Além das 4 linhas – Dani Alves ou Hernanes? Os dois!

602

Tive o prazer de ir ao Morumbi ver SPFC x Grêmio no sábado passado. Eu sei que os jogadores que vieram de fora ainda passam por adaptação, mas eu quero deixar aqui minha opinião sobre a provável escalação deste SPFC do BR19. O novo lateral Juan é jogador de marcação, nada ou quase nada faz no ataque de produtivo além de tocar bola. Não é jogador de velocidade e de linha de fundo ou de chute a gol. Marcou muito bem o ponta esquerda do time adversário, um jogador de seleção brasileira. Mas quando a lateral foi ocupada pelo menino Igor o time cresceu.

O assunto forte mesmo é a escalação do Dani Alves na meia, como homem de ligação com o ataque. Pode ser cedo e eu redondamente enganado, mas Hernanes em forma é mais produtivo ao time do que o lateral da seleção brasileira e do mundo. Dani pouco chuta a gol. Já Hernanes chuta com os dois pés e muito bem. Eu tenho certeza que Hernanes pode jogar em alto nível e o fará em breve, quando ocupará a meia do SPFC. Já Dani Alves será o nosso lateral direito para poder fazer pelo SPFC o melhor que pode fazer: Marcar e atacar vindo de trás, seu ponto forte. Na meia Dani tem pouco espaço. Na lateral tem uma avenida para percorrer. Já Hernanes sabe jogar por ali como poucos. Como diz a língua do futebol, os craques se escalam. Hernanes é muito melhor do que Juan. Dani é muito melhor do que Juan. Hernanes é melhor que Dani na meia. Bingo!

Eu acredito que há apenas uma vaga aberta no time do SPFC que sempre entrará em campo e ela será disputada por Everton e Antony, que vive má fase, coisa normal no futebol e aos jovens. Rojas e Raniel serão opção no ataque, assim como Toró. Pato e Pablo serão titulares por uma simples razão: São os únicos que sabem fazer gols junto de Hernanes, mais uma razão para este ser titular na meia. Everton e Antony não são goleadores e isso faz deles jogadores que compõem o esquema, jogam pelo time, tem bom passe, abrem espaços, cobrem jogadores na marcação, dão velocidade pois correm o campo todo o jogo inteiro. Tchê e Liziero formam a dupla de volantes pelo que estou vendo. A zaga tem 3 jogadores para 2 vagas. A lateral esquerda é do Reinaldo. Vejam bem, estes são os que entram em campo. Mas nunca serão os 11 que sairão de campo quando a partida acabar. Esta é a vantagem de ter elenco. Luan, Juan, Hudson, Anderson ou Bruno, Everton ou Antony, Raniel, Rojas, Toró, Igor e Vitor Bueno entrarão em muitos jogos, ou melhor, a cada jogo 3 deles jogarão o segundo tempo. Eu acho que mais um meia goleador deveria ser contratado no fim do ano para a Libertadores se o clube classificar-se para ela. Sem Hernanes o time fica sem opção com a mesma qualidade.

Confesso que está gostoso escrever coluna agora, pois vejo futuro. Nesta semana li uma matéria onde se dizia o quanto o clube gasta com Jucilei e o Bruno lateral direito. Os melhores times de hoje possuem volantes de velocidade e Jucilei não é assim. O Bruno veio descansar e ganhar dinheiro. O Cuca não aprovaria nenhum deles no elenco. Os dois juntos ganham quase o salário do Daniel Alves. Uma barbaridade. Imagina o meia que o clube pode contratar com esta grana? Vivemos outros tempos. O time do SPFC é moderno. São jogadores com perfis que agradam a qualquer bom treinador do mundo inteiro. Esta é a característica que tem o Cuca que tanto me agrada e que o fez ser famoso por saber montar elencos. O mundial de 2005 é a nossa prova. Josué e Mineiro eram uma dupla maluca de boa e foi trazida por Cuca.

Vamos dar tempo ao tempo, o senhor da razão, para podermos atestar isso que escrevo. Assim que o elenco todo estiver à disposição do treinador a coisa vai funcionar e o time fará um ótimo segundo turno. Eu acho que sonhar com título não é demais. A verdade é que já está disputando o titulo ali na ponta e isso vai até a última rodada, quando o time pega o Inter no Morumbi, um jogo que poderá ser de título, imagina isso?

Salve o tricolor paulista, o clube da fé.

Carlito Sampaio Góes