Sextas Tricolores – Complicou

143

Não vamos fazer rodeios aqui. O politicamente correto está acabando com o São Paulo Futebol Clube e a torcida não pode aceitar isso. O resultado foi inesperado, terrível e veio com um time apático, sem vibração e sem técnica nenhuma.

Sou um defensor do técnico e de alguns jogadores, afinal, Michel Bastos, Kardec, Thiago Mendes, Hudson, Carlinhos e afins não desaprenderam a jogar futebol. Mas do jeito que está, não dá para ficar mais. O time não marca bem, não faz a transição bem, não ataca bem e, pior que isso, conclui de uma maneira juvenil. Acho que eu, quando jogava bola com 15 anos, chutava melhor no gol do que os nossos atacantes.

A situação é constrangedora para a torcida, vergonha para a diretoria que prometeu uma reformulação e incômoda para o Patón que não consegue nem montar uma boa defesa, segura e que não nos assuste em todo jogo. Mais do que isso, a torcida não ajuda.

O Menon, jornalista são paulino, fez um post “venenoso” onde deixa claro que a torcida do SPFC atrapalha mais do que ajuda. Queima bons jogadores, joga os caras para outros times e depois reclama da diretoria. Mais do que isso, a diretoria traz um técnico bicampeão da Libertadores e já querem a cabeça dele.

Vamos com calma. Segundo uma entrevista dada entre ontem e hoje ao também jornalista Vitor Birner o nosso presidente, o Leco, disse que está insatisfeito com o time e vai mexer nos jogadores. Ele, em um primeiro momento, isenta a comissão técnica de qualquer problema e acredita que os atletas estão rachados. É o momento de reformular, mas reformular direito e sem dinheiro.

E aí mora o problema. Onde vamos encontrar jogadores compromissados, como o  Maicon, por preços acessíveis? Onde vamos achar caras com a técnica do Michel Bastos, mas com disposição de jogar no SPFC? Vão sugerir trazer mais gringos e queimá-los, igual estão fazendo com o Centurión? Enfim, esse é um problema grave que vamos ter que resolver com ou sem a classificação para a Libertadores. Alguém tem sugestões de jogadores bons, baratos e comprometidos?

Os Jogadores da Base

Não é incomum, também, ver a torcida pedindo para subir três, quatro ou mais jogadores da nossa base para completar o profissional. Esse é um pensamento comum, justo e que faz sentido, mas será que é a solução? Somos famosos por queimar nossos atletas jovens, lembrem-se do que fizemos com o Auro ano passado pós a partida com o Flamengo. Será que não faríamos isso com os jovens Lucas Fernandes, Banguelê e afins?

Não temos nenhum fenômeno na base. Então sou a favor de dar rodagem aos atletas, assim como fizemos com Hernanes e Jean, jogadores que passaram por vários clubes até voltarem e serem reaproveitados pelo SPFC. Não adianta lotar o time de jogador da base e ser rebaixado. Não temos mais essa cultura da paciência com os atletas até o time engrenar, como por exemplo, tem a torcida do Santos. Queremos e precisamos de resultados e, assim, fica muito mais arriscado subir e aproveitar os meninos. Eu, no lugar da diretoria, ficaria com uns 2 só e emprestaria o resto.

Mais RESPEITO!

Alguns jogos do nosso amado tricolor eu sou obrigado a escutar pelo rádio, já que estou em outros compromissos ou fora da minha casa. Não tenho vergonha de dizer que, muitas vezes, escuto pela Transamérica e, sinceramente, que decepção. Uma rádio que já foi uma referência no esporte virou um circo de palhaços.

Não é incomum, durante os jogos do São Paulo, repórteres, “comentaristas de arbitragem” e outros zombarem dos nossos jogadores, do nosso momento e do que vem acontecendo conosco. E qual a razão de fazer isso? Com que direito esses profissionais da comunicação zombam do SPFC? Quem eles pensam que são? Mais RESPEITO, senhores.

A torcida do SPFC é gigante, como seu clube, e merece dignidade, respeito, profissionalismo e imparcialidade para avaliar o momento ruim que vivemos. Sugiro que, se possível, quem ler essa coluna, mande mensagens pelo twitter dos caras, afinal, é uma rede social que eles usam muito e respondem rápido. Vamos lotar a caixa dos caras e exigir mais consideração.

Saudações Tricolores!

Contato?

@Abroliveira ou [email protected]

foto abrahao oliveiraAbrahão de Oliveira é jornalista, formado pela Universidade Metodista de São Paulo, dono da @spinfoco, são-paulino e tem o sonho de cobrir um mundial de clubes com o clube do coração. 

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição dos proprietários da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.