Além das 4 linhas – Agora vale!

Passadas as fases iniciais do Paulista e da Copa do Brasil, de agora em diante os jogos serão contra adversários teoricamente mais qualificados.

O campeonato Paulista coloca em campo os melhores e o São Caetano teve boa campanha na fase eliminatória e tem credenciais para aprontar neste próximo sábado para cima do SPFC, que não tem em 2018 o futebol de 2017, não só pelas ausências de Pratto e Hernanes. O grupo todo caiu de produção, com raras exceções. Já pela Copa do Brasil o próximo adversário sairá por sorteio, mas já são times melhores.

Assistindo a partida de ontem, percebi, e isso foi comentado pelos caras que faziam a transmissão, que o time jogou com mais vontade e melhor distribuído em campo. Mas eu sinto a falta de um bom camisa 9, para dizer o mínimo. Quem sabe com as vendas de Cueva e Rodrigo o clube consiga trazer o velho sonho Carelli? A falta de atacantes é tão grande no elenco, que Marcos Guilherme chegou e jogou todas as partidas até agora, já são 38 jogos seguidos. Eu espero que o Jr Tavares volte a colocar a cabeça no lugar certo e ganhe a posição na esquerda. Ele tem mais bola que os outros dois da posição e pode fazer a diferença, já os laterais são muito importantes.

Sendo realista, coisa que gosto, eu não ponho minhas fichas no SPFC nesta reta final de Paulista. Somos o azarão, a quarta força. O Santos é o meu adversário predileto entre os grandes do nosso estado. Os outros dois já são times prontos. Se querem assistir às finais, preparem os seus corações e a cabeça, para saber aceitar o resultado mais provável, a eliminação. Eu sou tricolor, mas não sou cego.

Logo após o jogo contra o CRB ontem, passou Boca x River pela final da supercopa da Argentina. Um bom jogo. Mas o assunto é o Pratto, que ainda não se encontrou no time deles. Enquanto esteve em campo só correu. Saiu para a entrada do ex titular que em poucos minutos já fez seu gol. Pratto não é de fazer muitos gols, sempre teve média baixa, talvez por isso não esteja na Europa, mas é melhor do que o Diego na posição.

Voltando ao SPFC e, principalmente, ao próximo jogo, espero ver evolução. É claro que toda vez que se troca treinador o time melhora, pois vassoura nova sempre varre bem. Os reservas acham que podem achar um lugar melhor, os titulares se coçam, os diretores estão mais perto, a torcida cobrando mais e assim a coisa tende a melhorar. Aguirre tem menos títulos na carreira do que o Dorival, mas é mais jovem também. Aguirre vive um momento de crescimento na carreira, coisa que o credencia a postular o cargo de treinador da seleção do seu país. Espero que fique ao menos até Dezembro e consiga ser o treinador que esperam que ele seja um dia. O SPFC precisa achar seu caminho e a continuidade de um bom trabalho é o dever atual.

Pelo menos o clube tenta achar este caminho ao escolher pessoas do futebol para cargos no futebol. A função de gerente está em aberto e espero ver Muricy exercendo esta função, um cara que traria ainda mais credibilidade ao clube, que precisa parar de viver o que vive há muitos anos.

Salve o tricolor Paulista, o clube da Fé!

carlito150x150Carlito Sampaio Góes é advogado, trabalha como representante comercial, frequenta o Morumbi desde 1977 e prefere o time que vence ao time que joga bonito. Escreve nesse espaço todas as quintas-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Comentários Facebook

1 COMENTÁRIO