Além das 4 linhas – Futuro

Estou acompanhando com toda atenção o trabalho desta diretoria de futebol e venho gostando da postura de todos no dia a dia e dos resultados em campo até aqui. Lembro sempre que a colheita não vem logo em seguida do plantio, já que entre eles existe o momento de aguar e cuidar. É isso que estão fazendo agora em minha opinião.

O segundo semestre poderá ser de colheita, imagino, já que estamos bem nas duas taças que estamos disputando. Na Sula não vi nenhum bicho papão entre todos os times que estão na parada. Vejo seriamente chances de conquista. O time vem realmente bem e crescendo, que é o mais importante. Espero que o clube consiga substituir o Marcos Guilherme e o Valdívia. Isso fará falta se não for feito. Morato é incógnita e Lucas Fernandes não é um velocista, peça muito importante no futebol. Este planejamento e depois a execução dele em relação ao elenco são muito importantes. Quando penso no elenco vejo uma lacuna na lateral direita se Militão sair, uma lacuna na zaga se Rodrigo sair, um reserva para Nene, pois Cueva pode sair e os atacantes já citados. Na verdade não gosto do Trellez, mas acho que já seria sonhar alto arrumar um melhor. O Luiz Fabiano anda por lá se tratando, será que ele poderia ficar no banco? Ainda tem lenha? Tenho dúvidas.

Continuando, o campeonato brasileiro é muito difícil, depende muito de elenco qualificado e numeroso e isso me coloca em dúvida, apesar dos bons resultados até aqui, que nos colocam na terceira posição. Estou vendo o Flamengo perder peças e isso pode ajudar. Mas alem deste clube, o Grêmio, Cruzeiro, Atlético e Palmeiras são fortes candidatos e com isso esta conquista torna-se muito difícil para este início de trabalho desta diretoria. Talvez 2019 seja o ano da verdade deste time, não sei cravar, mas pode ser. Se isso se concretizar, a classificação para a libertadores será importante e, pelo que estou vendo, acredito que o time conseguirá. A evolução até aqui apresentada nos coloca entre os seis melhores times deste campeonato.

Mas a diretoria aparenta querer mais e está trabalhando em reforços. O time titular que jogou contra o Vitória e foi bem é bom time, mas faltam opções como muitos alertam e a diretoria sabe disso. Não é possível imaginar que sempre, em todas as partidas importantes, todos os jogadores titulares estarão disponíveis, não é verdade?

Eu reputo nosso time atual como dos bons dentro da realidade do país. Nene, Éverton e Diego formam um bom ataque. Jucilei, Hudson e Lucas Fernandes um bom meio de campo. Militão, Arboleda, Bruno e Reinaldo uma boa defesa. É um time equilibrado. O Sidão é razoável, precisamos de um bom. O Anderson é boa opção para a zaga, assim como Petros, Liziero e Araruna para o meio de campo. O Edimar não é ruim como opção para a lateral. Para o ataque as coisas ficam complicadas. É preciso reforçar. É aqui que entra o raciocínio de substituir Rodrigo Caio, Cueva, Marcos Guilherme e Valdívia. São quatro jogadores com certa qualidade e fazem falta num elenco. A base tem opções para a zaga, meio e ataque, mas é uma molecada que prefiro pensar em usar em alguns momentos e não em jogos decisivos ainda.

Salve o tricolor paulista, o clube da fé.

carlito150x150Carlito Sampaio Góes é advogado, trabalha como representante comercial, frequenta o Morumbi desde 1977 e prefere o time que vence ao time que joga bonito. Escreve nesse espaço todas as quintas-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

Facebook Comments