Além das 4 linhas – Sinal Amarelo

873

No primeiro teste do ano o time foi amplamente dominado pelo adversário e não fosse o bom goleiro que agora temos o resultado teria sido pior. A derrota veio num jogo que o resultado não mudará o destino do time no campeonato e por isso poderá ser bem aproveitada.

Uma verdade triste deve ser admitida: Nosso treinador é totalmente inexperiente para o cargo que assumiu. Treinar equipe de moleques e disputar campeonatos de moleques não é treinar o time profissional do clube mais vitorioso da história do futebol brasileiro. Quando o SPFC efetivou o Jardine, escrevi: O clube nos pede paciência e diz que em 2019 provavelmente nada ganhará. Que tenhamos paciência.

Resultado de imagem para jardine aguirre

Clube grande, treinador grande! Este é meu lema para o assunto.

Eu não estou colocando totalmente na conta do Jardine a derrota, derrotas são coisas normais dentro do futebol, afinal de contas um time de futebol tem muito mais derrotas do que vitórias em sua história. Mas a forma como ocorreu e diante de um adversário que ainda se acerta, preocupou. Eu também não estou dizendo que o clube deve substituir o treinador, nós torcemos por ele.

Mas eu torço mesmo é pelo SPFC e desde o Rogério Ceni treinador digo sempre a mesma coisa: Quem deve ser o gerente de um setor de uma empresa? Um funcionário com experiência e boa formação. Quem deve ser o diretor? Um ex-gerente com larga experiência e ótima formação. Isso é a chamada “carreira”. Em minha opinião modesta, o que aconteceu com Jardine aconteceu com Rogério: Queimaram etapas. Erro de gestão ou falta de alguém melhor para colocar na vaga.

Nosso ex-treinador Aguirre tem carreira fraca em conquistas, mas já era “treinador profissional” há alguns anos quando assumiu o time profissional do mais querido. Mais uma coisa que sempre escrevo aqui neste espaço: Nos 6 brasileiros, 3 libertadores e 3 mundiais o
SPFC tinha um bom treinador e um bom time. O BR de 1986 foi com o “pior” treinador que conquistou um BR, mas foi com um timaço e Pepe tinha acabado de ser campeão paulista com a Inter de Limeira sobre o Palmeiras, além de ter sido um fenomenal jogador de futebol do
melhor time de futebol da história do futebol, o Santos de Pelé. Em nossa história só existe boa conquista com bom treinador. Eu considero a efetivação do Jardine como uma coisa com “risco calculado”.

A verdade é que o clube contratou dois treinadores estrangeiros e levou um “tchau” dos dois por convite de seleções, coisa bastante provável de acontecer com o Sampaoli no Santos também. Sendo assim, acredito que o clube descartou um cara de fora. Treinador brasileiro de bom nível é coisa rara de ver. Hoje temos Mano, Renato, Tite, Felipão e Abel. O disponível era o Abel, mas acredito que o SPFC não poderia disputar o treinador com o Flamengo.

Bom rapaziada, para quem tem paciência e não espera conquistas em 2019 está e estará tudo bem neste ano. Mas para quem anseia ver uma taça acho bom comprar maracugina. O ano vai ser tenso. O pior é para a molecada que pouco ou nada viu e para os pais deles, pois correm o risco de ver o filho torcendo para outro clube ou ver o moleque chegar em casa zoado pelos amigos.

Salve o tricolor paulista, o clube da fé.

Carlito Sampaio Góes é advogado, trabalha como representante comercial, frequenta o Morumbi desde 1977 e prefere o time que vence ao time que joga bonito. Escreve nesse espaço todas as quintas-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.

1 COMENTÁRIO

  1. Eu acrescentaria na sua lista de técnicos o Cuca, sem bem que ele disse que tiraria um ano “sabático”, mas quem sabe se esta diretoria oferecesse condições de trabalho ele não viria, quem sabe?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor entre com seu comentário!
Entre seu nome aqui

um × dois =