Terças Tricolores – O que esperar de 2019?

777

É muito fácil ser corneta de um time como o São Paulo e, como agravante, com o jejum de títulos que estamos vivendo. É fácil reclamar do técnico, dos jogadores, da diretoria e do planejamento que está sendo colocando em prática.

 

Se vocês perceberam minhas últimas colunas, estava desanimado e com vários tons de pessimismo para o ano de 2019. Assim como grande parte da torcida, compartilhava com o sentimento de derrota, de infelicidade. Mas acho que isso não vai nos levar a nada e precisamos acreditar (até por ser a única coisa que podemos fazer). Acreditar, vejam bem, é bem diferente de achar que o que temos é o melhor time, o melhor reforço e o melhor planejamento.

Tirei algum tempo para refletir e posso dizer que cheguei às seguintes conclusões:

  • O antigo pedido da torcida deve ser colocado em prática: o melhor aproveitamento da base e mais chances para os meninos. Não é um absurdo imaginar que, com o Jardine no comando do elenco, os jovens tenham mais tempo. Se pensarmos como diretoria, efetivar o cara que conhece bem a base abre, claro, mais espaço e, portanto, os meninos devem ganhar minutos. É preciso saber que precisamos ter paciência e cuidado ao criticá-los, afinal, muitos terão sua primeira temporada no profissional e precisarão se adaptar a tudo: velocidade, força, tempo de bola, quantidade de jogos, etc. De toda forma, a base deve ter mais espaço;

 

  • Os dois primeiros reforços que chegaram são para compor elenco. Léo Pelé e Igor são apostas. Absolutamente ninguém no futebol brasileiro, exceto o Palmeiras, possui bons laterais (titulares e reservas). Não acho errado investir nessas posições, ainda mais por serem jovens e terem boa possibilidade de retorno. Eu consigo entender a revolta da torcida, mas lembrem-se que o Jardine sabe trabalhar com jovens jogadores e, esses dois que chegaram, são novos e têm potencial. Caberá ao treinador lapidá-los e, lembrando, que eles chegam para compor o elenco, coisa que não tínhamos nesse ano de 2018;
  • Vamos acreditar no Raí. Ano passado ele chegou com o planejamento andando e conseguiu fazer um trabalho razoável. Em 2019, o trabalho será todo dele. Ainda não temos nenhuma grande contratação, mas os rumores começaram a aparecer. Vamos dar esse voto de confiança ao maior jogador da nossa história. Nomes como Diego Ribas, Cardona e Arão são bem razoáveis e acrescentariam bons valores ao nosso elenco, por exemplo. Deixemos a diretoria trabalhar;
  • Esperemos o balanço do fim do ano sair. Se a dívida caiu mais um pouco e, mesmo assim, conseguimos uma vaga na pré, o ano foi positivo. Quitar nossos débitos é um passo fundamental para o longo prazo. Não temos patrocinador forte e nem patrono, como o rival, e precisamos cuidar do nosso para poder sonhar com algo melhor.

Admito que esses quatro pontos foi o que consegui enxergar de positivo para o ano de 2019. A confiança no Jardine tem que acontecer até, pelo menos, até a Pré-Libertadores. O Jardine é vitorioso e estudioso, vou confiar que pode fazer algo de bom para o Tricolor. A única coisa que posso pedir a ele é: TIRE AS LARANJAS PODRES DO ELENCO, sejam quem for. É melhor cortar o mal pela raiz o quanto antes.

É isso!

Comentários ou reclamações?

@Abroliveira ou [email protected]

Abrahão de Oliveira é jornalista, formado pela Universidade Metodista de São Paulo, dono da @spinfoco e são-paulino desde que se conhece por gente. 

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu sou um dos caras mais otimistas daqui, e já desisti de 2019, com o tal do Leco não existe planejamento, e o Raí participou do planejamento do ano passado, e do jeito q começou com dois laterais que não vão somar nada, pode anotar aí, duas contratações que não vão dar em nada. Acho que é melhor a gente esperar por 2020, quando troca de presidente, aí quem sabe não entra alguém sério que faça alguma coisa pelo nosso tricolor.

  2. Acreditar???

    Foi o Raí quem trouxe o nenê e diego Souza.

    Outro ponto, Jardine vai colocar os moleques para se escorar em quem? No Rodrigo Caio?
    Sem jogador de renome como apoio, vamos queimar qualquer revelação de Cotia.

    E goleiro, vamos acreditar em Jean?

    Pelo contrário, tem que cobrar e muito principalmente do Leco. Esses caras do faxem isso com o São Paulo por causa da nossa passividade.

    Mas é só uma opinião, e que fique claro que não sou favorável a nenhum tipo de violência