SPFC em Pauta [Especial Pós-Jogo] – Que venham as 19 finais!

1406

Chegamos ao final do primeiro turno, finalmente! Parece que iria demorar depois da Copa, né? e passou em um piscar de olhos, foi muito rápido. Estamos bem, ou melhor, muito bem! Fizemos uma campanha quase beirando o perfeito, em dezenove jogos vencemos doze, o que dá bem mais que a metade, nos outros sete empatamos cinco e tivemos apenas duas derrotas.

Resultado de imagem para São Paulo 2 x 0 Chapecoense

O primeiro empate aconteceu diante do Ceará no dia 22 de Abril lá no Estádio do Castelão em que o time ainda parecia ganhar forma, era um jogo que dava pra ganhar e ninguém imaginava ainda que o Ceará estaria onde está hoje e nem o São Paulo que seria líder do primeiro turno. Em seguida tivemos três empates seguidos, contra Fluminense no Rio (1 a 1), Atlético-MG no Morumbi (2 a 2) e Bahia no Fonte Nova (também 2 a 2), três jogos de caráter também difícil e que conseguimos arrancar três pontos, o último empate, que foi sem gols aconteceu dia 5 de Junho também no Morumbi contra o Inter, que na oportunidade era o primeiro jogo após a volta do Inter pra Série A, não é atoa que hoje quem é o vice-líder? Exatamente eles!

Nossa primeira derrota aconteceu pro Palmeiras no estádio deles por 3 a 1, no dia 2 de Junho, me lembro que foi uma derrota muito doída, não só pra mim mas pra diversos são-paulinos ainda mais por estarmos invictos até então. Se era pra perder a nossa invencibilidade, não poderia ser com outra equipe? Teria que ser logo contra um rival direto do estado? Mas ok! O destino quis assim… e ainda nos brindaria com coisas muito melhores e baitas felicidades nesse turno.

A primeira felicidade que ganhamos nesse turno foi no próximo jogo após o empate com o Inter no Morumbi, fomos a Arena da Baixada, a tão temida (até então por nós) Arena do Atlético-PR, o que fizemos? Jogamos como nunca tínhamos jogado lá e vencemos por 1 a 0, pela primeira vez em 36 anos, quebramos o tabú com um gol de pênalti do Nene! Que felicidade! um dos maiores tabús que o time tinha como uma pedra no sapato, foi quebrado. A outra maior alegria que passamos, foi a vitória no Maracanã contra o Flamengo, dia 18 do mês passado (Julho), pouco mais de 1 mês, o Flamengo era líder e nós estávamos há quatro pontos deles, abaixamos pra só um! Foi aí que começou a nossa redenção e a nossa virada na minha opinião. A alegria parava por aí? Não!

Na rodada seguinte, 14ª tínhamos o que? Em um Sábado, 21 de Julho um clássico no Morumbi contra o Corinthians e o que se tornou em uma noite iluminada e de show do Reinaldo, marcou dois, com o outro marcado pelo zagueirão Anderson Martins, o primeiro dele com a camisa do tricolor, que jogo “foi escolher” pra marcar o primeiro, hein?! Histórico! Ainda não fomos líder nessa rodada mas já estava chegando nossa hora.

Na rodada seguinte tivemos a nossa segunda derrota, pro Grêmio na arena deles, mas o Flamengo não conseguiu se distanciar tanto, pois empataram com o Santos na Vila e as nossas derrotas no primeiro turno pararam por aí. Na próxima rodada em que todos acharam que poderíamos ter um jogo complicado e que nos distanciaríamos mais do líder, fomos até MG enfrentar o Cruzeiro e vencemos por 2 a 0. Eis que no dia 5 desse mês acontece a nossa redenção, a nossa premiação maior desse primeiro turno, no dia anterior, o mesmo Grêmio que nos deu a segunda derrota, acabou nos ajudando a ganhar a liderança, venceram o Flamengo por 2 a 0 e nós jogamos contra o Vasco, vencemos com o gol decisivo marcado de cabeça pelo Tréllez e fomos pra liderança pra não sair mais (por enquanto) até o fim desse primeiro turno, só que agora somos seguidos por um vice-líder diferente e também perigosíssimo!

Vi algumas postagens: “Não devemos comemorar o primeiro turno”, ora, porque não?! 11 anos depois somos “Campeões do Primeiro Turno”, e pra ajudar mais ainda temos a melhor campanha da história do primeiro turno de nossa equipe em um campeonato brasileiro de pontos corridos, sim, maior até do que os três títulos em 2006, 2007 e 2008.

Aguirre parece ter o grupo nas mãos. Tréllez quando entrou tem sido decisivo. Edimar deu uma assistência importantíssima no jogo de hoje (diante da Chapecoense). Nene, Diego Souza, Reinaldo e Éverton estão com um entrosamento incrível! Everton Felipe parece que veio pra se juntar a isso. Sidão, bem, prefiro deixar sem comentar… a zaga até agora muito bem, parece segura. Rodrigo Caio parece não fazer falta. Bruno Peres se entrosou rapidamente com o time. Agora temos quem entende VERDADEIRAMENTE de futebol em seu departamento, Lugano, Raí e Ricardo Rocha estão dando aula.

Podem comemorar, comemorem o simbólico título do primeiro turno, tivemos um primeiro turno muito bom, historicamente quem liderou o primeiro turno nos pontos corridos sempre terminou como campeão ou vice!

Será que está vindo nosso sétimo título Brasileiro por aí? Ou pra você ainda é cedo pra falar? Pra mim, estamos no caminho certo!

Que venha as 19 finais!

Até Quinta!

Contato: [email protected] | Twitter: @carlinhosnovack

Carlinhos Novack é Jornalista, já foi colunista de outros sites tricolores, ex-LANCE!, um dos roteiristas do site AnimaTunes. É Colunista e Editor do SPNet. Escreve suas colunas na SPNet todas as Quintas.