.

Pratto deixou claro que em terras brasileiras só jogaria no Atlético Mineiro. Parte da torcida que pede sua contratação está equivocada. O jogador tem mercado na China e Emirados Árabes, o que inviabiliza a competição.

Contato:

@RealVelame ou [email protected]

Alexandre Velame é Jornalista e Advogado, são-paulino há quase três décadas e usuário da SPNet desde 1997. Escreve nesse espaço aos domingos.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

cinco × cinco =