Além das 4 linhas – Vamos com calma

683

Nós São Paulinos estamos tão carentes de bom futebol, com o clube no fundo do poço, que a pouca melhora que estamos vendo já nos enche de esperança e otimismo. Mas vamos com calma que o que estamos vendo é muito pouco para otimismo em relação a títulos. Vejo, por enquanto, o time com chances reais de Libertadores, ou seja, ficar no G6.

saopaulofc.net

É preciso lembrar que o clube não venceu um único jogo contra adversário importante neste ano de 2019. Mesmo no BR19 o que vimos até aqui foi um empate contra o time reserva do Flamengo em pleno Morumbi. Sendo assim, não é hora de falar em título e sim em recuperação do clube. O mais importante de tudo é manter o elenco para o restante de 2019 e 2020 para que a continuidade de um bom trabalho mostre seu resultado. Como já escrevi aqui por várias vezes, em minha opinião 2019 é ano de plantar e 2020 é ano de colher. Todos os times que estão na parada para vencer este BR19 de verdade possuem trabalhos de médio ou até longo prazo no futebol. Basta ver os frutos que Cruzeiro, Grêmio, Flamengo e Crefisa estão colhendo nos últimos anos. Até o Corinthians Petrobrás vem vencendo bastante.

Mas com as poucas partidas que o time tem sob o comando do Cuca já vejo boas avaliações sobre as alternâncias táticas que o time já ganhou neste início de trabalho. Para lamentar temos o alto índice de contusões que está acontecendo neste ano no SPFC. Basta dizer que o clube é o líder disparado neste quesito em todo o futebol brasileiro conforme levantamento feito recentemente. Eu nesta semana li uma entrevista do Hernanes falando da situação da preparação física dele e ficou claro que a pequena pré temporada que ele teve por conta da Copa Mickey Mouse, que o clube insiste em disputar, o prejudicou demais. Mas declarou que já está em forma. Nesta semana o Rojas já voltou a fazer atividades no campo. São boas notícias que ando lendo sobre a volta do campeonato após a inútil copa América, quando todos os nossos atletas estarão disponíveis pela primeira vez em 2019. Até o Everton está sem contusões por tempo recorde desde que chegou ao SPFC. Isso deve ser fruto do bom trabalho que o Carlinhos Neves sabe fazer.

As poucas más notícias que estão sendo divulgadas dão conta da muito provável saída do bom Arboleda agora no meio do ano.  O outro lado da moeda é a revelação do Walce, que sem dúvida será titular neste time em breve. Eu confesso que fico muito chateado com a eterna saída dos nossos bons jogadores para os clubes dos países ricos. A minha esperança é ver no clube a capacidade de remontar elencos que os bons treinadores possuem. Além disso, li também nesta semana uma ótima entrevista com o Alexandre Pássaro, gerente de futebol do mais querido clube do futebol brasileiro. Gostei das declarações do cara, uma pessoa que tem boa cabeça e já tem boa experiência com o futebol empresa. Falou muito da continuidade do trabalho e os frutos que isso trás, citando o Raí, que só agora tem um passado para apresentar com frutos no presente. Ele pede claramente a sequencia deste trabalho e eu concordo, já que, se não gostamos 100% do Cuca e do Raí, a troca de treinador e diretor nos levará ao começo de outro trabalho, coisa que muitas vezes impede bons resultados. Trocar treinador só por outro com currículo igual ou melhor do que o do atual.

Finalizando, hoje li uma boa entrevista do Muricy no Uol. Eu indico a leitura de todas as entrevistas que as pessoas importantes na história presente e passada do SPFC dão. Eu aprendo muito com elas. Muricy deixa claro que com Leco não trabalharia. Ele tem razão?

Salve o tricolor paulista, o clube da Fé.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é carlito-goes.jpg

Carlito Sampaio Góes é advogado, trabalha como representante comercial, frequenta o Morumbi desde 1977 e prefere o time que vence ao time que joga bonito. Escreve nesse espaço todas as quintas-feiras.

ATENÇÃO: O conteúdo dessa coluna é de total responsabilidade de seu autor, sendo que as opiniões expressadas não representam necessariamente a posição da SPNet ou de sua equipe de colaboradores.